segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Em janeiro acontece em BH o Festival TransViva! pela vida das pessoas trans

Loading

De 22 a 29 de janeiro, no mês da visibilidade trans, acontece a primeira edição do Festival TransViva, um manifesto artístico e político pela vida das pessoas trans. Em uma semana de programação, Belo Horizonte recebe uma rodada de negócios, oficinas de qualificação profissional, apresentações culturais, mesas de debates, exposições e oficinas artísticas.

Toda a realização e todo pensamento envolvido é feito por pessoas LGBT, em sua grande maioria trans, negra e jovem.  Confira abaixo o texto explicativo sobre a construção do Festival e a programação na sequência:

“No país que mais mata pessoas trans, surgiu nossa vontade de celebrar a vida! Misturar pensamentos, dividir sentimentos e ser um pequeno passo para uma grande mudança que pode contar com você.

A arte sempre foi aquele abraço apertado cheio de amor que sempre nos acolheu para sermos voz com total liberdade. E é aqui que nós vamos propor a interação dos corpos trans com o público, cada um à sua forma, com a sua história, sua vivência e sua beleza. Por que nós queremos falar sobre o que realmente importa: o respeito. 

Vamos explodir nossas bolhas e ouvir sobre o lugar de fala e a importância do lugar de escuta, por que é assim, bem juntinho, que a gente quebra as barreiras nas mentes que ainda estavam fechadas pra somar e evoluir, e nós vamos evoluir. Somar corpos para transformar, ressignificar espaços, transbordar mentes”.

Programação

22/01, terça-feira
13:00 - 18:00 | oficina Stencil - Bruno Ulhoa
19:00 - 22:00 | mesa Ser TransViva - Indianare Siqueira (RJ)
Local: CRJ

23/01, quarta-feira
13:00 - 18:00 | oficina Cinema - Arthur Medrado
19:00 - 22:00 | mesa Transfeminismo - Erika Hilton (SP)
Local: CRJ

24/01, quinta-feira
13:00 - 18:00 | oficina Coach de carreira - Adriana Roque
19:00 - 22:00 | Rodada de Negócios
Local: CRJ

25/01, sexta-feira
13:00 - 18:00 | oficina Teatro - Ave Terrena
18:00 - 22:00 | "Um olhar em construção" (exposição de fotografias de artistas trans) - Bernardo de Castro, Bernardo Enoque, Luna Ventura + Intervenção artística com Mascucetas, Dandara Vital e Ave Terrena
Local: CRJ

26/01, sábado
13:00 - 19:00 | Praia da Estação + Adesivaço 
Local: Praça da Estação

27/01, domingo
14h - 19h | pausa na programação para acompanhar a Caminhada pela Visibilidade Trans
Concentração: em breve
19:00 - 00:00 | shows - DJ Josef, Pelas DJ, As Talavistas, MC Glan + super atração surpresa
Local: Viaduto Santa Tereza

28/01, segunda-feira
18:00 - 22:00 | mesa Trans pop de rua - Mel Campus (PR)
Local: CRJ

29/01, terça-feira
19:00 - 22:00 | mesa Transfobia e Racismo - Bernardo de Castro (RJ) + "GRAZZI ELLAS" (espetáculo teatral) - Mel Campus
Local: CRJ

Todas as atividades são gratuitas e abertas. As oficinas são direcionadas a pessoas trans em geral e pessoas cis em situação de vulnerabilidade social, juventudes, pessoas negras e periféricas

Ficha Técnica

Realização: Juhlia Santos
Produção: Giovanna Heliodoro e Nath Orleans Barcelos
Assistência de produção: Rebeca Ferreira Cornélio, Ariel Lovegood, Renato Augusto Vieira, Aisha Brunno e Jô Arllen
Comunicação: Lázaro Dos Anjos e Brígida Alvim
Arte: Tulio Colombo Correa
Apoio: Centro de Referência da Juventude - CRJ
Incentivo: Fundo Municipal de Cultura - Prefeitura de Belo Horizonte