segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Aaron Carter, irmão do Nick do Backstreet Boys, declara ser bissexual

Loading


Aaron Carter, que é irmão do Nick Carter dos Backstreet Boys e que também é cantor e se destacou como um Justin Bieber lá no início dos anos 2000, declarou, por meio do twitter, que é bissexual. Ele revelou que desde os 13 anos começou a achar “meninos e meninas atraentes”. 

No twitter, ele postou uma foto com um texto falando sobre a aceitação de sua sexualidade ao longo dos anos. Esse processo de aceitação foi “um peso e um pardo” que ele carregada. Ele também revelou que sua primeira experiência com um homem foi com alguém que ele cresceu e trabalhou junto (quem será?). Por fim, ele usou uma citação de Boy George, um dos ícones gays da música, que diz: “Eu nunca senti que eu pertencia, eu apenas fingi que sim”. 

Aaron atualmente tem 30 anos e tem ganhado destaque na mídia por problemas com drogas e distúrbios alimentares. Segue abaixo uma tradução livre da nota postada por ele:

“Pra começar, quero dizer que amo cada um dos meus fãs. Há algo que quero dizer e que é importante para mim e minha identidade e que pesa em meu peito aproximadamente metade da minha vida. 

Isso não me traz vergonha, apenas um peso e fardo que tenho carregado por muito tempo e quero tirar de mim. Eu cresci na indústria do entretenimento muito jovem, quando tinha 13 comecei a achar meninos e meninas atraentes. Com o passar dos anos eu pensei sobre isso, mas isso foi até eu fazer 17 anos, após alguns relacionamentos com meninas, eu tive uma experiência com um menino com quem eu trabalhei junto e cresci junto. 

Pra mim, música sempre foi meu templo. Música sempre será o que irá transceder a nós e a mim mesmo. Mas o objetivo final para mim é estar satisfeito. Eu nunca quis gerar nenhuma decepção. 

"Eu nunca senti que eu não pertencia, eu apenas atuei o quanto pude" - Boy George.”