terça-feira, 26 de setembro de 2017

Demi Lovato e Kesha se manifestam contra "cura gay" no Brasil

Loading

Duas popstars internacionais resolveram se manifestar sobre a estúpida decisão de um juiz sobre “cura gay” no  Brasil. Isso mesmo! Estamos falando de Demi Lovato e Kesha. As cantoras usaram as redes sociais para demonstrar apoio aos fãs homossexuais do Brasil. 

Kesha, por meio do instagram, compartilhou uma imagem de uma notícia internacional sobre o assunto (“Brasil legaliza terapia de conversão sexual que classifica homossexualidade como doença”) e escreveu: “Não há cura para algo que não é doença. Não seria mais revolucionário apoiar, celebrar e amar pessoas por quem elas são em vez de humilhar e mudá-las? É uma vergonhosa decisão legislativa e eu ofereço meu apoio para enfrentar essa decisão medieval e desprezível. Amo todos e e respeito o direito de todos de serem que eles são de nascença. Isso são obstáculos, não barreiras, e nós iremos lutar!”

Já Demi, pelo Facebook, compartilhou uma imagem que muitos no Brasil estão usando para protestar (amor não é doença, é a cura. Trate seu preconceito.) e escreveu: “Pensando em você hoje Brasil. Espero ver essa decisão errada corrigida em breve” e em português escreveu “Eu amo vcs”. 



Wouldn't it be a revolutionary idea to support and celebrate and LOVE people for who they are instead of shaming and trying to change them.  This is a shameful piece of legislation and I lend my support to help fight this medieval and despicable decision.  I love all people and respect everyone's rights to be exactly who you were born to be.  These are speed bumps, not walls , and we will fight!
Uma publicação compartilhada por Kesha (@iiswhoiis) em