sexta-feira, 12 de abril de 2019

Acontece hoje única apresentação do espetáculo "Aqueles Dois" em BH

Loading

O espetáculo teatral de temática homossexual “Aqueles Dois”, montagem da Cia. Lua Lunera e inspirado no conto de mesmo nome do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (1948-1996), retorna aos palcos de BH para uma única apresentação hoje, 12 de abril, e Belo Horizonte. Isso mesmo!

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!

Desta vez a apresentação tem um motivo especial: ajudar o custo com a apresentação do espetáculo recentemente em Porgutal, como explica o vídeo abaixo. 

A montagem do espetáculo "Aqueles Dois", pela Cia. Luna Lunera já tem mais de uma década de montagem. A peça, que narra a relação entre Raul e Saul, dois funcionários de uma repartição que compartilham o ambiente de trabalho burocrático e monótono e ali desenvolvem laços afetivos, foi inspirada no conto homônimo de Caio Fernando Abreu.

Ao longo de 10 anos, o espetáculo já foi apresentado em 25 capitais e em mais de 100 cidades brasileiras, completando 400 apresentações durante a temporada comemorativa. Além disso, vem realizando marcantes participações em festivais internacionais, em países como Argentina, Colômbia, Costa Rica, México, Uruguai e Venezuela.

Sobre a peça

A “repartição” funciona como metáfora para qualquer ambiente inóspito e burocrático de trabalho e pano de fundo para o surgimento de laços de cumplicidade entre os dois novos funcionários. É que “num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra”. No entanto, essa relação acaba gerando incômodo nos demais colegas de profissão.

 “O espetáculo partiu de improvisações e imersões na obra de Caio Fernando Abreu. O coletivo de criadores propôs, sobrepôs e experimentou seus próprios roteiros. E não houve a escolha de um único diretor. O processo transformou-se num exercício de direção e dramaturgia compartilhadas.”, explica o codiretor Zé Walter Albinati.

Texto e espetáculo possibilitam uma diversidade de leituras e percepções sobre o universo "daqueles dois". São múltiplas as citações ou simples menções a artistas e obras de áreas diversas, locações urbanas, letras de músicas, filmes, épocas, onde o Caio Fernando Abreu mistura, despudoradamente, seus mundos biográfico e ficcional. Os criadores, por sua vez, revezam-se nos papéis de Raul e Saul, narram trechos, sugerem os outros personagens da “repartição” e inserem suas próprias referências e leituras para o texto de Caio. Há ainda no cenário, no figurino, na música e no texto uma intencional simultaneidade, abrangendo a várias décadas.

Dentre as várias temáticas abordadas pelo espetáculo, como a solidão e a aridez dos ambientes de trabalho, uma delas chama a atenção pela sua grande importância social e ainda um tabu nas discussões: a homofobia. Dez anos após a estreia do espetáculo, essa questão passou a ser mais discutida pela sociedade em distintos núcleos sociais. O Brasil é o campeão mundial de crimes contra minorias sexuais. Assim, o espetáculo mostra-se mais atual do que nunca.  


Serviço
Teatro "Aquele Dois"
Data: 12 de abril (sexta-feira)
Horário: 20h
Local: Centro Cultural Minas Tênis Clube (rua da Bahia, 2244, Lourdes, Belo Horizonte). 
Entrada: Para adquirir os ingressos, basta apoiar nossa campanha de financiamento coletivo, com a opção de R$ 40,00 (para um dos espetáculos) ou R$ 80,00 (para ambos ou um par de ingressos para uma apresentação) - clique aqui para comprar

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!