quinta-feira, 27 de junho de 2019

Assista ao belo e forte videoclipe do Emicida com Majur e Pabllo Vittar

Loading



Na semana que se celebra o Dia Internacional do Orgulho LGBT, 28 de junho, o rapper brasileiro Emicida lançou o videoclipe da música "AmarElo", um dueto com as cantoras Majur e Pabllo Vittar. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

A música não tem ligação direta com a causa LGBT, apesar do dueto com artistas LGBT, mas a conexão é inevitável. A música ainda contêm sample da música "Sujeito de Sorte", do cantor Belchior que tem o forte verso: “Ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro", além de frases do poema "Permita que eu fale, que tem versos como "permita que eu fale e não as minhas cicatrizes".

A conexão com as minorias não para por aí, já que o clipe mostra a dura realidade e a beleza também da vida de negros e favelados no Brasil. 

A direção dessa obra prima é de Sandiego Fernandes.


Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!