terça-feira, 21 de março de 2017

Manifestação contra transfobia foi realizada em Belo Horizonte

Loading


Como o Muza havia chamado a atenção, aconteceu em BH no último domingo, 19 de março, uma manifestação contra a transfobia. 

O motivo foi o assassinato da travesti Mirella de Carlo, no bairro Carlos Prates, em Belo Horizonte. Um crime bárbaro com indícios de crueldade. Segundo os organizadores da Manifestação, o motivo teria sido  transfobia,  que mata mais de 150 pessoas transgêneras todos os anos no Brasil.

A Manifestação em BH aconteceu na Praça 7, centro da capital, e contou com a presença de amigos da vítima e militantes LGBT, como a vice-presidente do Centro de Luta Pela Livre Orientação Sexual (Cellos MG), Anyky Lima que é uma mulher transexual. Aliás, as imagens divulgadas aqui são do arquivo pessoal da própria Anyky. 

Na divulgação da Manifestação, os organizadores reforçaram que: “Não queremos só combater a transfobia pelos familiares e amigos de Mirella , mas também para os familiares e amigos de Dandara, Jennifer, Sandra, Rubi, Lorrane, Michelle, Camila e outras que foram assassinadas - contabilizando só neste ano 25 mortes.  E é com esse intuito que queremos convocar uma manifestação pela erradicação da transfobia. O Brasil precisa sair da liderança mundial de morte de pessoas trans”. 

Os presentes chegaram a ocupar o Pirulito da Praça 7, um dos símbolos turísticos de Belo Horizonte, segurando cartazes com mensagens contra a transfobia, como podem ver acima e abaixo, e a bandeira do movimento Trans.