terça-feira, 16 de outubro de 2018

Belo Horizonte poderá ter sua primeira prefeita transexual

Loading

A professora mineira Duda Salabert se candidatou ao Senado por Minas Gerais nestas Eleições 2018. Apesar de não ter conseguido o cargo político, ela fez história:

Se tornou a primeira candidata transexual do Brasil na disputa pelo Senado e conseguiu  351.874 votos, um recorde para o PSOL, partido pelo qual se candidatou, em Minas Gerais.

Com os números alcançados com a candidatura ao Senado, Duda pretende lançar-se candidata à prefeita de Belo Horizonte em 2020. 

Assim como no Senado, será a primeira pessoa trans a concorrer ao cargo em Belo Horizonte e também no Brasil como um todo. Durante a campaha, ela declarou por meio das redes sociais:

"E digo: representatividade importa muito! Sobretudo porque estamos em um país que 90% dos cargos políticos estão ocupados por homens. E se "Senado" significa etimologicamente "senhores", passou da hora de ocuparmos e de penetrarmos os espaços desses senhores!”  

Com formação pela PUC Minas e UEMG, Duda leciona em uma tradicional escola particular de Belo Horizonte por cerca de 10 anos. Ela também é presidenta da TransVest, além de professora. Trata-se de uma ONG que ajuda na educação de travestis e transexuais que estão em Belo Horizonte.