terça-feira, 20 de março de 2018

Saiba mais sobre a relação de Marielle Franco com sua companheira

Loading


A morte da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), aliás seu assassinato, ainda repercute e espera-se que repercuta para sempre no Brasil, até que a justiça seja feita, mas também para lembrar a todos sobre o que o preconceito e o ódio pode fazer na vida de luta das “minorias” como mulheres, negros, favelados e LGBTs. Mas no último domingo, um novo desdobramento do crime que indignou o país ganhou destaque na maior emissora de televisão do país: o relacionamento de Marielle com sua companheira Mônica Tereza. 

Uma das matérias exibidas pelo Fantástico, na Rede Globo, no último domingo, 18 de março, a repórter Renata Ceribelli entrevistou Mônica, que é arquiteta e estava em um relacionamento com Marielle há cerca de 13 anos. Em relato emocionado, ela contou o último contato antes do crime, feito por mensagem de celular. As duas viviam juntas há cerca de 1 ano e meio e pretendiam se casar em 2019. “Eu ainda não consigo acreditar que ela não vai voltar pra casa”, desabafou Mônica. 

Matéria do site Veja lembrou que as duas também lutavam pela causa LGBT e que em suas postagens no Instagram, usavam a hashtag #NossasFamíliasExistem, em referência ao Estatuto da Família, que define como família somente a união entre homem e mulher.