segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Ação quer mapear profissionais transexuais e travestis de BH e região

Loading

Se você ainda não sabe, no dia 29 de janeiro é celebrado o Dia Nacional da Visibilidade Trans. Pensando nisso, diversas ações acontecerão em Belo Horizonte e região. O Muza está atento e vai divulgar tudo para você, fique ligado aqui! 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Uma das primeiras ações que temos conhecimento é o Mapeamento Virtual de Profissionais Trans e Travestis de Minas Gerais, principalmente Belo Horizonte e região

Essa ação é uma iniciativa do Movimento Autônomo Travesti e Trans de Minas Gerais, que dentre outras ações é responsável pela Caminhada Pelas Vidas Trans e Travestis de Belo Horizonte - que acontece em janeiro e em breve será divulgadas informações sobre a edição 2020. 

Segundo a organização esta ação foi desenvolvida com o objetivo de "utilizar dessa visibilidade para criar uma teia de informações sobre transgeneridade e, junto a isso, tentar garantir que pessoas trans e travestis residentes da capital e do estado mineiro, que desempenham trabalhos autônomos possam ser inseridas no mercado de trabalho ou ter acesso a clientes".

A organização ressalta que o fomento à empregabilidade se dará através da divulgação de seus serviços em suas redes sociais: "É ainda um projeto simples, mas que pode crescer e ter mais alcance futuramente. Como sabemos, uma das alternativas de trabalho mais recorrente a essa população é a prostituição. Cerca de 90% das pessoas trans/travestis recorrem a esse mercado como forma de trabalho, muitas das vezes não por escolha, mas como única alternativa para se sustentar".

Para se cadastrar no mapeamento as pessoas trans e travestis residentes de Minas Gerais devem enviar uma mensagem ao Instagram @visibilidadetransbh com as seguintes informações: nome, cidade, algum telefone ou forma de contato, redes sociais, descrição do serviço/talento/área que trabalha e foto para divulgação.

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!