segunda-feira, 30 de julho de 2018

Acontece em BH lançamento do livro “Revolucionário e gay” sobre Herbert Daniel

Loading

Na próxima terça-feira, 31 de julho, acontece em Belo Horizonte o lançamento do livro "Revolucionário e gay - a vida extraordinária de Herbert Daniel", escrito por James N Green.


Herbert Daniel foi um importante personagem na luta pela democracia. Na juventude, em meados de 1960, integrou grupos políticos de esquerda, como o Polop, Colina, VAR-P e a VPR, da qual foi um dos líderes, ao lado do comandante Carlos Lamarca. Mas a atuação revolucionária no campo político, contrastava com a repressão de sua homossexualidade, que sentia como um “exílio interno”, como descreveu depois. Apenas em seu segundo exílio, na Europa, na década de 1970, foi capaz de assumir o relacionamento com o homem que se tornaria seu companheiro e o amor de sua vida, Cláudio Mesquita.

Um dos últimos brasileiros a serem anistiados, ao retornar ao Brasil em 1981, engajou-se na política eleitoral e no ativismo em defesa do meio ambiente e dos direitos das mulheres, dos homossexuais e da população negra e indígena. Foi ele também um dos responsáveis por articular em todo o país o movimento pela garantia dos direitos de pessoas que vivem com HIV/aids – ação que lhe deu reconhecimento internacional. Faleceu em decorrência de complicações causadas pela aids, em 1992.

Herbert Daniel e a presidenta Dilma Rousseff

O autor James N Green compartilhou em suas redes sociais esse depoimento da presidenta Dilma sobre Herbert:

Conheci Herbert Eustáquio de Carvalho em plena ditadura militar. O Brasil vivia um momento complexo e, contraditoriamente, o arbítrio e a restrição de direitos democráticos conviviam com uma explosão de criatividade na música, no cinema, no teatro e na vida social. A busca de liberdade e a intensidade da luta e da vida até 1968 se misturavam à resistência à ditadura; expandiam-se englobando estudantes nas ruas, greves de trabalhadores, efervescências nas artes, e a juventude vivendo intensamente e buscando novos caminhos para o Brasil. Vivíamos a opção pela luta armada e compartilhamos convicções, confidências e sonhos. Ficamos muito amigos e assisti no dia a dia daqueles tempos a sua progressiva transformação em Herbert Daniel.

Entre incompreensões e decepções, muita coragem e uma imensa alegria que lhe eram peculiares, ele construía sua identidade política e assumia sua sexualidade. Tinha uma inteligência aguda e uma ilimitada curiosidade. Mesmo com dor buscava com intensidade tecer suas relações amorosas. Tinha dolorosa consciência de que a vida política daquele momento não se traduzia na liberdade de exercer sua identidade sexual abertamente nem tampouco acarretava ampla aceitação das suas diferenças e das diversidades de gênero entre todos os seus companheiros. E me alegra muito que, na dura clandestinidade, imposta pelo AI-5, tenha encontrado o grande amor e seu companheiro de toda a vida.

Compartilhamos o exato momento em que floresceu e que fez dele um pioneiro na luta pelo direito de exercer sua identidade sexual e uma exemplar personalidade política da nossa geração.

Sobre James N Green

James N Green é professor de história do Brasil na Brown University e foi um dos fundadores do Somos: Grupo de Afirmação Homossexual de São Paulo, o primeiro grupo político LGBT no Brasil.

Serviço
Lançamento do livro "Revolucionário e Gay" de James N. Green
Data: 31 de julho (terça-feira)
Horário: 19h
Local: Saraiva Diamond Mall (avenida Olegário Maciel, 1600, Lourdes - piso Bernardo Guimarães lojas 16 a 21)