segunda-feira, 6 de julho de 2020

Escola de teatro em BH transmite espetáculos online de maneira pioneira

Loading


O público acompanhou, e como acompanhou, a reinvenção da Escola de Teatro PUC Minas, que de forma pioneira, transmitiu dois espetáculos pelo seu canal do YouTube. Sem falar, nos dois exercícios dos módulos iniciais, que continuam disponibilizados para serem assistidos a qualquer momento também no Canal. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!   

Foram ao todo mais de dois mil acessos, um número surpreendente, aos trabalhos disponibilizados, em que ficou comprovado que há mesmo público sedento por manifestações artísticas que ressignificam o teatro nestes tempos de isolamento. 

A Escola de Teatro PUC Minas saiu na frente tão logo foi decretado o isolamento social. Não só decidiu dar continuidade ao seu ensino utilizando grupos fechados do Facebook e o sistema remoto pela plataforma Zoom, como colhe agora o aprendizado de um semestre desafiador. 

Foram transmitidos on-line pelo canal da Escola de Teatro PUC Minas no YouTube dois espetáculos construídos totalmente utilizando os meios digitais: “Mistero Buffo”, de Dario Fo, prêmio Nobel de Literatura, texto adaptado e dirigido por Luiz Arthur, que é também coordenador da Escola, e “Honestíssima”, versão de Amaury Borges para o texto “Viúva, porém honesta”, de Nelson Rodrigues. O pioneirismo da ação com alunos em formação segue ganhando a admiração de artistas de renome. 

Na próxima terça-feira, dia 07, às 20h, acontecerá a 5ª live da Escola de Teatro PUC Minas, tendo como convidada a atriz e diretora Yara de Novaes. Yara de Novaes consolidou seu trabalho de atriz e diretora em Belo Horizonte. Mudou-se para Recife, onde estabeleceu vínculos artísticos de relevo e há muito está radicada em São Paulo, onde segue construindo uma carreira admirável.

Sua parceria criativa com os artistas Débora Falabella e Gabriel Paiva continua rendendo frutos, como a conquista do Prêmio Shell de Teatro em 2018 de melhor atriz. Sua carreira, os novos projetos, os desafios para a cultura, as investidas criativas on-line, as aulas na FAAP, onde segue como professora, e muito mais darão o tom da conversa entre amigos de longa data.

“A Yara ficou super alegre com o convite e também reconhece a importância do que conquistamos. Além de tudo, é professora e sabe bem o que é se arriscar, se enveredar por outras potências artísticas, e, estou certo que, pela nossa parceria que rendeu tanta história bonita, será um papo mesmo imperdível”, celebra Luiz Arthur. “Ela está doida pra saber como fizemos o que fizemos na Escola”.


Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!