terça-feira, 11 de setembro de 2018

Entrevista excluZiva com Shangela: "você não precisa de uma coroa para se sentir uma rainha"

Loading

Uma das drag queens mais queridas do nosso querido reality show RuPauls Drag Race  esteve em Belo Horizonte, como atração da festa Gayzada, no final de agosto: Shangela! Halleloo!

O Muza esteve presente no show que ela fez na cidade, com direito a muita Beyoncé – clicando aqui você pode ver 24 fotos inspiradoras da apresentação da Shangela em BH – e, claro, realizou uma entrevista excluZiva. 

As fotos  são do querido e talentoso fotógrafo Bráulio Campos.

Abaixo, saiba mais como Shangela encarou o All Stars 3, o que ela tem a dizer sobre ter trabalho com Lady Gaga no aguardado filme “Nasce Uma Estrela” (sim! Shangela participa dele!) e quais seus planos para 2019. Isso mesmo!

Muza - Você é a drag queen que mais participou do programa RuPauls Drag Race. O que isso significa para você?

Shangela - Minha trajetória no RuPauls Drag Race começa na temporada 2, depois na 3, um pouco na 4 e também na All Stars 2 e então na All Stars 3. É bom crescer na frente das pessoas e desenvolver uma conexão com os meus fãs ao longo dos anos. Eu viajei o mundo e espero inspirar as pessoas para não desistirem dos seus sonhos. Não importa de onde você vem, mas nunca desista!

Houve algum momento que foi mais importante para você nestas diversas participações no programa?
  
Eu acho que o momento mais importante pra mim foi voltar na All Stars 3. Isso porque eu estava melhor, melhorei! Eu trabalhei muito e se você fizer isso, você desenvolve, cresce e pode se sair bem. Bem, eu não ganhei, mas você não precisa de uma coroa para se sentir uma rainha. E eu espero que eu represente o melhor para todos. 


No All Stars 3 tivemos a desistência da Ben De La Creme e também "novas regras" na edição. O que você tem a dizer sobre isso?

Uh! Yeah! Sabe, cada um é cada um e toma suas decisões individuais que são melhor para si. Eu voltei ao RuPauls Drag Race porque eu quis mostrar para nunca desistir. Já Ben de La quis sair, então, ela saiu. Eu respeito as decisões de todos. Halleloo!

O que você achou sobre as mudanças das regras...

É um jogo sabe? É uma competição e um jogo. Eu não tenho controle das regras. Tem horas que elas mudam, mesmo que talvez eu não goste tanto de uma maneira de uma eliminação. Mas isso é parte do jogo. Eu sempre serei grata ao RuPauls Drag Race por ter me dado uma plataforma tão boa e ótimas oportunidades, como me trazer aqui com você, com todos em Belo Horizonte. 

Você participou dos filmes da Bianca Del Rio e vai aparecer no documentário da Alyssa Edwards... podemos esperar algo somente seu neste sentido?

Oh sim! Eu vou te dizer que trabalhar como atriz em Hollywood sempre foi um sonho. Eu vivo em Los Angeles. Eu também já estive em programas de televisão, séries e estou no novo filme com Lady Gaga ("Nasce Uma Estrela"). Eu estou sempre trabalhando em roteiros como atriz. Mas 2018 será todo sobre turnê, shows... são 170 cidades. Hoje a noite será a cidade de número.. 124 eu acho... (alguém da equipe diz que é a de número 123 e ela insiste que é a 124) eu conto tudo na minha cabeça... a 121 foi Montreal...  enfim! Em 2019 será mais focado em filmes de tv e online. Então fiquem ligados! Halelloo!

Você falou sobre o filme com a Lady Gaga. Como foi trabalhar com ela, um ícone da cultura pop?
Foi um sonho realizado. Ela é tudo que eu poderia querer. Ela é gentil, é humilde e é muito focada em seu trabalho de atriz. Mas ela foi muito doce comigo. Ela ficava "Shan... Shan... me conta outra história" (Shangela imita a voz e jeito da Lady Gaga ao dizer essa frase). Foi muito divertido! 

Pode falar sobre seu personagem no filme?
Eu sou uma drag queen e dona de um bar, no qual Gaga trabalha. Ela é meio que minha filha-drag mesmo sendo hétero (risos).

E o Halelloo.. de onde vem essa sua expressão tão característica?
Eu digo o tempo topo. É uma palavra que sempre tenho em minha vida. É uma palavra positiva sobre alegria, felicidade e risos, coisas que adoro. Você não diz Halelloo quando as coisas estão ruins, mas quando estão boas. 

Que conselho você daria para quem está começando como drag queen? 
Nunca ouça os haters, esteja além. Isso significa que nem sempre as outras pessoas te apoiam ou encorajam. Apoie-se você mesmo, dê seu crédito e trabalhe duro. Você consegue ser melhor e uma profissional.