domingo, 3 de fevereiro de 2019

Censura? Filme que critica "cura gay" não será mais lançado no Brasil

Loading


Um dos filmes de temática LGBT mais aguardados para estrear no Brasil não será mais lançado em nossos cinemas: "Boy Erased: Uma verdade anulada", que tem no elenco Nicole Kidman, Russel Crowe e o cantor Troye Sivan. 

Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!  

O longa conta uma história baseada em fatos reais (e assustadores) sobre terapia de conversão, vulgo "cura gay", que algumas religiões "fazem" com em seus "seguidores". No trailer oficial, há a assustadora informação de que 77 mil pessoas estão atualmente em terapia de conversão nos Estados Unidos.  

A estreia do filme estava prevista para 31 de janeiro, mas o dia passou e nada. Pelo twitter, a distribuidora Universal Pictures explicou, mas sem muitos detalhes que: "infelizmente esse filme não será mais lançado aqui no Brasil". Mais tarde, alegou que foi cancelado por questões financeiras, já que o filme não teria retorno financeiro, vulgo público. Será? 

O autor do livro no qual o filme é baseado, Garrad Conley, foi ao twitter es manifestar sobre e escreveu: “Nós estamos recebendo relatórios que a estreia de janeiro para Boy Erased foi cancelada no Brasil. Defensores locais estão reportando censura causada pelo governo brasileiro”

o ator Kevin McHale, conhecido da série Glee e que também está no elenco de Boy Erased, foi ao twitter e foi mais enfático: "“meus caros brasileiros, o filme ‘Boy Erased’ foi banido no Brasil. Seu presidente está censurando conteúdo LGBT+. Banir um filme sobre os perigos da terapia de conversão é PERIGOSO! Bolsonaro é uma ameaça às vidas LGBTQ+. Eu te amo, Brasil, e vou lutar com vocês”.




Siga o Muza no Facebookno Instagram e no Twitter!