terça-feira, 24 de março de 2020

Documento orienta sobre a relação entre o sexo e a disseminação do Coronavírus

Loading

O Departamento de Saúde de Nova York neste mês de março divulgou algumas diretrizes sobre a relação entre o novo coronavírus (Covid-19) e a prática do  sexo. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!  

Tais diretrizes foram traduzidas pela Federación Latinoamericana de Sociedades de Sexología y Educación Sexual (FLASSES), que, por sua vez, foi traduzida pelo Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (Nuh) da Universidade Federal de Minas Gerais. 

No documento, que você pode acessar na íntegra clicando aqui, consta "algumas dicas de como aproveitar o sexo e evitar a disseminação do COVID-19".

Abaixo, o Muza adianta 3 pontos interessantes: 

1) Você é seu parceiro sexual mais seguro. A masturbação não espalhará o COVID-19,
especialmente se você lavar as mãos (e quaisquer brinquedos sexuais) com água e
sabão por pelo menos 20 segundos antes e depois do sexo.

2) O próximo parceiro mais seguro é com alguém com quem você mora. Ter contato
próximo - incluindo sexo - com apenas um pequeno círculo de pessoas ajuda a evitar a
disseminação do COVID-19.

3) Você deve evitar contato próximo - incluindo sexo - com alguém fora de sua casa.
Se você faz sexo com outras pessoas, tenha o menor número possível de parceiros e
evite o sexo grupal.

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!