terça-feira, 14 de maio de 2019

Conheça o conceito visual da Parada do Orgulho LGBT de BH 2019

Loading

O Muza já divulgou para vocês a data e o tema da Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte 2019. Agora, é a vez de apresentar o conceito visual. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Esta será a 22ª edição da Parada e o tema é “Não aos retrocessos! Revivendo Stonewall”. Para ilustrar este grito que liga o passado e o presente, o Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (CELLOS-MG) - responsável por organizar a Parada -  apresenta o conceito visual da Parada deste ano.

O desafio proposto da arte era traduzir o movimento de Stonewall em forma de arte. Para isso, o artista Flaviano Souza uniu em um jogo de sobreposição de corpos, expressões e gestos o conceito de orgulho, força, delicadeza, inconformismo e embate. A mistura das cores que formam a imagem se dissolvem e terminam com a formação das bandeiras LGBTQ+ e trans, fortalecendo a identificação com o movimento e a comunidade.

Para o artista, lutar pelos direitos do público LGBT não é só um clamor ou dar voz a minorias historicamente marginalizadas. “É sobretudo uma luta por toda a humanidade. Por um mundo mais fraterno e igualitário onde se construam pontes.” Flaviano completa: “Em certa medida, este grito é para manter visível o que é realmente importante, o essencial e isto não está nas roupas, no corte do cabelo, no jeito de andar, falar ou com quem fazemos sexo. Este centro, possível a todos, que depende da vontade de cada um, está na capacidade de sentir empatia. De perceber no outro suas fragilidades e forças e procurar compreendê-las. E neste lugar que se encontra de fato, a beleza do que é ser humano.”

Azilton Viana, presidente do CELLOS-MG e coordenador da Parada, reforça a importância de uma identidade forte. “A Parada por si só representa o orgulho da comunidade LGBT de ser quem é. Com a logo deste ano, trazemos também a força e a essência de lutas que temos em nossa história.”

Sobre a imagem em si, que você pode ver acima, explica-se: Em um jogo de sobreposição de corpos, expressões e gestos, a ilustração traduz o conceito de orgulho, força, delicadeza, inconformismo e embate. A mistura das cores que formam a imagem se dissolvem e terminam com a formação das bandeiras LGBTQ+ e trans, fortalecendo a identificação com o movimento e a comunidade.

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!