quarta-feira, 12 de abril de 2017

Banco do Brasil reconhece uso do Nome Social

Loading


Essa semana, no dia 11 de abril, mais uma conquista foi adquirida pela comunidade LGBTQI, mais precisamente os travestis, transgêneros e transexuais: o Banco Central do Brasil divulgou no diário oficial, carta circular 3813, reconhecendo e assegurando o uso do Nome Social em procedimentos e instrumentos bancários. 

Desta forma, o nome social poderá ser usado em cartões, correspondências e relacionamento com o cliente. A nota diz:

"Não impede o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis e transexuais, inclusive mediante utilização do nome social em cartões de acesso a contas e instrumentos de pagamento, em canais de relacionamento com o cliente, na identidicação de destinatários de correspondências remetidas pela instituição financeira, entre outros, bem como no atendimento pessoal do cliente"