segunda-feira, 17 de abril de 2017

Conheça um Manifesto em Defesa dos Direitos das Pessoas LGBT de BH

Loading


Na última quarta-feira, dia 12 de abril ocorreu a IX Reunião da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Belo Horizonte, sendo a primeira com a pauta LGBTIQ. Estavam presentes representantes da Frente Autônoma LGBT levando seu Manifesto LGBT para a cidade e contextualizando as principais demandas de políticas públicas LGBT no município para a nova legislatura.

Segundo divulgação da própria Frente, será realizado hoje, 17 de abril, uma reunião com a com a própria Frente e as assessorias da Gabinetona, das vereadoras Áurea Carolina e Cida Falabella (ambas do PSOL}) e dos vereados Gabriel Azevedo, Juninho e Pedro, para “construir os requerimentos relacionados ao manifesto para serem apreciados na X Reunião da Comissão”.

Clique aqui para você ler o Manifesto na íntegra. Abaixo, um pequeno trecho:

"Em que pese a ausência de estudos que possibilitem mensurar o número de pessoas LGBTIQ (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis, intersexuais e queer) vivendo em Belo Horizonte, a expressividade dessa população e seu aumento contínuo é perceptível pela oferta cada vez maior na cidade de diversos produtos, serviços e eventos destinados a esse público que ajudam a movimentar a economia local, gerando empregos a milhares de trabalhadores. Entretanto, ainda que busquemos diuturnamente uma integração harmônica com a sociedade belorizontina, somos reiteradamente violentados exclusivamente em razão da nossa orientação sexual e/ou identidade de gênero, restando gravemente lesadas a nossa cidadania e a nossa dignidade, pilares do Estado Brasileiro".

Sobre a Frente Autônoma LBGT

A Frente Autônoma LGBT é fruto da compreensão de que as militâncias LGBTs são muitas, complexas e complementares. Estamos nas lutas das ruas, dos bairros, vilas e ocupações, na produção de cultura e na academia, organizados ou não, buscando reforçar as bases de uma sociedade em que cidadania, respeito e dignidade sejam de fato para todxs. Temos convicção de que é só pela união dessas lutas que conseguiremos dar passos largos nessa direção, ainda que em tempos temerosos.

Organizamos um espaço de comunicação e fortalecimento mútuo das militâncias LGBT em Belo Horizonte e em Minas, por meio do qual buscamos dar visibilidade e força aos movimentos pelos direitos LGBT, além de construir coletivamente novas ações, principalmente nos espaços onde essa luta ainda é mais espinhosa. Vamos juntxs derrubar os muros que limitam os diálogos e construir, lado a lado com os diversos segmentos da nossa comunidade, uma nova forma de lutar pelos nossos direitos, representativa da diversidade desse movimento.