sexta-feira, 2 de junho de 2017

Teatro “Espécie”, com abordagem queer e pornô, está em cartaz em BH

Loading

Está em cartaz até domingo o espetáculo teatral “Espécie”, primeiro solo do ator Igor Leal que propõe uma cena expandida que borra as fronteiras entre teatro e performance, a partir de uma perspectiva queer e pós-pornô. 

Com direção de Fernanda Branco Polse e dramaturgia de Ana Luisa Santos, o trabalho é um convite para o compartilhamento de uma presença e experiência que criam fluxos poéticos de agitação sexo-política, pós-identitárias e pós-modernas, nas quais arte e ativismo se interpelam e apontam ao desajuste das amarras de sentido e de seus marcos de previsibilidade, reinventando modos de fazer. Um estudo de visualidades e visibilidades que devoram ideias essencialistas nas concepções de sexualidade e de corpo. 

A partir da vivência LGBTIQ+, e com referência e investigação na pós-pornografia, movimento de expressão da sexualidade em que são ampliadas as sensações e possibilidades do corpo e que buscam dinamizar as concepções e vivências de gênero e sexualidade, o trabalho instaura um rito que evoca uma divindade não nomeada, para nos indagar sobre como vemos nossos desejos, o prazer e a alteridade no mundo contemporâneo. 

FICHA TÉCNICA:
Direção: Fernanda Branco Polse.
Performance: Igor Leal.
Dramaturgia: Ana Luisa Santos.
Codireção e preparação corporal: Benjamin Abras.
Iluminação e operação de luz: Jésus Lataliza.
Trilha sonora original: Barulhista.
Operação de som: Will Soares.
Figurino: Ana Luisa Santos.
Cenografia e objetos cênicos: Fernanda Branco Polse e Bruno Lelis. 
Assessoria de comunicação: Bremmer Guimarães.
Design gráfico: Adriana Januário.
Fotografia: Mirela Persichini e Raquel Carneiro.
Vídeo: Tatiana Carvalho Costa.
Teaser: Fernanda Branco Polse e Vitor Paulo.
Gestão e produção cultural: Bruno Lelis.
Agradecimentos: Centro Cultural São Geraldo, Galpão Cine Horto e Funarte MG.
Realização: BEIJO no seu PRECONCEITO e O QUE VOCÊ QUEER.

Serviço
Teatro Espécie
Dias e horários: 1º a 4 de junho (Quinta a sábado às 21h, domingo às 20h).
Local: Funarte MG. Rua Januária, 68, Centro.
Ingressos: R$12 (inteira).
Classificação indicativa: 18 anos.
Lotação: 40 lugares.