quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Em janeiro acontece em BH a Marcha em Luto pelo direito de viver de Travestis e Transexuais

Loading

A data 29 de Janeiro é lembrada em todo o Brasil como o Dia d Visibilidade Trans e Travesti.  Para a data não passar em branco e lembrar o que essa parcela dos LGBT vem sofrendo constante em nosso país, acontecerá em Belo Horizonte a Marcha em Luto pelo direito de viver de Travestis e Transexuais. 

Por que uma Marcha em Luto e Silêncio? Para quem ainda não sabe, o Brasil é líder mundial de transfobia. Só em 2016 foram 138 casos de homicídio, 44 casos de tentativa de homicídio e 13 casos de suicídio. Mas a organização do evento explica:

"No dia da visibilidade convocamos para uma caminhada em LUTO e SILÊNCIO pelas vítimas de assassinato, agressão física, tentativa de homicídio, suicídio e pelas que sofrem com a violação dos Direitos Humanos e a transfobia diariamente. 

Segundo o Transgender Europe, de 2008 a 2015, foram assassinadas na América do Sul e Central 1500 pessoas travestis e transexuais, sendo que no Brasil foram registrados 802 casos, contudo, o número pode ser ainda maior devido ao elevado índice de ubnotificação. Sabendo-se que existem muitos casos não noticiados, ou informados de forma errada como "homem" ou "homossexual", esses números aqui demonstrados ainda não correspondem à realidade que pode ser e é bem pior.

Ainda não são notificados o número de travestis e transexuais que sofrem constantemente com a violação dos seus Direitos Humanos, são registrados apenas o número de assassinatos. Centenas de travestis morrem por ano vítimas do uso de silicone industrial ou por problemas causados pelo uso indiscriminado de hormônios, mesmo com alguns avanços na área de saúde integral para travestis e transexuais ainda são escassos os hospitais que atendem essa população.''

A concentração será na Praça Sete, centro de BH, onde, às 14horas, será feito cartazes que evidenciem a violência sofrida pela população de Travestis, Transexuais e Transgêneros. De lá, seguirá o ato caminhando em luto e silêncio pelo centro de Belo Horizonte e, às 19 horas, haverá o encerramento com a chegada na Praça da Liberdade.

Serviço
Marcha em Luto pelo direito de viver de Travesti e Transexuais 
Data: 29 de janeiro  (domingo)
Horário: 14h
Local: Praça Sete – concentração (centro de Belo Horizonte)