domingo, 21 de outubro de 2018

Uruguai aprova lei que melhora a vida das pessoas transexuais

Loading

O Uruguai aprovou nos últimos dias uma séria de leis que beneficiam a vida e a cidadania dos transexuais no país. Sem dúvida, um exemplo para todo o mundo e não só para a  América Latina. Inclusive, em menos de uma semana, o Brasil terá a chance de nas urnas votar em um candidato que é a favor dos LGBTs. Prova? Haddad, quando foi prefeito em São Paulo, ajudou os transexuais, como podemos ver nos vídeos abaixo no projeto TransCidadania. 

No Uruguai, uma legislação específica foi aprovada pela Câmara dos Deputados do país (foram 66 votos a favor e 22 contra) que contém várias medidas no combate à discriminação, acesso ao mercado de trabalho e até à moradia.  Como informa a matéria do G1, dentre as medidas aprovadas estão: 

- Menores de 18 anos não precisarão da autorização dos pais para mudar seu nome ou receber tratamento hormonal;
- Facilidade para mudança de nome no Registro Civil;
- 1% das vagas de trabalho público ficará reservado para trans;
- Indenização para vítimas de violência institucional ou privada para quem nasceu até fim de 1975.

A deputada local, Manuela Mutti, declarou sobre a conquista: "Embora todos nós tenhamos direitos desde que nascemos, o país [se dá conta de que] ainda há um caminho muito longo para percorrer e que necessitamos legislar mais pontualmente em certas situações. Esta população tem permanentemente os direitos violados e não deveria ser assim. [E isso passa] pela sua condição de gênero"