segunda-feira, 29 de junho de 2020

Projeto destaca pontos da Constituição Brasileira que são negados aos LGBTs

Loading
 

A Constituição Brasileira recebeu um "filtro" para destacar os direitos presentes nela e que são negados aos LGBTs do Brasil. Essa ação é o projeto Constituição do Orgulho.

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!  

Este projeto é uma realização da Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero OAB/SP e conforme informações oficias "é a mesma Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, agora com mais visibilidade aos direitos LGBTQI+. Cada cor representa um tipo de crime que viola os direitos da população LGBTQI+ já previstos na Constituição"

Você pode ver acessar e baixar a Constituição do Orgulho no site oficial: www.constituicaodoorgulho.com.br  

Um dos vídeos de divulgação da Consituição do Orgulho contém um depoimento exclusivo da Mônica Benício, viúva da Marielle Franco. Na descrição do vídeo consta: "mulher lésbica vítima de homicídio em março de 2018. Mais de 15 direitos violados. Mais de dois anos de um crime contra LGBTQI+ sem solução". Confira os vídeos abaixo.





Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!