sexta-feira, 6 de julho de 2018

Saiba mais informações oficiais da Parada LGBT de BH que acontece no próximo domingo

Loading


O Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (CELLOS-MG), ONG responsável pela organização da Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte, encaminhou um comunicado oficial com mais informações sobre o evento e manifestação que acontece no próximo domingo, 8 de julho. O Muza reproduz abaixo, os principais pontos na íntegra:

“Mais Democracia e Mais Direitos Humanos: esse é o Brasil que queremos para as LGBT!” é o tema da 21ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte

O Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (CELLOS-MG) realiza neste domingo (08) a 21ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte, maior manifestação cultural e política do estado de Minas Gerais. Atentos ao momento político que o país vive, milhares de pessoas, de diferentes gêneros e orientações sexuais, vão hastear a bandeira da democracia. Com o tema “Mais Democracia e Mais Direitos Humanos: esse é o Brasil que queremos para as LGBT!” a Parada vai ocupar as ruas do centro da cidade para mostrar que a democracia é única forma de se reverter o perigoso quadro político e social que vivemos. Foi nesta luta que Marielle Franco, defensora dos Direitos Humanos, foi assassinada.

Hoje, somos governados por políticos que tomaram o poder de forma golpista e que estão executando políticas que fragilizam a defesa dos direitos das pessoas LGBT. A perda dos Direitos Humanos, sejam eles nas áreas trabalhista, previdenciária ou constitucional, atinge em cheio essa comunidade. A cada 19 horas, um LGBT é assassinado no Brasil, onde, nos últimos 2 anos (período pós-golpe) nenhuma política de afirmação e enfrentamento desses índices foi implementada.

O Tema

O tema da #ParadaBH – segunda maior do país – ainda carrega um simbolismo da universalidade e da igualdade. A população LGBT clama por um país onde as pessoas sejam livres para o diálogo e a convivência. O Presidente do CELLOS-MG, Azilton Viana, explica por que a temática é de importante discussão: “Nós, LGBT, estamos inseridos na sociedade e a mudança conjuntural que vivenciamos nos dois últimos anos tem impacto negativo direto na vida das LGBT. Aumentou a intolerância, índices de violência e morte cada vez mais altos, enfim, os direitos das LGBT estão sob ameaça e grave risco de extinção. Então, ocuparemos as ruas com nossas cores, nossos corpos, nossas expressões artísticas e culturais para denunciar essa situação”.

Os símbolos da Parada LGBT de Belo Horizonte deste ano, com os arco-íris da bandeira trans e da bandeira LGBT, a ave com todo o seu orgulho nas cores, caracterizam a nossa manifestação. A Parada é plural, para todos os públicos, e composta por manifestações de artistas e membros da comunidade LGBT. Mas a Parada não é o fim, ela se expande por meio das atividades e ações da 5ª Jornada pela Cidadania LGBT. A programação completa pode ser acessa pelo endereço www.cellosmg.org.br/jornada

Trajeto, Público, Recursos

A expectativa de público para esta Parada é de 100 mil pessoas, de todas as idades, e várias partes do estado e do Brasil. Em 2017, a multidão foi de 80 mil presentes, com movimentação financeira de R$4,3 milhões de reais, com ocupação média de 82% da rede hoteleira da capital, aquecendo a economia, promovendo festas, bares, restaurantes, arte, artesanato e cultura. Naquele ano, o investimento da Prefeitura foi de R$100 mil reais, sob a forma de grades, banheiros químicos, limpeza urbana, agentes públicos, trânsito. Nenhuma cifra é repassada à ONG, apenas apoio institucional. Sendo assim, a totalidade daquele investimento foi revertido aos cofres públicos, por meio de ISS (municipal) e também ao estado, por meio de ICMS, dentre outros impostos. Porém, o mais importante, é ver o público LGBT ser bem aceito em todos os ambientes em que é recebido. Já para 2018, a Prefeitura aumentou em 20% sua receita na Parada, para R$120 mil, devido ao crescimento contínuo de público, garante Thiago Costa, Subsecretário de Direito e Cidadania.

A concentração da 21ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte acontecerá na Praça da Estação, a partir das 11h. Serão mais de 20 shows e atrações artísticas no palco principal, atos políticos de movimentos sociais, e intervenções na Praça da Estação. A partir das 16h, os trios saem junto com a multidão para colorir a cidade, seguindo pela Praça Rui Barbosa, Avenida Amazonas, e finaliza na dispersão com os trios ligados nas ruas internas da Praça Raul Soares até as 20h. A equipe de coordenação artística da Parada abriu edital para a inscrição de artistas, performers, dançarinos. Foram mais de 150 inscrições, individuais ou grupos!

Blocos na Parada

Diversos grupos têm marcado encontros na 21ª Parada LGBT, alguns identitário, outros artísticos. Dentre esses, às 13h, “Tem Preto e Preta na Parada!” é organizado pela rede de mulheres negras e rede de mulheres lésbicas e bissexuais, rede Afro LGBT, todos de Minas, em parceria com CELLOS, Brejo das Sapas, Coletivo Vulva, Fonatrans, e Marcha Mundial pelas Mulheres.

Tenda Love is Great: A Grã-Bretanha é reconhecida como uma das nações mais progressistas da Europa para os direitos LGBTI. Dessa forma, o Governo Britânico convida seus parceiros e amigos para participarem do Bloco Britânico “Love is GREAT” na Parada do Orgulho LGBT 2018 em Belo Horizonte, às 14h, em sua tenda na Praça da Estação. A campanha alinha as paixões que motivam as pessoas a viajar com experiências que só podem ser vividas na Grã-Bretanha, inspirando os visitantes estrangeiros a reservarem uma viagem agora mesmo. Para mais informações e um pacote de viagens, accese visitbritain.com/loveisgreat

Jornada pela Cidadania

Em sua 5ª edição, a Jornada pela Cidadania LGBT contempla uma série de eventos sócio-político-culturais, que não são suficientes de serem abordados num único dia de Parada, nem tão pouco exauridos. Em todo o mês de julho, com seu início desde o último dia 28 de junho – Dia Internacional do Orgulho LGBT – juntamente com parceiros, poder público, empresas e voluntários, o CELLOS-MG está organizando diversas atividades que envolvem a temática na qual a Parada está inserida, festas, debates, encontros.

Parcerias

O CELLOS-MG tem cuidado especial ao estabelecer suas parcerias. Essa é uma premissa fundamental, pois as empresas que se identificam com a equidade de gênero e cidadania, se somam à entidade por acreditar no processo de construção que a ONG realiza. Pelo segundo ano consecutivo, a #ParadaBH contará com a parceria da UBER. Para celebrar a diversidade, o aplicativo de mobilidade usará rainbow routes: até o dia do evento, todos os trajetos da UBER na cidade estarão coloridos com as cores do arco-íris.

Em seus quatro anos em que está sediada nesta capital, a ThoughtWorks, empresa do segmento de engenharia digital e tecnologia da informação, três desses anos é parceira do CELLOS-MG em ações que vão além da Parada. No dia 18 de julho, a ThoughtWorks promoverá em sua sede a atividade integrada à Jornada, com nome “Direitos LGBT no mercado de trabalho” com inscrição prévia pelo site www.cellosmg.org.br/jornada E no dia 25 de julho, também na Jornada, evento “Cases de empresas com compromissos reais com a empregabilidade de grupos marginalizados, entre eles a população LGBT”. De acordo com Luiz Felipe Antunes Dias, Consultor e Desenvolvedor na empresa “A ThoughtWorks tem um compromisso explícito com a diversidade por acreditar que é uma das formas de tornar o mundo mais justo. Trabalho aqui há 3 anos e acompanho diariamente todas as conquistas da empresa nesse sentido, principalmente nas suas contratações. Não basta ter uma logo colorida ou realizar eventos pró-diversidade: é com representatividade, uma das chaves para eliminar o preconceito (seja explícito ou não)”.