sábado, 30 de novembro de 2019

Agora é oficial: Pussycat Dolls estão de volta (+ Performance X-Factor!)

Loading


Após rumores, agora podemos confirmar: as Pussycat Dolls estão de volta. A girl band que fez muito sucesso no início dos anos 2000 com hits como "Don´t Cha", "Buttons" e "When I Grow Up" retorna após quase 10 anos de pausa. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Com Nicole Scherzinger à frente, o retorno do grupo ainda inclui Kimberly Wyatt, Carmit, Robin Antin e Jessica Sutta. Já a integrante Melody Thorton não quis voltar.

O retorno das Pussycat Dolls já inclui uma turnê no Reino Unido em abril de 2020; uma performance neste final de semana no X-Factor UK (Assista abaixo!!!!) e uma nova música (que ainda não se sabe muito sobre o lançamento). 




Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Assista ao videoclipe da Clara Tannure e Dedé Santaklaus

Loading




Saiu! Depois do evento de lançamento em BH, já está disponível o novo videoclipe da Clara Tannure. A música agora é "Sem Juízo" e uma parceria com Dedé Santaklaus. Aperta o play abaixo e confira essa super produção local.

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!



Ficha Técnica

Composição: Clara Tannure e Dedé Santaklaus
Produção Musical: Dedé Santaklaus
Gravação: Estúdio ACME GANG

Apoio: Beck's

Produtora: BRAZA
Direção e Roteiro: Leandro Guerra
Co-Direção e Direção de Fotografia: Lucas Chagas
Câmera: Leo Lima e Lucas Chagas
Direção de Arte: Iuri Lis
Cenografia: Marcella Olivieri e Matuca (Matheus Novy)
Stylling e Produção de Moda: Isaque Gandra
Ass. de Produção de Moda: Gabe Faya
Beauty: Will Henry
Nail Art: Gidecaria
Coreografia: Morgana Rodriguez
Direção de Produção: Clara Tannure e Gigi Favacho
Ass. de Produção: Andressa Theodoro e Matuca (Matheus Novy)
Apoio de Set: Lucas Nunes e Luiz Pontel
Motoristas: Andressa Theodoro, Bob Bastos, Gigi Favacho, Matuca (Matheus Novy) e Marcelo Guerra
Still e Making of: Luiz Pontel
Montagem: Leandro Guerra e Lucas Chagas
Color Grading e Composição Digital: Iuri Lis

Elenco: Clara Tannure e Dedé Santaklaus
Dançarinos: Arthur Atos, Cafezin, Eli Nunes, Freddy GaGa, Morgana Rodriguez, Vitor Seixas
Figurantes: Bob Bastos, Marcella Olivieri e Matuca (Matheus Novy)

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Banda Dolly And Piercings faz show hoje homenageando Ney Matogrosso

Loading
Foto: Rafael Sandim

A banda Dolly And Piercings, que tem a frente a querida e talentosa drag queen Dolly Piercing, realiza hoje show em comemoração aos 2 anos do show que fazem homenageando o artista Ney Matogrosso. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!


O show recebe o  nome de "Um Grito de Estrelas" e possui  arranjos únicos e criações próprias, com uma pegada eletrônica misturando pop e rock de um jeito surpreendente.

A banda, que apareceu na cena underground belorizontina em 2011, agora é um trio, além da Dolly, a formação inclui Leônidas Ribeiro (baixo e sintetizadores) e  Luan Linhares (teclado e programador de  sequência) - já conversou com excluZividade ao Muza sobre esse novo momento. Clique aqui para ler a entrevista.

Serviço
Show com a  banda Dolly And Piercings. 
Data: 29 de novembro (sexta-feira)
Horário: 22h
Local: Le Buteque (Rua Jose Faria da Rocha, 4808, Eldorado, Contagem) .
Entrada: R$8 (couvert). 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!





quinta-feira, 28 de novembro de 2019

2º Encontrão Cultural LGBTI+ de BH acontece no próximo domingo

Loading

No próximo domingo, 1º de dezembro, será realizado em Belo Horizonte o 2º Encontrão Cultural LGBTI+ de BH. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Realizado pelo coletivo Arco, o evento tem o objetivo, segundo informações oficiais, de "ocupar a cidade de Belo Horizonte em uma tarde recheada com artistas LGBTIs de nossa cidade" para "confraternizar, divertir, se conhecer, manifestar, participar, prestigiar a iniciativa e dar voz a essa comunidade tão recheada de talento e arte".

Dentre as atrações confirmadas estão: os DJs Daniel Fernando, Marcelo Loop e W Louis; as drag queens Eva D´Genesis, Gamorah Lovi e Aquarela; e os músicos Fernando Basse e Luiz Marks. O comando do evento será feito pela querida e talentosa drag queen Penélope Fontana. 

Serviço
2º Encontrão Cultural LGBTI+ de BH
Data: 1º de dezembro (domingo)
Horário: 12h às 20h
Local: debaixo do Viaduto Santa Tereza (Centro de Belo Horizonte).
Entrada: Gratuita

Programação Completa:


Cronograma Encontrão LGBTI 2019


Penélope Fontana
12:00 – Gamorah
12:30 – Aquarela
13:00 – Fernando Bass
13:30 – Daniel Fernando
14:00 – Luiz Marks
14:30 – Marcello Loop

Evellyn Loren
15:00 – Drags 1
(Ashley Granaj, Kyara Drummond, Mary Me, Liana Cherry, Kayle B Cartter, Drag Maleta, Juliah Jackson, Mannu Bandida, Polaris, Nicole Ádalla, Big Loira, Felícia Evans, Úrsola, Anna Sophia

16:00 – Miss X
16:15 – Loopez
16:30 – Well Esteves
16:45 – Della Vitti

Justiny Chosen
17:00 – Surprise Dance
17:07 – Power Dance
17:14 – Poison
17:21 – Fissura

17:30 – Falas dos movimentos

Fran Glam Glam
18:00 – Drags 2
(Safira Dandelion, Sthephanny Di Mônaco, Igor, Scarlla Veigr, Thawanny Spancer, Fantalzzy, Aimée Dezon e Nyongo, Richard Santos, Mell Cooper, Layla Miller, Becky Knowles)

19:00 – Eva D'Genesis
19:30 – W Louis

20:00 Encerramento

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!









quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Clara Tannure lança novo videoclipe com evento em BH nesta quinta-feira

Loading



A cantora Clara Tannure - que se destacou neste ano com a música e videoclipe "Chora Boy" -  está para lançar um novo videoclipe e vai ter um evento para esse lançamento em Belo Horizonte. Isso mesmo!

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Nesta quinta-feira, 28 de novembro, vai ter o lançamento do videoclipe "Sem Juízo", parceria de Clara com Dedé Santaklaus. A música já foi divulgada, com direito a um ótimo lyric vídeo (aperta o play abaixo).  O videoclipe também promete ser bapho, como podemo ver nas duas últimas imagens acima.

No evento de lançamento, haverá show dos dois artistas com participações especiais da Baby Girl Paige Willians e Marcelo Tofani, da bandaROSA NEON. Além disso, haverá discotecagem com Dj Amy, Rafa Mártir (da Eleganza) e Leo Lima. 

Serviço 
Lançamento videoclipe "Sem Juízo"  com Dedé Santaklaus e Clara Tannure
Data: 28 de novembro (quinta-feira)
Horário: 20h
Local: A Central (Praça Rui Barbosa, 104, Centro, Belo Horizonte). 
Entrada: $10 - clique aqui para comprar

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!





Escola de Teatro Puc Minas realiza Mostra de Trabalhos e Coletivo Majestades nova exposição

Loading

Foto: Catarina Paulino

A Escola de Teatro da PUC Minas estará movimentada a partir desta quinta-feira, 28 de novembro, até o dia 13 de dezembro. O motivo é a 38ª Mostra de Trabalhos da Escola e a nova exposição do Coletivo Majestades. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

38ª Mostra de Trabalhos da Escola de Teatro PUC Minas apresentará 3 espetáculos inspirados no escritor alemão Franz Kafka, responsável por obras literárias como "A Metamorfose". As peças são "Inescrutável" e "KAKAKAKAKA", com diretação de Cynthia Paulino, e "Acrimônia", com direção de Luiz Arthur. “Kafka é o nome que traduz como poucos – e de forma assustadoramente profética – tudo o que vivemos nestes tempos sombrios....Sua escrita dialoga com o momento atual e nos faz refletir sobre o papel que nos cabe no mundo”, ressalta Luiz Arthur. 

Já o Coletivo Majestades -  formado pelas atrizes Cynthia Paulino e Samara Martuchelli em parceria com a fotógrafa Catarina Paulino – é o responsável pela exposição "O Coração Pensa e Irradia", que estará disposta na hall de entrada da Escola durante todo o período. O conceito da exposição diz que " ´vivemos tempos de desrazão desorientada, ruído mental incessante, moralidade bizarra: e será pelo #CORAÇÃO, por ele sim, que encontraremos toda a cura. Nas orações, rogamos, o consideramos #SAGRADO. Pensar com ele, por ele, “o maior aparato biológico e a sede da nossa maior inteligência´, segundo Joseph Chilton Pearce. Pois, assim no interior como no exterior, sejamos CORAÇÕES LUMINOSOS".⠀

Programação

INESCRUTÁVEL
Direção: Cynthia Paulino
28, 29 e 30 de novembro – 20h30
Classificação etária: 12 anos

KAKAKAKAKA
Direção: Cynthia Paulino
4, 5 e 6 de dezembro – 20h30
Classificação etária: 12 anos

ACRIMÔNIA
Direção: Luiz Arthur
11, 12 e 13 de dezembro – 20h30
Classificação etária: 12 anos

PEQUENAS GRANDES LIBERDADES
Direção: Hortência Maia
7 de dezembro – 20h30

ENTÃO É ASSIM
Instalação e Performance 
Criação e atuação: Fabio Teixeira
29 e 30 de novembro
4, 6, 7, 11 e 13 de dezembro
(Antes das apresentações)

EXPOSIÇÃO “O CORAÇÃO PENSA E IRRADIA”
Concepção e adereços: Cynthia Paulino
Fotos: Catarina Paulino
28 de novembro a 13 de dezembro 

Serviço 
38ª Mostra de Trabalhos da Escola de Teatro PUC Minas + Exposição Coletivo Majestades
Data: de 28/11 a 13/12 
Horário: 20h30 
Local: Escola de Teatro Puc Minas (Avenida Dom José Gaspar, 500, Coração Eucarístico - prédio 20 - acesso 9 - Avenida. 31 de março)
Entrada: 1 Kg de alimento não perecível - Senhas distribuídas uma hora antes das apresentações (sujeito a lotação)

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Gloria Groove lança videoclipe fofo com referência à maconha

Loading

Gloria Groove continua cumprindo sua promessa de lançar um videoclipe para cada música do seu EP "Alegoria". Agora, nossa querida drag queen lança "Sedanapo". 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

No vídeo superfofo, Gloria aparece em três personagens para contar a história de amor que faz alusão à maconha, assim como a letra da música que tem uma pegada reggae. 



Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Hoje acontece em BH roda de conversa sobre empreendedorismo LGBTQIA+

Loading

Hoje, 27 de novembro, acontece a última edição do ano do evento "Além do Rolê!". Esse é o 13º encontro e o tema é "Empreendedorismo LGBT". 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Segundo informações oficiais, a propost é "entender com profundidade os desafios e dificuldades de empregabilidade de pessoas trans e gays nas empresas, como estas podem auxiliar na capacitação do público LGBTQIA+, falta de oportunidades, marginalização, determinismo social e por aí vai… É assunto que dá pano pra manga!"

Debaterão o assunto Uno Vulpo, da Transvest; Ana dos Anjos, do Yanã Bar, Ed Luiz da @bsurda, Vini Morais da Galla e Giovanna Heliodoro (transpreta).  

Sobre o Além do Rolê

São rodas vivas e horizontais de conversa concebidas e curadas pelo Guaja.cc em parceria com nosso articulador cultural Gabriel Prata, segue trazendo à tona questões relevantes para a cena de Belo Horizonte. Nosso objetivo é, a partir de um bate-papo entre agitadores culturais e público, instigar reflexões, articular interesses e buscar soluções para as adversidades que permeiam o ecossistema da nossa cidade. Dar espaço de voz e estabelecer um diálogo aberto entre rolezeiros e aqueles que promovem o entretenimento na cidade é fundamental para co-construirmos um cenário inclusivo, democrático e representativo.

Serviço 
ALÉM DO ROLÊ #13 - Empreededorismo LGBT
Data: 27 de novembro (quarta-feira)
Horário: 19h30 
Local: A Central (Praça Rui Barbosa, 104, Centro, Belo Horizonte)
Entrada: gratuita - mas tem de fazer inscrição clicando aqui

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Duo português Fado Bicha se apresenta em BH neste sábado

Loading

No próximo sábado, 30 de novembro, Belo Horizonte terá um conexão forte e LGBT com Portugal. Se apresentará na cidade o duo Fado Bixa. Patrimônio da música portuguesa eternizado pela voz de Amália Rodrigues, o Fado ganha nova interpretação pop e política com o Fado Bicha. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

A dupla composta por Lila Fadista e João Caçador arrebatou a cena musical portuguesa e projetou-se internacionalmente ao debater questões de gênero, intolerância e racismo em suas letras.No vídeo da dupla,  "Namorico de André", consta os dizeres: "Para todos os poetas, intérpretes e músicos LGBTI da história do Fado que não puderam criar e retratar livremente as duas identidades e experiências na sua obra".

Artista parceiro da MIL Lisboa, uma das mais importantes convenções de música de Portugal, o Fado Bicha vem ao Brasil para se apresentar na SIM São Paulo, e prepara uma homenagem à Elza Soares, voz que eternizou a canção A Mulher do Fim do Mundo, presente em todas as performances do Fado Bicha e regravada pela dupla. Além do evento, realizado no Centro Cultural São Paulo entre 4 e 8 de dezembro, a dupla prepara uma série de atividades no Brasil entre 26 de novembro e 17 de dezembro. 

Fado LGBTQI+

Foi fora da terra natal que Tiago Lila encontrou a sua voz no fado. "Entre 2014 e 2016, morei na Grécia. Trabalhava numa ONG em Atenas e, num encontro, pediram-nos para mostrarmos alguma coisa dos nossos países, das nossas culturas. Eu disse ‘sou português, posso cantar um fado’. Foi assim a primeira vez. Cantei o ‘Barco Negro’ e foi incrível”. Popularizada na voz de Amália Rodrigues, esse fado é fruto de uma canção escrita por Caco Velho, um compositor brasileiro. 

De volta a Portugal, Lila buscou uma escola de fado, e percebeu que “não cabia por inteiro” naquela música. Numa das duas aulas a que foi, cantou ‘Ai Mouraria’, em um questionamento direto a um professor que lhe disse que não podia cantar “um fado de mulher”. Foi fora da escola formal que o Fado Bicha ganhou vida: em uma casa noturna de Lisboa, Tiago Lila virou Lila Fadista, e a sua apresentação solo foi vista por João Caçador, que lhe perguntou se queria um guitarrista. 

"O fado sempre teve poetas, fadistas e músicos homossexuais, só que, infelizmente, nunca se puderam expressar, ou escolheram não o fazer, de forma explícita", analisa João Caçador, guitarrista da dupla. Ao colocar um olhar LGBTQI+ no Fado, a intérprete e letrista Lila Fadista e o guitarrista João Caçador reinterpretam canções clássicas do estilo, como O Namorico da Rita. O Chico, que é pescador, nesta versão, se envolve com André, o peixeiro. Disponível em abril de 2019, O Namorico do André foi a primeira música lançada oficialmente pelo Fado Bicha. 


Elza Soares e o Brasil 

No lançamento mais recente, uma versão da canção A Mulher do Fim do Mundo, de Elza Soares, a dupla apresenta uma narrativa conceitual sobre História, lugares de invisibilidade e opressão. A faixa começa com "Banzo", um texto sobre escravização e o sistema colonial português no Brasil, retirado do livro "Deus-Dará", de Alexandra Lucas Coelho, escritora e jornalista portuguesa que viveu vários anos no Rio de Janeiro. 

Filmado pela diretora Raquel Freire no Salão Nobre da Prefeitura de Lisboa, o vídeo conta com a participação da DJ brasileira Cigarra, responsável pelos beats, e quatro bailarinas provenientes de Angola, Guiné-Bissau, Portugal e Brasil. Simultâneamente, Irina Leite Velho, Maria Emília Ferreira, Joana d’Água e Tita Maravilha invadem e ocupam o salão, de decoração imperial, dançam livremente e expressam a humanidade e a dignidade muitas vezes negadas a si e às suas ancestrais. Os músicos do Fado Bicha interpretam a canção de olhos vendados e a narrativa termina com uma revelação simbólica. 

O vídeo e a música partem de uma crítica sobre a forma como se continua a encarar, em Portugal, o período colonial da história portuguesa. Para o Fado Bicha, ainda não foi feita uma reflexão coletiva sobre esse período, terminado oficialmente há apenas 45 anos. A violência que o império português infligiu nas comunidades ameríndias e africanas colonizadas e escravizadas tem relação com as desigualdades que se verificam até hoje. Segundo eles, cabe também aos artistas brancos portugueses estimular essa reparação histórica por meio da arte. 

Serviço 
Fado Bicha - Show 
Data: 30 de novembro (sábado)
Horário: 22h30
Local: Gruta (Rua Pitangui 3613,Horto, Belo Horizonte)
Entrada: $15 até meia-noite, após $20 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!



Aviso: o vídeo abaixo contêm cenas de nudez e sexo



Trabalho inspirado em Elza Soares




Livro "O Espetáculo do Gênero" terá lançamento em BH

Loading

Acontece na próxima quinta-feira, 28 de novembro, em Belo Horizonte o lançamento do livro "O espetáculo do gênero: uma cruzada no século XXI" (Metanoia Editora), de Igor Viana. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

O livro é resultado de três anos de pesquisa e de, como divulga o autor, "muitas partilhas e diálogos". Para tanto, será feito junto ao lançamento uma mesa para debater "A cruzada antigênero em Belo Horizonte", contando com a presença de Cida Falabella, Duda Salabert, Luiz Morando, Maria Fernanda e Paulo Nogueira, mediados por Olívia Paixão. Tudo permeado por intervenções cênicas do Tal Coletivo de Teatro.  Seguido à mesa de debates terá sessão de autógrafos.

Como observa Maria Fernanda Salcedo Repolês, da UFMG, "Discutir gênero no contexto da escalada da extrema-direita deixa claro que esta é uma agenda estratégica para se debater e se disputar politicamente os sentidos do direito, da democracia, da liberdade e da igualdade". 

Sobre o livro 

"O Espetáculo do Gênero assume a imagem do espetáculo teatral para criar uma narrativa sobre a disputa pelos quadros de inteligibilidade do gênero na virada do século XX para o século XXI. Dialogando com o aparato teórico de Judith Butler, o trabalho realiza uma reflexão sobre os efeitos do combate à “ideologia de gênero” para a constituição dos regimes de aparecimento público dos corpos. Na primeira cena, Gênesis, apresentamos a origem internacional da cruzada antigênero protagonizada pelo Vaticano na década de 1990. Na segunda cena, Brasil, as personagens do caso tupiniquim do combate à “ideologia de gênero” ganham voz e nos apresentam suas perspectivas sobre esse embate. Na terceira e última cena, Dramaturgia, o narrador, despido, apresenta sua versão da disputa, de forma a promover um encontro das duas cenas anteriores e somar-se ao conjunto de narrativas já apresentadas por pesquisadores brasileiros. Assumindo que o gênero é constitutivo das lentes de inteligibilidade sociais do mundo moderno, atravessando e ordenando os seus processos de subjetivação, o argumento central da nossa dramaturgia repousa na afirmação de que a disputa pelo gênero é, antes de tudo, uma disputa por projetos políticos de poder. Projetos que podem ser balizados pelo caráter autoritário de uma eterna busca da unicidade orgânica perdida ou pelo caráter democrático de um permanente devir rearticulador das inteligibilidades sociais. Esse é o embate de um espetáculo em aberto."

Serviço 
Lançamento do Livro - O espetáculo do gênero 
Data: 28 de novembro
Local: Avenida João Pinheiro, 100, Lourdes, Belo Horizonte
Valor do livro no lançamento: $30
Entrada: gratuita 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!




segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Fotos excluZivas do show do Tiago Iorc em BH

Loading


O cantor Tiago Iorc esteve em Belo Horizonte no último sábado com o show "Acústico MTV". O Muza estava presente e realizou uma cobertura fotográfica excluZiva pelo olhar do querido e talentoso fotógrafo Bráulio Campos

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Acima e abaixo você pode acompanhar algumas dessas imagens. Você pode ver todas lá
em nossa página no Facebook e também em nosso Instagram.


Set list do show
Desconstrução
Fuzuê
Hoje Lembrei do teu Amor
Mil Razões
Nessa Paz Eu Vou
Deitada Nesta Cama
Coisa Linda
Do Que Você Tem Medo?
A Vida Nunca Cansa

Onde Deus possa me ouvir
(Vander Lee cover)
Tempo perdido
(Legião Urbana cover)

Um Dia Após o Outro
Faz
Me Tira Pra Dançar
Tangerina
Alexandria
Dia Especial
(Cidadão Quem cover)

Cataflor
Amei Te Ver

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!