terça-feira, 14 de abril de 2020

"Cura Gay" volta a ser julgada no Supremo Tribunal Federal

Loading

Acredite se quiser, mas em meio a uma pandemia mundial a LGBTfobia volta a ser destaque no Brasil. O Superemo Tribunal Federal (STF) começou na última sexta-feira, 10 de abril, um julgamento que trata da oferta ou não de terapias para o “tratamento” da homossexualidade. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter

O colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, quem divulgou a informação nesta semana. Na notícia, ele ressalta que o julgamento está sendo realizado de maneira virtual e segue até a próxima sexta-feira, 17 de abril. 

É importante ressaltar, como informa a nota do colunista, que em abril de 2019, a ministra Cármen Lúcia, relatora do caso, sustou uma decisão da Justiça Federal do DF que liberou psicólogos de todo o país a realizarem a “terapia de reversão sexual” em homossexuais. A ação foi levada ao STF pelo Conselho Federal de Psicologia, que restabeleceu norma pela proibição. Aguardemos!


Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter