sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Ladrão homofóbico é morto em BH por reação da vítima

Loading

Violência gera violência... para começar o ano mais uma história triste envolvendo LGBTfobia. ALERTA: história violenta a seguir.

Desta vez, em Belo Horizonte. Um menor de 16 anos foi encontrar um jovem de 23 anos na Praça da Estação e ao deitarem na grama foram abordados por três homens que pergutaram se eles eram gays, os agrediram e levaram o celular do menor. O menor e o jovem correram atrás do bandido e ao não conseguir ter o celular de volta e discutirem, o jovem tirou um canivete da mochila e agrediu o bandido. Os dois que estavam com o ladrão fugiram.

O relato acima está no boletim de ocorrência da Polícia Militar. Uma equipe de militares do 1º Batalhão foram ao local para atender uma ocorrência de roubo e se depararam com toda a situação. 

Conforme notícia do jornal O Tempo, o ladrão, com idade em torno dos 30, foi encaminhado ao Hospital de Pronto-Socorro João XIII, mas não resistiu. O menor e o jovem  foram atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro-Sul devido as agressões. O menor foi encaminhado à Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad). Ainda de acordo com a polícia, toda a situação foi registrada pelas câmeras do Olho Vivo.