sexta-feira, 19 de junho de 2020

Parada LGBT 2020 de BH é adiada e não terá edição virtual

Loading

No último final de semana aconteceu a 1ª Parada Virtual do Orgulho LGBT de São Paulo. Foi uma alternativa em razão à pandemia do novo coronavírus que fez a tradiconal Parada de São Paulo, sempre realizada em junho, ser adiada para novembro. Bem, se você esperava por algo semelhante em Belo Horizonte pelo visto não irá acontecer. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!     

O Centro de Luta Pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (Cellos MG), responsável pela Parada do Orgulho LGBT de BH, divulgou hoje, 19 de junho, uma Nota Oficial na qual diz que a Parada de BH, que aconteceria em julho, está adiada e sem uma data prevista. Além disso, na nota também é descartada uma Parada Virtual como aconteceu em São Paulo. 

A Nota ressalta que uma Parada Virtual poderia não atingir todos de maneira democrática: "Realizar uma ação ou atividade virtual pode significar a exclusão de diversas pessoas que não possuem acesso à tecnologia para participar de um evento virtual, além de não traduzir de fato o que é a Parada".

O Cellos MG ainda informa que atividades online serão desenvolvidas ainda em junho, em razão ao mês do Oruglho LGBT, e também na Jornada Pela Cidadania LGBT - série de eventos que aconteciam antes da Parada - de forma virtual e que a programação será divuglada em breve. 

Abaixo você pode ler, na íntegra, a Nota Pública de Esclarecimento:

NOTA PÚBLICA DE ESCLARECIMENTO
Parada Oficial do Orgulho LGBT 2020

O Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais – CELLOS/MG, entidade organizadora da Parada do Orgulho LGBT de BH, informa que não há, no momento, perspectiva para a realização de ação ou atividade virtual em substituição da parada do orgulho LGBT de BH. 

Por ser manifestação de luta por direitos, reivindicação de demandas, não está em nosso horizonte realizar a substituição de nossa manifestação para as redes sociais a exemplo do que outras organizações já vem realizando. 

Gostaríamos de ressaltar que o cenário atual exige o adiamento da parada em razão da grave crise sanitária que impossibilita o convívio presencial e a aglomeração de pessoas. 

Realizar uma ação ou atividade virtual pode significar a exclusão de diversas pessoas que não possuem acesso à tecnologia para participar de um evento virtual, além de não traduzir de fato o que é a Parada.

Sempre defendemos a inclusão como mecanismo de mitigar as desigualdades e combater preconceitos. 

Nesse momento de gravidade social, nossa preocupação primeira está no cuidado com a vida e atendimento às pessoas LGBT que sentem com mais intensidade as consequências da crise sanitária provocada pela COVID-19. 

Realizar uma manifestação virtual não atende aos princípios que criaram as paradas. 

O que podemos afirmar é que, no momento, está adiada a parada do orgulho LGBT de BH 2020, atendendo à determinação dos órgãos de saúde e do Decreto Municipal que restringe as atividades sociais, econômicas e culturais em Belo Horizonte. 

A Prefeitura de Belo Horizonte, nossa principal parceira, está na sua maioria atuando através do teletrabalho. Quando retornarem às atividades presenciais, agendaremos uma reunião com os gestores públicos para tomarmos decisão final sobre a questão, pois a parada se articula com o calendário de eventos da cidade. 

Aproveitamos para comunicar a nossa comunidade que o Cellos/MG realizará outras ações para lembrarmos o mês do Orgulho LGBT. 

Importante destacar que nossas manifestações políticas, denúncias,  formação e valorização dos artistas locais acontecerão dentro da Jornada Pela Cidadania LGBT de forma virtual conforme programação a ser divulgada em nossas mídias e redes sociais. 
Já o formato da nossa Parada Oficial continuará o mesmo, sem previsão de data. 

Na oportunidade, nos solidarizamos às milhares de famílias que perderam entes queridos nesse período e aos profissionais de saúde que bravamente lutam no enfrentamento a essa epidemia que modificou nossa realidade. 
  
Respeitosamente,

Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais
CELLOS/MG

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!