segunda-feira, 1 de abril de 2019

Beyoncé e Jay Z são premiados por apoio à comunidade LGBT (assista discurso emocionante)

Loading



O Muza já tinha aviZado que Beyoncé e Jay Z seriam premiados pelo apoio à comunidade LGBT ao longo da carreira. A entrega do prêmio aconteceu no último dia 29, com direito a discurso emocionado de Queen B. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!  

O prêmio recebido pelo casal é o "Vanguard Award", ntregue pela reconhecida organização pró-LGBT nos Estados Unidos, a GLAAD (Gay & Lesbian Alliance Against Defamation).

Um fato curioso no discuro dos Cartes foi perceber a relação direta que tanto Bey quanto Jay Z possuem com homossexuais. A mãe de Jay Z se revelou lésbica nos últimos anos e Beyoncé tinha um tio gay que foi vítima da Aids. 

Como se não bastasse esse momento icônico por si só, a drag queen Shangela se apresentou na premiação fazendo um mash up de hits da Beyoncé. Assista vídeo abaixo.  

Abaixo, o discurso na íntegra de Queen B e um vídeo com um trecho: 

“Bem, primeiro de tudo, estou extasiada”, disse Beyoncé. E continuou: “Estou honrada e agradecida. Já chorei. Uma das memórias mais lindas da minha turnê era olhar do palco todas as noites e ver do cara mais mano à uma queen mais fabulosas, todos lado a lado se respeitando e celebrando juntos.

Isso é lindo. Conectar pessoas que primeiro pareciam completamente separadas.Seja entre nossos fãs ou mesmo na nossa família, a comunidade LGBT sempre nos apoiou, nos levantou. Nós agradecemos.

Estamos aqui pra promover o amor a todo ser humano. A mudança começa com seu próximo. Diga a ele que ele é amado. Lembre-o de que é lindo, vamos falar em proteção. E pais, amem seus filhos da forma mais pura.

Gostaria de pedir pra continuarmos a derrotar estigmas nesta comunidade, principalmente em relação às famílias negras. Primeiramente, quero dedicar este prêmio ao meu tio Johnny, o gay mais fabuloso que eu já conheci e ajudou a me criar e a criar minha irmã. Ele viveu sua verdade. Era corajoso em um tempo onde este país ainda não o aceitava de jeito nenhum.

Por mais que sua luta contra o HIV tenha sido a batalha mais árdua que eu já tenha vivido, tenho certeza que sua força serviu para abrir caminhos para que pessoas mais jovens pudessem viver mais livres. Direitos LGBTs são direitos humanos. Para amar quem você quiser, se identificar como você se vê. Isso é seu direito humano”.



Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!