terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Filme sobre homossexualidade e situação indígena no Brasil está em cartaz em BH

Loading



Um filme que aborda a questão inídigena no Brasil e a homossexualidade? Sim! Esse é o destaque do premiado filme “Antes o Tempo Não Acabava”, de Sérgio Andrade e Fábio Baldo, que está em cartaz em Belo Horizonte. 

O filme mostra a história de Anderson, que é um jovem indígena em conflito com os líderes de sua comunidade, localizada na periferia de Manaus. As tradições mantidas por seu povo parecem anacrônicas em relação à vida contemporânea que leva. Em busca de autoafirmação, Anderson abandona a comunidade para viver sozinho no centro da cidade, onde experimenta novos sentimentos e enfrenta outros desafios. No entanto, o Velho Pajé planeja trazê-lo de volta para mais um ritual.

O filme está em cartaz em BH em sessão única (21h30) no Belas Artes (Rua Gonçalves Dias , 1581, bairro Lourdes, BH).