terça-feira, 31 de julho de 2018

Conheça a programação completa da Semana Contagem Sem LGBTfobia

Loading

No próximo domingo, 5 de agosto, será realizada a Parada do Orgulho LGBT de Contagem. Mas antes do grande evento, acontece entre os dias 31 de julho e 04 de agosto de 2018 mais uma edição da “Semana Contagem Sem LGBTfobia”.

Desde 2005, no período anterior à realização da Parada do Orgulho LGBT de Contagem, a entidade organizadora do ato público realiza uma série de atividades voltadas para a afirmação e promoção da cidadania da população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).

Confira abaixo a programação completa. Lembrando que a entrada aos eventos é gratuita.

31 de julho (terça)
Cine Diversidade - Filme: Milk - A Voz da Igualdade
Comentarista: Anderson Cunha
Horário: 19h
Local: Sind-UTE / Subsede Contagem - Rua Rodrigues Alves, 223, Bairro JK

01 de agosto (quarta)
Roda de Conversa - Encontro das famílias LGBTIs: relatos e experiências
Participação: Coletivo Mães pela Diversidade
Horário: 19h
Local: Sind-UTE / Subsede Contagem - Rua Rodrigues Alves, 223, Bairro JK

02 de agosto (quinta)
Mesa Redonda - A luta é uma só: políticas públicas para a população LGBTI
Participação: Gustavo Ribeiro (Segurança Pública), Dalcira Ferrão (Educação), Elton Santa Brígida (Assistência Social) e Soraya Menezes (Saúde).
Horário: 19h
Local: Sind-UTE / Subsede Contagem - Rua Rodrigues Alves, 223, Bairro JK

03 de agosto (sexta)
Capacitação para uso de material educativo sobre DSTs
Participação: professores e estudantes de psicologia da PUC - Minas
Horário 17H
Local: Sind-UTE / Subsede Contagem - Rua Rodrigues Alves, 223, Bairro JK

03 de agosto (sexta)
Prêmio Direitos Humanos e Cidadania LGBT
Horário: 20h
Local: Sind-UTE / Subsede Contagem - Rua Rodrigues Alves, 223, Bairro JK

04 de agosto (sábado)
Oficina de Cartazes - Esquenta para 14ª Parada do Orgulho LGBT de Contagem
Horário: 10h
Local: Praça da Glória



EM TEMPO: Nota de Esclarecimento Semana Contagem Sem LGBTfobia 



O Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Contagem - Cellos Contagem vem a público reafirmar o protagonismo do movimento social na organização das atividades com caráter educativo e cultural na semana que antecede a Parada do Orgulho LGBT de Contagem.
  • Desde 2oo5, o Cellos Contagem organiza atividades variadas ao longo do ano, especialmente na semana que antecede a Parada do Orgulho LGBT de Contagem, com objetivo de dar visibilidade às lutas do movimento LGBT e promover debates sobre políticas públicas e enfrentamento ao preconceito e violência em razão da orientação sexual e identidade de gênero. São exemplos de ações realizadas pelo Cellos Contagem ao longo de treze anos de atuação na cidade: Ato do dia 28 de junho (Dia Mundial do Orgulho LGBT), Ato do dia 29 de janeiro (Dia da Visibilidade Trans), Ato do dia 10 de dezembro (Declaração Universal dos Direitos Humanos), Arraiá da Diversidade, Mostra da Diversidade , Prêmio Cidadania e Direitos Humanos LGBT, Bloco das Perucas, Exposições de Arte “Identidade de Diversidade” e “DiVerCidade. Uma das atividades mais tradicionais é a Semana Contagem sem LGBTfobia nomeada nos anos iniciais de atuação do Cellos Contagem como Ciclo de Debates Contagem sem HomofobiaA atividade acontece sempre na semana que antecede a realização do nosso maior ato público: a Parada do Orgulho LGBT.
  • No início de julho deste ano, a Prefeitura Municipal de Contagem, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, convidou o Cellos Contagem para participar como convidado de uma atividade na semana que antecede a 14ª Parada do Orgulho LGBT. Comunicamos que realizaríamos a nossa atividade no mesmo período, como fazemos desde 2005, e que não cederíamos da nossa condição de organizadores para convidados de uma atividade organizada pela Prefeitura de Contagem. Ainda assim os gestores municipais mantiveram a atividade para a mesma semana e para a nossa surpresa com nome e ações similares daquilo que já realizávamos em anos anteriores. A atividade do poder público, veiculada no Portal da Prefeitura no dia 27 de julho, recebeu o nome de Semana da Diversidade. 
  • Diante do acontecido, o Cellos Contagem manifesta sua indignação com a postura da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania de desrespeito com a história da primeira entidade LGBT da cidade. Qual a intenção de organizar uma atividade semelhante no mesmo período sabendo que ela sempre ocorreu? Por qual motivo não organizaram em um outro momento? O objetivo do poder público municipal é concorrer e tentar enfraquecer a atividade organizada pelo movimento social? Onde está o anunciado diálogo da atual gestão?
  • Por fim, reafirmamos a realização de mais uma edição da nossa Semana Contagem sem LGBTfobia com autonomia e legitimidade de instituições, lideranças e movimentos sociais aliados ao Cellos Contagem. Lamentamos a tentativa do poder público de deslegitimar o protagonismo das nossas ações. Estaremos firmes na luta contra a violência e o preconceito e na promoção de políticas publicas para a população LGBT de Contagem.