sábado, 27 de abril de 2019

Ideia de "Cura gay" no Brasil é negada pelo STF

Loading


Nesta semana o Supremo Tribunal Federal (STF) tomou uma importante decisão para os LGBTs de todo país e comemorada pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP)

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Para quem não sabe, a Resolução nº 01/99 do Conselho Federal de Psicologia (CFP) foi alvo de uma ação por parte de alguns psicólogos que defendiam o uso de terapias de reversão sexual. Assim, em setembro de 2018, o CFP ingressou no STF para manter tal Resolução íntegra, ou seja, nada de incluir "cura gay" nela. 

Diante disso, nesta semana, o o STF concedeu ao CFP uma liminar que mantém íntegra e eficaz a Resolução CFP nº 01/99, que determina que não cabe a profissionais da Psicologia no Brasil o oferecimento de qualquer tipo de prática de reversão sexual, uma vez que a homossexualidade não é patologia, doença ou desvio.

O CFP comerou a decisão por meio de suas redes sociais e com um vídeo com uma importante fala da a vice-presidente do CFP, Ana Sandra Fernandes. Assista abaixo. 

E que fique claro de uma vez por toda (se é que precisávamos disso em pleno século 21), como o próprio CFP escreveu: 

"Como costumamos dizer: Não há cura para o que não é doença e não existe reorientação para o que não é desvio".


Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!