quarta-feira, 18 de julho de 2018

Agência de BH lança manual sobre diversidade LGBT para publicidade e propaganda

Loading

Constantemente nós do Muza divulgamos exemplos de publicidade que contemplam a diversidade LGBT, mas também sabemos que diversos equívocos são cometidos na área da propaganda sobre essa temática, muitas vezes por desconhecimento dos profissionais... 

... e para ajuda a elucidar algumas questões, a Lápis Raro, uma das agências de Publicidade e Propaganda mais badaladas de Belo Horizonte e do Brasil, lançou recentemente o “Melhore: o pequeno manual da propaganda diversa”. 

Trata-se, como divulgado oficialmente, de "um singelo material para esclarecer algumas dúvidas sobre o universo da diversidade de gênero e melhorar a qualidade dos nossos processos criativos e, consequentemente, das nossas campanhas publicitárias". 

O material foi realizado com os colaboradores  da agência Gabriel Braga, Gustavo César e Sosti Reis, que reuniram as principais dúvidas relacionadas à diversidade de gênero na área de Publicidade e Propaganda e as responderam de uma maneira simples, leve e direta. 

No material - que você pode acessar na íntegra clicando aqui - explica-se questões básicas para muitos e/ou não tão básicas para outros como "o que é identidade gênero?", "o que é orientação sexual?", "o que é binarismo?", "o que é queer?" e por aí vai. Simplesmente Maravilhoso!

Equipe da  Lápis Raro responsável pelo "Melhore": Gabriel Braga, Gustavo César e Sosti Reis (Foto: Iuri Santos)

Para entender mais sobre a proposta e a elaboração do projeto em si, o Muza realizou uma breve e excluZiva conversa com Sosti Reis, social media da Lapis Raro, e um dos envolvidos diretamente no “Melhore: o pequeno manual da propaganda diversa”

Muza - Qual foi a motivação da agência e de vocês colaboradores em realizar o projeto?

Sosti  Reis - A gente fez uma reunião de pauta para pensar um post sobre o Dia do Orgulho LGBTQ nas redes sociais da Lápis Raro. A partir dessa reunião, percebemos que entre nossos colaboradores havia muitas dúvidas sobre os termos referentes à diversidade de gênero e resolvemos fazer uma apresentação para toda a equipe de um manual. Nos inspiramos em um manual que a Think Olga havia feito para o jornalismo politicamente correto. Como não tínhamos nenhum material específico voltado para a publicidade, vimos que seria interessante fazer e compartilhar com nossos amigos publicitários. 

Em quanto tempo e como foi feita a seleção dos questionamentos ali apresentados?
Demoramos uma semana no levantamento das informações e produção de conteúdos. Vale lembrar que eu, Gustavo César e Gabriel Braga contamos com a ajuda de toda a equipe para a formatação de um material mais lindo e didático. 

Como foi para você se envolver e ver o resultado do projeto?
Eu amei! Sempre quis trazer esses debates para a Lápis Raro e achei o debate aqui dentro muito produtivo. Muita gente fez perguntas, tirou dúvidas... conversamos sobre nossos processos de criação e como a diversidade estava inserida neles. Estamos muito felizes com o feedback de outras agências e dos amigos no geral. 

Qual a expectativa com o lançamento do "Melhore"? 
Eu (Sosti)  posso dizer que espero que outras agências e comunicadores consultem o Manual e tragam a diversidade para dentro de suas empresas. Não é somente aprender a cartilha da diversidade, é manter ambientes de trabalho mais diversos, trazer profissionais LGBTQ's para dentro das equipes. Eu como gay vejo que o Mercado ainda está muito fechado para montar equipes mais diversas e, por isso, perdendo o timing de pautas muito relevantes para as marcas. Inclusive, uma agência mexicana nos procurou para traduzir o material para espanhol.


O “Melhore: o pequeno manual da propaganda diversa” – que você pode acessar também clicando aqui - é um manual online, que está licenciado pela creative commons e disponível para download gratuito para todo o mundo.