terça-feira, 4 de agosto de 2020

Série retrata produção LGBT no cinema brasileiro

Loading

Olha que legal! Com o mês de agosto, chegou ao serviço de streaming Amazon Prime a série documental "Cinema Diversidade".

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter

A série realiza um panorama de alcance nacional da produção de cinema LGBT do país, apresentando trechos de filmes e seus realizadores entrevistados por um outro realizador ligado ao tema, Lufe Steffen.

Ao todo, 60 realizadores brasileiros são entrevistados em "Cinema Diversidade". A série possui 10 episódios com duração de 25 minutos cada. Confira abaixo o trailer e os temas de cada episódio. 


Lista de Episódios

EPISÓDIO 01 – Documentários Históricos 
O episódio mostra a recente safra de longas-metragens documentais que resgatam a memória e a história da cultura LGBT brasileira dos últimos 50 anos. 

EPISÓDIO 02 – Juventude Gay 
O foco do episódio é a juventude descobrindo sua sexualidade. A partir do sucesso mundial Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, que narra à história de um adolescente cego que se descobre apaixonado pelo colega de escola. 

EPISÓDIO 03 – Desconstruindo Gêneros 
A transexualidade (e suas ramificações) é o tema do episódio, que traz filmes protagonizados por travestis, transexuais, transgêneros, transformistas, drag queens, cross-dressers e até mesmo pessoas que “se montam” apenas para se divertir.

EPISÓDIO 04 – Universo Feminino 
O universo da homossexualidade feminina, quase invisível no cinema brasileiro, vem à tona neste episódio: diretoras mulheres, como Malu de Martino e Mônica Palazzo, e diretores homens, como Rafael Lessa e Ricky Mastro, falam sobre seus filmes protagonizados por personagens lésbicas. 

EPISÓDIO 05 – Ousadia Pernambucana 
O episódio focaliza a fervilhante produção de cinema LGBT na capital pernambucana, liderada pelo sucesso do longa Tatuagem, de Hilton Lacerda, e cultivada pelo irreverente coletivo Surto & Deslumbramento, cujos três principais realizadores conversam sobre suas obras. 

EPISÓDIO 06 – A Cena de Fortaleza 
A capital cearense é o tema do episódio, com a produção cinematográfica sendo impactada pelo coletivo teatral As Travestidas, cujo trabalho rendeu um documentário, além de curtas debochados como os da série Glossário. 

EPISÓDIO 07 – Cidade Maaaravilhosa! 
A Cidade Maravilhosa mostra-se eclética quando o assunto é cinema LGBT. O episódio revela que o Rio de Janeiro tem cineastas que trilham a comédia escrachada de costumes, enquanto outros buscam o realismo em documentários.

EPISÓDIO 08 – Sensualizando: Erotismo e Desejo 
Filmes que ousam avançar certos limites, borrando as fronteiras entre erotismo e pornografia. Este é o tema do episódio, trazendo para a berlinda o trabalho dos cineastas Marcelo Caetano e Gustavo Vinagre, em filmes como Verona e Nova Dubai. 

EPISÓDIO 09 – Trash, OVNIs e Bizarros 
O episódio resgata os “desgarrados” do cinema LGBT brasileiro: diretores cujos trabalhos flertam indireta ou diretamente com o chamado cinema trash, popularizado pelo americano John Waters. 

EPISÓDIO 10 – Os Pioneiros 
Fechando a série, o último episódio homenageia os decanos do cinema LGBT nacional: diretores que ousaram tocar na temática homossexual (de maneira séria e inovadora, fugindo de estereótipos) nas décadas de 1960, 70 e 80, em plena ditadura militar. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!