sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Belo Horizonte será sede do campeonato brasileiro de futebol LGBT+

Loading


Olha que máximo! Nos dias 15 e 16 de novembro, Belo Horizonte será sede da quinta edição da Champions Ligay, o campeonato brasileiro de futebol LGBT.

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!  

Com a participação de 28 times masculinos e 4 equipes femininas, a Ligay BH reunirá mais de 600 atletas de diversos estados na capital mineira. 

Dentre os confirmados, já temos times de São Paulo, Porto Alegre, Espirito Santo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e mais sete estados, além do Distrito Federal.

O torneio será realizado pelo Bharbixas, time LGBT de BH que venceu a primeira edição da Ligay, em 2017 (primeira foto acima). Léo Machado, organizador da Ligay BH, lembra que o Bharbixas disputou  uma partida no Mineirão em junho de 2018 e também explica a criação da logo do Campeonato:

“A logomarca da Ligay BH representa a união entre os atletas e as equipes, que ninguém solta a mão de ninguém, e tem como inspiração a diversidade, formando o triângulo, símbolo da bandeira de Minas Gerais. Também é importante dizer que o Bharbixas, além de ter sido o primeiro campeão brasileiro, foi o primeiro time LGBT do mundo a jogar dentro de um estádio-sede da Copa do Mundo”.

Curiosidade - Todas as edições da Ligay:

2017 - novembro
Sede: Rio de Janeiro

Vencedores
1° Bharbixas (MG)
2° Beescats (RJ)
3° Unicorns (SP)

2018 - abril
Sede: Porto Alegre

Vencedores
1° Bulls (SP)
2° Beescats (RJ)
3° Sereyos (SC)

2018 - novembro
Sede: São Paulo
Vencedores
1° Bulls (SP)
2° Bharbixas (MG)
3° Sereyos (SC)

2019 - abril
Sede: Brasília

Vencedores
1° Beescats (RJ)
2° Bulls (SP)
3° Bharbixas (MG)

Serviço
Champions Ligay - campeonato brasileiro de futebol LGBT.
Data: 15 e 16 de novmebro (sexta-feira e sábado)
Horário: 9h às 20h
Local: Arena Santa Cruz - R. do Contôrno, 504 - Maria Virgínia, Belo Horizonte - MG
Entrada: gratuita, sendo aceito doações de alimentos não perecíveis e roupas em bom estado. Segundo a organização, o montante arrecadado será, posteriormente, entregue à ONG's que lutam pelos direitos LGBTQ+.

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!