segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Boate Woods, em BH, é acusada de homofobia por público de show da Pabllo Vittar

Loading

No dia 27 de setembro aconteceu em BH mais um show da Pabllo Vittar, muita gente estranhou o local escolhido ter sido a boate Woods, por não ser conhecida na cidade por realizar eventos LGBT. Mas o que poderia ser uma agradável surpresa se tornou uma triste realidade de preconceitos, segundo algumas pessoas que foram ao local prestigiar o show. 

Segundo relatos - e um movimento online que conseguiu avaliar até o momento a Woods com 1 estrela, do total de 5, no facebook – a casa e sua equipe estavam despreparadas para receber  o público LGBT, gerando diversas situações de preconceito e constrangimento. 




Segundo relato online de Filipe Rocha – que já tem mais de 30 compartilhamentos e 100 likes (leia na íntegra abaixo) – no dia do show houve “Homofobia, descaso, falta de organização, preços abusivos e muita, mas muita falta de educação”. Segundo seu relato, insultos e ofensas como “já não suporto viado, ainda, mais burro” e "não aguento mais ver tanto viado" foram ditas por seguranças e até um supervisor da Woods. Em seu post, Filipe informou que já está procurando seus advogados e printo a avaliações negativas de outras pessoas que presenciaram homofobia no local. 

Até o momento, a boate Woods excluiu a opção de avaliar o local no Facebook e tem respondido os comentários negativos e críticos em relação ao ocorrido com a mensagem:

“A Wood´s Belo Horizonte, e toda a sua equipe, repudia qualquer atitude de preconceito dentro da sua casa e lamenta profundamente o ocorrido no último dia 27 de setembro, durante o show da nossa artista convidada Pabllo Vittar.

Reforçamos que a Wood´s BH é uma casa que agrega várias tribos de músicas, que não só o sertanejo, e teve a honra de receber a Pabllo, um dos grandes fenômenos da música nacional da atualidade. A apresentação faz parte de uma programação especial do grupo Wood´s, que tem recebido a artista em suas casas ao redor do país. 

A Wood’s BH está apurando todos os fatos e envolvidos para tomar as medidas adequadas para repreensão e punição dos responsáveis”.