quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Madonna aparece no histórico Stonewall, bar LGBT, faz discurso e canta músicas

Loading

Quando divulgamos aqui que Madonna se tornou embaixadora do histórico bar Stonewall em Nova York não sabíamos ao certo o que isso implicaria. Mas na véspera do reveillon começou a tomar forma. 

A Rainha do Pop esteve presente no Stonewall na noite de réveillon e fez um belo discurso sobre a importância da luta LGBT. 

Madonna, que estava acompanhada do seu filho David Banda no violçao, ainda cantou "Like A Prayer" e “Can’t Help Falling In Love” de Elvis Presley.

Segue o discurso da Madonna“Eu estou aqui orgulhosamente no lugar onde o orgulho gay começou – a lendária Stonewall Inn – e no nascimento de um novo ano. Nos reunimos hoje à noite para celebrar 50 anos da revolução. Cinquenta anos de luta pela liberdade. Cinquenta anos de sangue, suor e lágrimas – posso receber um amém?! Cinquenta anos de sacrifício. Cinquenta anos de resistência à discriminação, ódio e – pior de tudo – indiferença. E tudo começou aqui, no Stonewall. Nunca nos esqueçamos dos motins de Stonewall e daqueles que bravamente se levantaram e disseram: Chega. Chega de brutalidade, chega de violência a esta comunidade, opressão, dor e sofrimento. Nunca devemos esquecer de onde viemos!”, disse Madonna.