quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Marisa Monte fará novamente em BH show com Paulinho da Viola

Loading

Histórico acontecimento da música brasileira que mobilizou o público no primeiro semestre deste ano de 2017, o reencontro de Paulinho da Viola com Marisa Monte em show inédito passa essencialmente pela nobreza do samba. Ambos são naturais do Rio de Janeiro (RJ), cidade-berço dessa cadência bonita. Ambos estão envolvidos com o passado glorioso da Portela, pioneira agremiação carnavalesca carioca que gerou alguns dos maiores bambas do Brasil. Ambos são cantores, compositores e músicos que interpretam, fazem e tocam samba, entre outros ritmos. Sucesso unânime de crítica, o show Paulinho da Viola encontra Marisa Monte voltará à cena de setembro a novembro, ganhando mais onze apresentações em nove capitais do Brasil para atender à intensa demanda do público, incluindo Belo Horizonte. A venda para o show em BH já está disponível.
  
A rota inicial da turnê incluía somente shows nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Belo Horizonte (MG), mas a lotação previamente esgotada de todas as apresentações e os incessantes pedidos de apresentações em outras cidades motivaram a sua extensão. 

Para quem perdeu esse reencontro da elegância do canto de Marisa com a nobreza da presença de Paulinho, em passeio por alguns dos mais belos sambas feitos no Brasil (sobretudo os sambas de Paulinho e os da Portela, predominantes no roteiro que também inclui maravilhas contemporâneas do cancioneiro autoral de Marisa), os artistas seguirão na estrada por mais três meses, se apresentando em Recife (01/09, Classic Hall); Fortaleza (02/09, Centro de Eventos do Ceará); Curitiba (14/09,Teatro Guaíra); Porto Alegre (15/09, Auditório Araújo Vianna); Brasília (20/10, Auditório Ulysses Guimarães) e Salvador (22/10, Concha Acústica), voltando na sequência para novas apresentações nas cidades de Belo Horizonte (11/11 no Km de Vantagens Hall),  Rio de Janeiro (17 e 18/11, Km de Vantagens Hall) e São Paulo (24 e 25/11, Citibank Hall). A turnê é uma realização da TIME FOR FUN. A venda para o show em BH já está disponível.

Sobre a parceria

A cumplicidade entre os artistas em cena é fruto tanto da admiração recíproca entre eles quanto da ligação genuína com o samba. “Estar com o Paulinho é como encontrar a alma do samba”, resume Marisa, que completa 30 anos de carreira em 2017. “Para mim, também é muito prazeroso compartilhar essa experiência. O canto de Marisa faz parte de minha memória musical”, ressalta Paulinho, referência no universo do samba e do choro desde a década de 1960.

A afinidade entre ambos vem de longa data. Marisa e Paulinho já haviam dividido o palco em um festival em 1993, um ano antes de a cantora gravar pela primeira vez uma música do compositor - no caso, Dança da solidão. A composição, que batizou álbum de Paulinho em 1972, ganhou a voz da intérprete em antológica gravação feita com a participação de Gilberto Gil para o CD Verde, anil, amarelo, cor-de-rosa e carvão (1994). Em 2000, Marisa registraria no álbum Memórias, crônicas e declarações de amor (2000) outro samba de Paulinho, Para ver as meninas (1971).

As duas composições estão no roteiro do show, ao lado de títulos do cancioneiro da própria Marisa que giram ao redor do universo do samba, casos de Carnavália (Marisa Monte, Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes, 2002) e De mais ninguém (Marisa Monte e Arnaldo Antunes, 1994). Contudo, se existe um eixo no qual o roteiro se sustenta, além da obra de Paulinho, é o samba produzido pelos compositores da Velha Guarda da Portela.

Esse universo musical, de riqueza melódica e poética, soa íntimo para os cantores. Paulinho frequenta a escola desde os anos 1960 e é, ele mesmo, lenda viva da azul e branco, situada na fronteira entre os bairros de Madureira e Oswaldo Cruz, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Marisa é filha de CarlosMonte, um dos diretores que gerenciaram a agremiação, e bebeu tanto nessa fonte límpida de inspiração que produziu e editou em 2000, por seu selo Phonomotor, um álbum com composições dos bambas da Velha Guarda da escola, Tudo azul, disco descendente da linhagem nobre do histórico LP Portela, passado de glória, produzido em 1970 por Paulinho da Viola para registrar sambas que corriam o risco de se perderem na tradição oral passada de geração para geração.

Sobre o repertório do show

Não por acaso, antes que os artistas entrem em cena para iniciar a apresentação propriamente dita, o show começa com a reprodução, com som de vinil, desse álbum Portela, passado de glória. Desfrutar da audição de sambas como Levanta cedo (Rufino), Se tu fores na Portela (Ventura), Desengano (Aniceto da Portela), Sofrimento de quem ama (Alberto Lonato) e Vaidade de um sambista (Francisco Santana) é a chave para entrar no reino do samba habitado pelo show Paulinho da Viola encontra Marisa Monte.

Alguns dos sambas desse disco de 1970 são revividos por Paulinho com Marisa no bloco mais informal do show. Como se estivessem numa roda de samba, os cantores puxam o fio da memória que os faz lembrar de clássicos como Quantas lágrimas (Manacéa, 1970) e Sentimentos (Mijinha, 1973). A cada samba, surge uma história em clima que arrebata o público pela espontaneidade com que Marisa e Paulinho transitam por esse reino de melodias encantadas.

Os espectadores das primeiras apresentações do show Paulinho da Viola encontra Marisa Monte, feitas entre maio e junho, já sabem que, após o set inicial do anfitrião, a convidada entra em cena e permanece no palco até o fim do show. Não se trata de uma participação, mas de um show conjunto.

Embora promova basicamente um desfile de sambas conhecidos de Paulinho, de Marisa e dos antigos bambas da Portela, em série de sucessos em que a plateia chega a fazer coro com os artistas, o roteiro também permite que o público ouça sambas menos famosos. O samba que Paulinho compôs pensando em Roberto Carlos, Não quero você assim (1970), é um deles. A composição já tinha sido cantada pelo autor junto com Marisa no show que os uniu em 1993 sob a benção do violonista Raphael Rabello (1962 – 1995), mentor desse primeiro encontro dos dois bambas no palco.

Entre memórias, breves crônicas faladas sobre a Portela e declarações de amor aos compositores da escola, Paulinho da Viola canta, sozinho e com MarisaMonte, músicas que se encadeiam pelo refinamento melódico e poético.  São sambas que passam fluentes como um rio pela memória afetiva dos artistas e do próprio público em encontro histórico pela própria natureza.

Serviço
Show – Paulinho da Viola encontra Marisa Monte
Realização: TIME FOR FUN
Copatrocínio: Skol
Data: Sábado, 11 de novembro de 2017
Horário: 22h
Local: Km de Vantagens Hall - BH – Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – São Pedro
Ingressos: De R$ 75 a R$ 1200 (ver tabela)
Capacidade: 3.620 lugares
Duração: Aproximadamente 1h40.
Classificação etária: De 12 a 14 anos: permitida a entrada acompanhados dos pais ou responsáveis legais. De 15 anos em diante: permitida a entrada desacompanhados.
Acesso para deficientes
Ar-condicionado
Venda a grupos: grupos@t4f.com.br
INGRESSOS:
PREÇOS POR SETORES ½ ENTRADA NORMAL
MESA SETOR I (4 LUG.) - R$ 1.200
MESA SETOR II (4 LUG.) - R$ 1.000
PISTA/ARQUIBANCADA (1º LOTE) R$ 75 R$ 150
PISTA/ARQUIBANCADA (2º LOTE) R$ 100 R$ 200
PISTA/ARQUIBANCADA (3º LOTE) R$ 110 R$ 220
PISTA/ARQUIBANCADA (4º LOTE) R$ 140 R$ 280


- Meia-entrada: obrigatória à apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário: no ato da compra e entrada do evento (para compras na bilheteria oficial e pontos de venda físicos) / na entrada do evento (para compras via internet).

- A venda para o público em geral estará disponível a partir do dia 28 de março de 2017.

BILHETERIA OFICIAL – SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA
BH Hall - Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – São Pedro.
Segundas-feiras – FECHADAS
Terças-feiras e Sábados – 12h às 20h
Domingos e feriados – 13h às 20h

LOCAL DE VENDA – COM TAXA DE CONVENIÊNCIA
Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br 
(retirada na bilheteria e e-ticket, com taxas de conveniência).

FORMAS DE PAGAMENTO VÁLIDAS TICKETS FOR FUN
Internet:
- Cartões de crédito MasterCard, American Express, Elo Crédito, Visa, Diners Club e Hipercard.

Bilheteria e Pontos de Venda:
- Dinheiro;
- Cartões de Credito MasterCard, American Express, Elo Crédito, Visa, Diners Club e Hipercard;
- Cartões de Débito Visa Electron, MasterCard débito, Elo Débito e Hipercard.
- Vale Cultura






quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Gloria Groove, drag queen e cantora, vai fazer show em BH

Loading


Gloria Groove, a drag queen que também é cantora, vai fazer show em Belo Horizonte. Isso mesmo! Ela será atração principal da festa de Halloween da @bsurda que acontecerá em outubro. 

Além de Glória Groove, que é drag queen do Daniel Garcia, a festa terá diversas atrações, como: PISTA WIG, Concurso de Fantasia, Decoração especial e Corredor do terror.

Serviço
Halloween da @bsurda com show da Glória Groove
Data: 13 de outubro (sexta-feira)
Horário: 22h
Local: Mercado (Avenida Olegário Maciel, 742, Centro, Belo Horizonte)
Ingressos: R$25 a R$70 – clique aqui para comprar
* Evento para maiores de 18 anos







Segundo pesquisa, para 38% dos gaúchos “não é coisa de homem” fazer exame de toque retal

Loading

Segundo um levantamento realizado no Brasil, para 38% dos homens gaúchos fazer exame te toque retal, que ajuda a combater o câncer de próstata...  “não é coisa de homem”. Isso mesmo!

A pesquisa foi realizada pelo Instituto Datafolha, e divulgado pela Bayer, em parceria com o Instituto Oncoguia e a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU)

Ao todo, foram ouvidos 1000 homens estádios de futebol em São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e Recife. 

Desta forma, podemos perceber que o preconceito é um dos fatores que dificultam a realização do exame e, consequentemente, sua prevenção e tratamento.  Lembrando, que o exame deve ser feito em homens a partir dos 40 anos. 

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Nesta quarta acontece evento “Ser Lésbica na Cidade: Enfrentamentos e Maravilhas de ser Sapatão” em BH

Loading

Nesta quarta-feira, 30 de agosto, acontece em Belo Horizonte o evento “Ser Lésbica na Cidade:Enfrentamentos e Maravilhas de ser Sapatão”, organizado pela Rede de Mulheres Lésbicas e Bissexuais de Minas Gerais.

Trata-se de uma mesa redonda que irá discutir o tema com a presença de Eliana Dias (negra, lésbica e gestora pública); Sofia Mafra (Mulher trans lésbica e estudante) e Sheruba Goferay (negra, mãe e lésbica na periferia).

O evento é realizado em razão ao Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, celebrado no Brasil na data de 29 de agosto

Serviço
Evento “Ser Lésbica na Cidade:Enfrentamentos e Maravilhas de ser Sapatão”
Data: 30 de agosto (quarta-feira)
Horário: 18h30 – 21h
Local: Casa De Direitos Humanos De Minas Gerais (Avenida Amazonas, 558, 3º andar, Centro, BH)
Entrada: gratuita mas com vagas limitadas. É necessário fazer inscrição clicando aqui.

Saiba o motivo de 29 de agosto ser o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

Loading



O Muza está sempre atento à história LGBT. Assim, o dia de hoje, 29 de agosto, não passaria despercebido. Hoje, é celebrado em todo o Brasil o “Dia Nacional da Visibilidade Lésbica”. "Mas por quê?" A gente te explica! ;)

Em 29 de agosto de 1996, foi realizado o 1º Seminário Nacional de Lésbicas (SENALE) onde, pela primeira vez, no Brasil, reuniram-se mais de 100 mulheres lésbicas para discutir e rever os seus direitos e conceitos. Esta foi a razão que motivou a escolha da data, 29 de agosto, como  alusão a este encontro, que possibilitou mais visibilidade às questões relacionadas às mulheres lésbicas.

Mas em agosto, não é só o dia 29 que é lembrado pelo movimento lésbico nacional. Em 1983, no dia 19 de agosto, as lésbicas que frequentavam o Ferro’s Bar, em São Paulo, revoltaram-se contra a discriminação que as ativistas do Grupo de Ação Lésbico-Feminista (GALF) sofriam no local. A ocupação do bar é considerada por muitos como “Stonewall brasileiro”. Por esse motivo, algumas pessoas também celebram o dia 19 de agosto.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Ator Eriberto Leão será um gay machista e homofóbico em nova novela

Loading

O ator Eriberto Leão dará vida a um personagem gay na próxima novela das 21h da Globo.

Ele será Samuel, um psiquiatra que é casado com uma mulher (papel da atriz Ellen Roche), mas tem um caso secreto com Cido (papel do ator Rafael Zulu). Mas mesmo assim, provavelmente para esconder sua sexualidade, o personagem, que integrará o time dos vilões da novela, será para muitos machista e homofóbico. Aguardemos!

A nova novela “O Outro lado do Paraíso”, da Rede Globo, será lançada em outubro.  

domingo, 27 de agosto de 2017

Capitão Gay, personagem de Jô Soares, vai virar filme

Loading


Um dos personagens mais famosos de Jô Soares nos anos 80 vai vira filme: o super-herói Capitão Gay. Isso mesmo!

O filme ainda não tem data de lançamento e nem atores definidos, mas o projeto da produtora Zola, já tem roteiro de Matheus Zola (“Apenas o fim”), recebeu o apoio do Ministério da Cultura e valor de cerca de R$8 milhões já aprovado pela Ancine, através da lei de incentivo ao fomento audiovisual.

Capitão gay tem sempre ao seu lado o fiel escudeiro  Carlos Suely e o música tema com os dizeres: “É o defensor das minorias, sempre contra tiranias”

sábado, 26 de agosto de 2017

Campeã do Miss Brasil Gay 2017 é de Minas Gerais

Loading

Neste mês de agosto aconteceu o Miss Brasil Gay em Juiz de Fora, em Minas Gerais, e temos dois motivos para comemorar:

O  primeiro é que esta é a primeira edição após quatro edições terem sido cancelas por falta de recursos finnceiros (2012, 2014., 2015 e 2016).

O segundo é que a grande campeã foi a Miss Minas Gerais:  Guiga Barbieri. 

Essa foi a 37ª edição do evento  que teve como tema “Masculino e feminino, o universo do transformismo “. Ao todo, foram 27 candidatos que entre luxo e glamour tinham algumas regras bem claras: todos devem ser do sexo masculino, não podem ser travesti ou transexual, e são proibidas as intervenções cirúrgicas estéticas.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Mara Maravilha chora na TV e diz: "Eu não quero ser tachada de homofóbica"”

Loading

Mara Maravilha vira e mexe se vê envolvida em polêmicas LGBT, sobretudo por ser evangélica e se posicionar dea acordo com sua religião.

Nesta semana, no programa "Fofocando" do SBT, ela mais uma vez misturou sua religião, com opinião e os LBGT. Ao falar da personagem transexual Ivana, da novela "A Força do Querer", dentre outras coisas, ela disse:

"Deus fez Adão e Eva e agora vocês inventaram Adão e Ivo".

Devido a repercussão negativa, ela voltou ao programa, chorou, pedião perdão se ofendeu alguém e declarou:  "Eu não quero ser taxada de homofóbica"

Abaixo, vocês podem ver os vídeos e tirar suas próprias conclusões:



quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Lady Gaga lançará documentário na Netflix

Loading


Fãs da Lady Gaga, de música pop e documentário, comemoremos: A Mother Monster lançará no dia 22 de setembro o documentário “Five Foot Two” pela Netflix. 

O documentário cujo título refere a altura da Gaga pela medição dos Estados Unidos, irá focar na apresentação dela no SuperBowl, o disco Joanne e, claro, sua vida pessoal. 

Nos trechos divulgados temos até Lady Gaga falando da Madonna: 

“o negócio comigo e com a Madonna, por exemplo, é que eu sempre a admirei e eu ainda a admiro, não importa o que ela pensa de mim....A única coisa que realmente me incomoda em relação a ela é..."

A direção é de Chris Moukarbel, e terá participações de Mark Ronson, Florence Welch, Joe Germanotta e Bobby Campbell. Abaixo, você pode ver alguns trechos liberados pelo Instagram da própria Gaga:

Uma publicação compartilhada por xoxo, Gaga (@ladygaga) em


Uma publicação compartilhada por xoxo, Gaga (@ladygaga) em



Veja o novo e aguardado videoclipe da Katy Perry: “Swish Swish”

Loading

Foi lançado na madrugada desta quinta-feira, 24 de agosto, o novo e aguardado videoclipe da Katy Perry para a música “Swish Swish”, com participação da Nicki MInaj e que muitos entendem como uma indireta para Taylor Swift.A  direção é de Dave Meyers e segue a linha de outro clipe da cantora, “Last Friday Night”:

divertido, cheio de referências e repleto de participações especiais, menos da Gretchen: além de várias pessoas que fizeram sucesso da internet, temos Terry Crews, de “Todo Mundo Odeia o Chris”; Molly Shannon, do “Saturday Night Live”; Gaten Matarazzo de “Stranger Things”; o Montanha, de “Game of Thrones”; a Jenna Ushkowitz, de “Glee” e parte do elenco da série “Glow” da Netflix.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

O ator Dan Stulbach lança série sobre transexualidade

Loading


O ator Dan Stulbach, que atualmente interpreta o pai de um transexual (papel de Carol Duarte) na novela “A Força do Querer”, lançou em sua página no Facebook a série “Transversal”, que mostra entrevistas que ele fez com pessoas transexuais que a ajudaram  construção de seu personagem na novela. 

Ao todo, são 6 episódios com duração de 20 a 30 minutos cadas. A direção é de Giuliano Zanelato e produção de Marco Froner. Em sua página, Dan escreveu sobre  a ideia da série:

“No começo do ano, quando eu me preparava para compor o Eugênio, veio a informação de que ele seria pai de um garoto trans. O tema identidade de gênero era totalmente novo pra mim e eu quis conhecer um pouco mais desse universo. Tive um encontro com cinco jovens trans e ouvi deles histórias incríveis de vida, de coragem e de superação. Sempre acreditei que a melhor forma de combater o preconceito é conhecer melhor o assunto. E é por isso que resolvi registrar e compartilhar essas conversas. A partir dos próximos dias, vou publicar aqui no Facebook as conversas que tive com cada um deles”.





Acontece em Belo Horizonte a Mostra de Artes, Culturas e Diversidades

Loading


Acontece em Belo Horizonte, até o próximo sábado, 26 de agosto, a Mostra de Artes, Culturas e Diversidades do Galpão Cine Horto. Segundo a organização:

“O evento traz aulão temático, rodas de conversa, oficina, exibição de curtas, lançamento de projeto, exposição de artes plásticas, poesia, e aquela festinha que a gente gosta: muito glitter, lacre e fechação pra encerrar os trabalhos! 

Não há cobrança de valores financeiros para participar de nenhuma das atividades! 
Queremos incluir o máximo de pessoas possível, misturar cores e realidades...

Quem puder levar ALIMENTO NÃO PERECÍVEL ou AGASALHO é muito bem vindo, já que ao final da Mostra faremos uma doação do que for arrecadado para população em situação de rua da cidade".


Programação

DIA 23/08 

 15:00 às 17:00 
roda de conversa “Sexismo, misoginia, racismo e a transfobia’’

Pretende-se debater a respeito da importância do processo decolonial e de como a violência e as opressões na sociedade atual são reflexo histórico de raiz colonizadora.

 Convidadxs para debate: Rhany Merces Azii Deia Eliane Dias Anyky Lima

 17:00 às 17:15 – intervalo

 17:15 às 18:30 – curta! 

Exibição em sequência:

CRÔNICAS DO MEU SILÊNCIO (SP)
2015 - cor - 8 min - Ficção, Documentário - 12 Anos
Histórias que se cruzam. Silêncios que se reconhecem. Um manifesto sobre a violência contra a mulher retratado em três depoimentos baseados em situações cotidianas.
Direção: Beatriz Pessoa

DIVA (SP)
2016 - cor - 18 min - Ficção - Livre
Camila se aproxima das drag queens que habitam a pensão de Bella.
Direção: Clara Bastos

PELE DE PÁSSARO (RJ)
2015 - cor - 19 min - Documentário - Livre
Tuane veste uma fantasia para enfrentar a realidade.
Direção: Clara Peltier

MADREPÉROLA (RS)
2015 - cor - 14 min - Documentário - 12 Anos

Em uma maré alheia à diversidade, vivem ostras que são afetadas por serem consideradas fora dos padrões e medidas. Essa é uma história sobre como as pérolas se formam.
Direção: Deise Hauenstein

--> Troca livre de pontos de vista sobre os curtas exibidos

DIA 24/08

 14:00 às 16:00 
roda de conversa “Mulheres, corporalidades e [des]territórios na arte.”

Pretende-se debater o tema por um olhar de recorte latino-americano, em que as mulheres possam protagonizar suas vivências. Resistência e transformação social por meio da Arte/Cultura aparecem agora enquanto corpos historicamente oprimidos pela misoginia, pelo racismo e patriarcado.

 Convidadas para debate: Marta Neves Idylla Silmarovi Bárbara Macedo Michelle Sá Libernina Aninrebil

 16:00 às 16:30 – intervalo

 16:45 às 18:00 - Lançamento do projeto "Sin perder la ternura" com Bárbara Macedo e Idylla Silmarovi. 

Durante as atividades realizadas nesse dia ocorrerão simultaneamente:

 Exposição de fotografias e ilustrações em Nanquim e Aquarela da artista plástica/travesti Babi Macedo.

 Áudio instalação com músicas latino americanas da década de 60 e relatos de sobreviventes das ditaduras latino americanas.

DIA 25/08

 15:00 às 17:00 - roda de conversa 
“LGBTQIA’s - Manifestação e Difusão Artística/Cultural’’

Pretende-se debater a respeito da estética artística e cultural LGBTQIA’s, negra e de periferia, bem como explicitar a possibilidade de apresentação dessas no cenário da cidade e do país. O debate também corre pelo viés da resistência e da transformação social por meio da Arte/Cultura.

 Convidadxs para debate: Gabriela Figueiredo Juhlia Santos Bruno Perdigão Wagner Alves de Souza Cristal Lopez Rafael Lucas Bacelar Nívea Sabino

 18:30 às 19:30 – curta! sessão comentada
Exibição do documentário ‘’Ingrid‘’

 Convidadxs para debate: Laura Nazareth Ingrid Leão Jacson Dias Maick Hannder

DIA 26/08

 15:00 às 17:00 
roda de conversa “Gestão Independente”

Pretende-se debater a respeito de temas invizibilizados nas mídias sociais e sobre desafios e estratégias de gestão cultural independente, além da autonomia de publicações literárias.

 Convidadxs para debate: Irara Papamel Renato Negrão Jay Cardoso Júlia Elisa Rodrigues (representante do Projeto Preta Poeta

 17:15 às 18:15 – Performance ''A quebra da maldição desde o nascimento - O CARTÓRIO TRANSLITERÁRIO". 

A ação é resultante de criação coletiva da Oficina de Performances com Marta Neves e Nickary Ayker pela Academia TransLiterária

 18:30 às 20:00 - sessão poética 
Atividade Literária com o lançamento do livro ‘’Porta’’, da escritora Nilce Almeida

 20:00 às 05:00 - Cultural de Encerramento! com as lindas babadeiras Mestres de Cerimônia Nickary Aycker Surya Namaskar
em parceria com bar Zona Last e Velma Danceteria e Casa de Drinks

Em Zona Last teremos:

Discotecagem da lindsey Dj Princess de 20:00 às 23:00 e logo depois seguiremos no bonde pra 

Velma e lá teremos a batida de Dj Amy e as lindas confirmadas: 

 Nickary Ayker
 Wil'la Queer
 Paola Bracho y Petra Von Kant no Duelo de Egos feat Dj Prima
 #ocupaTransLiteraria trazendo performance e poesia de resistência

e aquela hora que o palco está aberto (traga sua arte!)

- Ficha técnica -
Idealização/Curadoria Geral/Produção Geral: João Maria Kaisen de Almeida
Produção Executiva: Bruno Banjo Thales Brener Ventura
Arte Gráfica: Sofia Coeli
Curadoria Geral: Gi Milagres Lydia Del Picchia Ricelli Piva Marcos Coletta Daniel Bandeira Fábio Furtado
Curadoria de Cinema: Maick Hannder Jacson Dias
Coordenador técnico: Orlan Sabará
Parceria : Galpão Cine Horto cinefronteira Una-se Contra a LGBTfobia.

Serviço
Mostra de Artes, Culturas e Diversidades
Data: de 21 a 26 de agosto
Horário: 21 de agosto às 9h e 26 de agosto às 23h
Local: Galpão Cine Horto (rua Pitangui, 3613, Horto)
Entrada: gratuita - sugere-se levar agasalho e/ou alimento não perecível. 

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Será exibido hoje, na abertura da 11ª Mostra CineBH, filme com temática LGBT

Loading


Começa hoje, terça-feira, 22 de agosto, a 11ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, às 20horas, no Cine Theatro Brasil Vallourec. Um destaques da noite é a exibição, como pré-estreia em Minas Gerais, do filme “Corpo Elétrico”, primeiro longa-metragem do mineiro Marcelo Caetano, que aborda a temática LGBT com direito a rapper e cantora Linn Da Quebrada. 


Sobre a abertura hoje 

A abertura oficial será feita pela atriz Lira Ribas, e performance audiovisual dirigida por Chico de Paula e Grazi Medrado,  trilha ao vivo do músico G.A. Barulhista e participações do Mc Douglas Din, do Duo Paralelo (Marise Dinis e Ailtom Gobira), do grupo de passinho do Aglomerado da Serra Passistas Dancy (Lá da Favelinha) e intervenção em videográfica da NAV Filmes.  
Durante a noite de abertura serão prestadas homenagens ao crítico, ator e cineasta francês Pierre León que vem ao Brasil pela primeira vez e terá uma retrospectiva de sua obra na programação da 11ª Mostra CineBH com exibição de 14 filmes, quase todos inéditos no país. 

Ainda na noite de terça-feira, para marcar a abertura da MAX – Minas Gerais Audiovisual Expo, que acontece na Serraria Souza Pinto simultaneamente a 11ª Mostra CineBH, será exibido, às 19h, na Praça da Estação, “O Garoto”, (1921) e uma das grandes obras-primas do cinema, com direção e atuação de Charles Chaplin. A sessão será acompanhada pela Orquestra de Câmara Sesiminas, que executará a trilha sonora do filme ao vivo, numa versão recriada especialmente para o evento. 

Sobre a 11ª Mostra CineBH

Dez espaços serão ocupados pela 11ª CineBH: Cine Theatro Brasil Vallourec, Sesi Museu de Artes e Ofícios, Cine Humberto Mauro, Teatro Sesiminas, Sesc Palladium, , MIS Cine Santa Tereza, CentroeQuatro Centro Cultural, Praça Duque de Caxias e a Serraria Souza Pinto e Praça da Estação numa parceria com a MAX – Minas Gerais Audiovisual Expo promovida pela Codemig/Governo de Minas Gerais, Sesi Fiemg e Sebrae, recebe a inédita montagem de um cinema ao ar livre com exibição de clássicos do cinema. 

De 22 a 27 de agosto, a 11ª Mostra CineBH vai exibir 101 filmes nacionais e internacionais em 60 sessões de cinema, com pré-estreias e retrospectivas: 41 longas, 1 média e 59 curtas-metragens, vindos de 16 países (Brasil, França, Reino Unido, Estado Unidos, Portugal, Senegal, Alemanha, Japão, China, Rússia, Áustria, Líbano, Síria, Emirados Árabes, Qatar e Tailândia) e de seis estados brasileiros (MG, GO, RJ, SP, RS e PR).

A temática central desta edição, definida pelo trio de curadores Francis Vogner dos Reis, Marcelo Miranda e Pedro Butcher, é o Cinema de Urgência, proposta surgida a partir das reações cinematográficas às recentes instabilidades políticas e econômicas que se abateram sobre o Brasil nos últimos três anos. O objetivo é compartilhar com público, cineastas, produtores, críticos e jornalistas as inquietações de um tempo histórico cuja velocidade dos acontecimentos muitas vezes atropela a percepção dos fatos. A programação do festival tem filmes com a urgência de se levar a câmera para as ruas e registrar/participar dos acontecimentos, para depois ir contra a corrente dos fluxos narrativos dominantes na grande mídia.

Serviço
Abertura oficial da 11ª CineBH com exibição do filme “Corpo Elétrico”
Data: 22 de agosto (terça-feira)
Horário: 20h
Local: Cine Theatro Brasil Vallourec (Praça Sete de Setembro, centro de Belo Horizonte)
Ingressos: Toda programação da 11ª CineBH é oferecida gratuitamente ao público. Os ingressos para o filme “Corpo Elétrico” serão distribuídos às 19h30.

Pabllo Vittar vai fazer show em Nova Lima, perto de BH, em setembro

Loading

Isso mesmo! Pabllo Vittar vai fazer mais show em Nova Lima, pertinho de Belo Horizonte, no dia 27 de setembro. A última vez que a cantora e drag queen esteve em BH ou região foi em julho.  

Desta vez, o show será na boate Wood´s, que tem gerado estranhamento pelos fãs da cantora na web, por se tratar de uma casa de show não conhecida por ter atrações LGBT, mas é justamente aí que vemos a força de Pabllo Vittar, que está ajudando a quebrar barreiras. 

Além de Pabllo, outra cantora também fará show na mesma noite: Dani Morais. 

Os ingressos já estão à venda e já estão no 4º e último lote, mesmo o show sendo quarta-feira. Isso mesmo!

Serviço
Show Pabllo Vittar na Woods
Data: 27 de setembro (quarta-feira)
Horário: 23h
Local:  Wood's BH (Alameda Oscar Niemeyer, 154, Vale do Sereno ,Nova Lima)
Ingresso: R$110 a R$150 – clique aqui para comprar




All Stars 3 do RuPaul´s Drag Race é confirmada!

Loading

Após rumores, devidamente divulgados aqui, foi confirmada a terceira edição da Alls Stars do nosso reality favorito: RuPaul´s Drag Race. Isso mesmo!

A confirmação foi feita pela revista Variety, que informou também que a estreia será no início de 2018 e já a 10ª temporada no segundo semestre do ano que vem. Em entrevista, Ru Paul falou sobre a terceira edição da All Stars:

O mundo está pedindo para ver mais dessas lindas queens e eu vou fazer isso se eles aguentarem... “All Stars” representa o melhor dos peitos, pernas e coxas. Elas estão dando tudo e você não vai querer perder isso!”

Segundo a página All Ru Paul, no início de agosto foi gravado um episódio da All Stars 3 com participação de público, estilo show de talentos. Quem participou? 10 queens, sendo elas: Shangela, Ben Delacreme, Thorgy, Trixie, Chi Chi, Kennedy, Darienne, Aja, Morgan McMichaels e Milk. Isso mesmo! Shangela está de volta! Geralmente são 14 queens que participam, talvez 4 ja´tenham sido eliminadas. Quem será? Aguardemos!

Já viu o videoclipe da Preta Gil com a Pabllo Vittar?

Loading

Sim! Saiu no último domingo o aguardado videoclipe da música “Decote” , parceria de Preta Gil com Pabllo Vittar, que a gente já falou sobre aqui

A estreia do clipe, dirigido pro Giovani Bianco que dirigiu “Bang” da Anitta e trabalhou com Madonna, foi no programa Fantástico, na Rede Globo. O Programa tmbém exibiu uma breve matéria sobre “Quem é Pabllo Vittar?”, que você também pode ver abaixo. 





sábado, 19 de agosto de 2017

Drag queen Kayete lança música e videoclipe: “Dançando com Kayete”

Loading


A drag queen Kayete, uma das mais queridas e conhecidas de Belo Horizonte, lançou nesta semana uma música e videoclipe. Isso mesmo! “Dançando com Kayete” é uma produção do DJ Joseph BH. 

O videoclipe foi dirigido por Guilherme Oliveira e gravado no Teatro Alterosa e com a participação de vários artistas mineiros como Carlos Nunes, Lili, Amauri Reis, Perfect, Angel Sun, Pretinho Básico, Gêmeos SQN, Guilherme Oliveira, Bruna Piassi, Fred Mozard, Rafael Neves, Faby Mendes e Juh Valente.

EM TEMPO: Kayete foi um dos destaques na Parada do Orgulho LGBT de BH aqui no Muza, clique aqui para ver!

Veja belo e forte videoclipe sobre a vida de um adolescente após se descobrir gay

Loading



Nesta semana o rapper Logic lançou o interessante videoclipe da música “1-800-273-8255”, com participação dos cantores Alessia Cara e Khalid. 

Para começar, o título da música trata-se de uma linha nacional nos Estados Unidos de prevenção ao suicídio. Isso mesmo! Logo... o belo e forte videoclipe, que possui participação do ator Don Cheadle, aborda, também o suicídio. 

No clipe, Don, interpreta o pai de um adolescente gay (Coy Stewart) que descobre a sexualidade do filho e não sabe lidar bem com isso. O filho, então, a partir daí tem um processo doloroso em razão a descoberta da sua sexualidade, com direito a sugestão de suicídio, bullying na escola e situações delicadas com o amigo/namorado (Nolan Gould, da série Modern Family).  Felizmente, apesar de tudo, o vídeo tem um final feliz. 

A direção desse belo e forte videoclipe é de Andy Hines. A música também tem uma letra forte e pertinente ao vídeo: começa com versos como “eu não quero estar vivo”  para finalizar com  finalmente quero estar vivo”.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Filme com temática gay está em cartaz em BH

Loading


O filme “Esteros”,  uma co-produção Brasil e Argentina e com temática gay, está em cartaz em Belo Horizonte essa semana, mas em apenas uma única sessão. 

“Esteros” mostra a história de Matias e Jeronimo, que são dois grandes amigos que cresceram juntos em Paso de Los Libres, uma região simples e folclórica na Argentina. Durante sua adolescência, surgiu uma inesperada atração sexual entre os dois, que viveram os sentimentos com curiosidade. Mas a vida acabou separando seus destinos. Após anos afastados, eles lidam de maneiras totalmente distintas com as lembranças do passado. Mas, quando os dois se reencontram, o sentimento renascerá e se confrontará com todos os tipos de conflitos morais.

A direção é de Papu Curotto e possui no elenco os atores Ignacio Rogers, Esteban Masturini e Renata Calmon. 

O filme está em cartaz em Belo Horizonte apenas na sessão das 14h, no Cinema Belas Artes (Rua Gonçalves Dias, 1.581 – Lourdes). O valor dos ingressos vão de R$16 a $22, dependendo do dia da semana.