quarta-feira, 1 de abril de 2020

Campanha virtual busca arrecadar cestas básicas para travestis e transexuais de BH

Loading

As consequências da pandemia mundial do novo coronavírus são diversas, mas uma delas está ligada diretamente à alimentação das pessoas. Pensando nisso, a Rede Proteger, Ouvir e Cuidar (Poc) e o Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT da Universidade Federal de Minas Gerais (Nuh-UFMG) estão fazendo uma campanha virtual para arrecadar doações para as travestis e transexuais de Belo Horizonte. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter

A campanha está intitulada como "Cestas básicas para mulheres trans e travestis trabalhadoras do sexo na RMBH" e espera-se arrecadar R$6.500 para comprar e distribuir aproximadamente 50 cestas básicas, buscando garantir a segurança alimentar de ainda mais mulheres. 

Segundo informações oficias o objetivo é "Distribuir cestas básicas para casas onde vivem ou são acolhidas algumas dessas mulheres, em Belo Horizonte e região!. 

A organização ainda informa que "nas duas últimas semanas distribuímos 19 cestas que atenderam cerca de 30 pessoas" e ainda observa que "As cestas serão entregues de forma segura, por um motorista conhecido por nós, observando todas as recomendações de cuidado com a saúde neste momento." 


Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter