terça-feira, 19 de junho de 2018

História: Transexualidade não é mais considerada doença

Loading
Arte: reprodução Vote LGBT






Dia Histórico para a comunidade LGBT: na noite da última segunda-feira, 18 de junho, a Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou a transexualidade, ou como estava em seu manual incongruência de gênero”, da relação de doenças mentais. Isso mesmo!

Para se ter uma ideia a transexualidade estava na mesma relação detranstornos mentais como pedofilia e cleptomania (?!). 

Com a decisão, a transexualidade é denominada pela OMS em seu site  como “condição relativa à saúde sexual”. Desta maneira, permite-se, inclusive, que haja um incentivo políticas públicas de saúde para esse segmento da população mundial.

Foi divulgado um vídeo também na noite desta segunda-feira, 18 de junho, no canal oficial da OMS no YouTube no qual a coordenadora da Equipe de Adolescentes e Populações em Risco da agência, doutora Lale Say, explica as mudanças e sobre a Classificação Internacional de Doenças (CID-11). Ela declara:

“O raciocínio é que as evidências agora são claras de que a incongruência de gênero não é um transtorno mental, e classificá-la desta maneira causa enorme estigma para as pessoas transgênero”.