sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Jornalista Fernanda Gentil assume namoro com outra jornalista

Loading


A jornalista e apresentadora Fernanda Gentil, do programa Globo Esporte da Rede Globo, assumiu que está namorando a também jornalista Priscila Montandon. As duas estão juntas há três meses. As duas viajaram juntas para a Grécia recentemente.

Fernanda falou sobre por meio de uma nota emitida à coluna Gente Boa, do jornal O Globo.  Em sua declaração, Fernanda não se define como bissexual ou lésbica, já que ela havia separado do marido em abril deste ano.

Abaixo, leia na íntegra a declaração de Fernanda sobre namorar outra mulher:

“Estou só exercendo meu direito de ser muito, muito feliz. Tenho apenas um recado, e é para os meus filhos, que mais cedo ou mais tarde podem ler ou ouvir tudo por aí: Lembrem de não se importarem com tudo o que dizem sobre nossa vida – o que vale é o que a mamãe fala com vocês em casa, olhando nos seus olhos. Não é o que vestimos que muda quem somos, e sim o que fazemos. Lembrem também, sempre, do nosso amor, que não tem cor, sexo ou raça. Amo vocês”, disse a apresentadora para a colunista Fernanda Pontes".

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Projeto sobre novo Estatuto da Família, que exclui casais homoafetivos, é aprovado em Comissão Especial

Loading

Retrocesso a vista? A Comissão Especial sobre Estatuto da Família aprovou na última quinta-feira, 24 de setembro, Projeto de Lei (PL 6.583/13) do deputado Diego Garcia (PHS-PR) novo Estatuto da Família no Brasil que exclui em seu conceito casais homoafetivos. 

Foram 17 votos a favor desse retrocesso e visão limitada de família contra 5 favoráveis. 
Os deputados Érika Kokay (PT-DF) e Bacelar (PTN-BA) foram alguns dos que votaram a favor, já Takayama (PSC-PR) votou contra, segundo matéria do site Catraca Livre

Com essa votação, é possível que o projeto não seja votado na Câmara dos Deputados e vá direto para o Seando. Entretanto, deputados contrários a esse novo Estatuto da Família podem apresentar recursos para que a votação na Câmara ocorra. 

Neste novo Estatuto da Fmília, já uma resolução que define família como relação que se acontece ” por meio da união entre homem e mulher por meio de casamento ou união estável, ou a comunidade formada por qualquer um dos pais junto com os filhos”. 

Especial Eleições 2016: Sara Azevedo - vereadora

Loading

No próximo domingo, 1º de outubro acontecem as eleições municipais de Belo Horizonte e o Muza está atento e até esse importante momento democrático irá compartilhar com vocês os candidat@s em BH e região que tem em sua pauta questões LGBT. Desta vez, conheça Sara Azevedo que candidata a vereadora:

Quem: Sara Azevedo
Concorre a: Vereadora
Partido: PSOL 
Número: 50000
Página Facebook: Sara Azevedo

Militante socialista, feminista e LGBT, integrante do Grupo de Trabalho Nacional do coletivo Juntos! Compõe a Executiva Estadual do PSOL. É formada em Educação Física pela Universidade do Estado do Pará e atualmente é professora da Rede Pública de Ensino do Estado de Minas Gerais.

Sara Azevedo é formada em Educação Física pela Universidade do Estado do Pará e atualmente é professora da mesma disciplina de sua formação na Rede Pública de Ensino do Estado de Minas Gerais, militante do Juntos! e compõe a Executiva Estadual do PSOL.

Começou sua militância política no Movimento Estudantil na cidade de Belém, no estado do Pará, em sua cidade de nascimento. Foi naquele estado que começou sua militância diretamente no PSOL, partido que abraçou em 2006. Poucos anos depois veio para a capital mineira onde passou a lecionar e continuar sua militância pelo PSOL.

Em 2011 foi uma das fundadoras do Juntos! e hoje é integrante do Grupo de Trabalho Nacional do coletivo. Além da militância na juventude e pelo PSOL Sara Azevedo está engajada nas lutas sindicais dos professores, categoria trabalhista em que atua, tendo participado da última campanha dos professores estaduais de Minas Gerais. Outros espaços de atuação são a militância feminista e LGBT, onde tem ajudado na construção dos últimos atos em Belo Horizonte e outros em âmbito nacional, ambos pelo coletivo Juntos!

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Papa Francisco apoia manifestação contra casamento gay no México

Loading

Religião e sexualidade geralmente é um assunto complicado... e infelizmente, no último domingo, o Papa Francisco contribuiu ainda mais para isso. Em sua tradicional benção na Praça São Pedro, disse, como informa o jornal O Globo se unir de boa vontade ao protesto “em favor da família e da vida, que nestes tempos requerem espacial atenção pastoral e cultural ao redor do mundo”.

Desta forma, o Papa Francisco declarou apoio aos aos bispos e cidadãos mexicanos que se opõem à proposta do governo do país de legalizar o casamento gay. O Pontífice visitou o México em fevereiro deste ano.

Para quem não sabe, o presidente do México, Enrique Pena Nieto, propôs regular o casamento entre pessoas do mesmo sexo no país. Pessoas contrarias, vestidas de branco,  fizeram uma marcha pelas ruas da Cidade do México no final de semana. 

Aliás, essa questão no México rendeu uma das fotos mais bonitas contra a LGBTfobia da história: No início de setembro uma criança de 12 anos tentou parar sozinho uma Marcha também contra o casamento gay na cidade de Celaya, no México. Por qual motivo ele fez isso? Ele gosta muito do tio dele que é gay e não quer que as pessoas o odeiem. A foto é de Manuel Rodriguez. 



Especial Eleições 2016: Dú Pente - vereador

Loading


No próximo domingo, 1º de outubro acontecem as eleições municipais de Belo Horizonte e o Muza está atento e até esse importante momento democrático irá compartilhar com vocês os candidat@s em BH e região que tem em sua pauta questões LGBT. Desta vez, conheça Dú Pente que candidata a vereador:

Quem: Dú Pente
Concorre a: Vereador
Partido: PSOL 
Número: 50069
Página Facebook: Dú Pente 

“30 mil jovens sao assassinados por ano no Brasil, destes 77% são negros. O negro tem três vezes mais chances de ser assassinado do que um branco. A cada 28h um LGBT é assassinado no Brasil. O país no mundo onde transsexuais e travestis mais são assassinadas é o Brasil.

Continuemos juntos a lutar pelo fim pelo fim do genocídio da população negra e dos LGBTs”

Produtor cultural, Dj, sobrevivente e publicitário, Dú Pente é graduado em comunicação Social pela PUC Minas, se apresenta como um negro em movimento e agente social autônomo, integra os coletivos "Pretas em Movimento", "Articulação da Consciência Negra" e a movimentação “Muitas pela Cidade que Queremos”, é colaborador de diversos outros movimentos que ocupam e transformam o espaço público da cidade, dentre eles a praia da estação. 

Nascido em 19 de março de 1988, está filiado ao PSOL desde o inicio de 2016 e foi eleito conselheiro municipal de cultura como representante da regional centro-sul no mesmo ano, realiza o Festival Raízes UFMG, é curador e organizador da Mostra Raízes – Afirmação do negro no audiovisual, atua como afro-educador em escolas públicas com a atividade interativa "Mídia e racismo, o que você tem a ver com isso?". Também é Dj à 14 anos e membro da Comissão Estadual da Verdade da Escravidão Negra no Brasil da OAB/MG, desde julho de 2015.



Nesta quinta, acontece apresentação gratuita do espetáculo “Cancioneiro Queer”

Loading

Após curta temporada de estreia na Sala Juvenal Dias do Palácio das Artes, o concerto cênico Cancioneiro Queer faz apresentação gratuita no auditório do Conservatório UFMG nesta quinta-feira, dia 29 de setembro, às 20 horas. 

O espetáculo é do artista Marcelo Kuna, no qual ele apresenta canções LGBT desde cabarés alemães à contemporaneidade em um concerto cênico em formato de cabaré, a apresentação envolve dança, teatro musical e ópera. 

Sobre o espetáculo 

Canções de repertório erudito-popular que atravessam a Ópera, Teatro Musical Brasileiro, além de canções da Broadway e Off Broadway são encenadas em formato inédito na cidade de Belo Horizonte. O repertório eclético aborda, por exemplo, canções do compositor russo radicado na Inglaterra Mischa Spoliansky, que criou composições consideradas como os primeiros hinos LGBT dos quais se tem conhecimento.

Integram ainda, o repertório, uma canção do compositor alemão radicado nos Estados Unidos Kurt Weill, pouquíssimo apresentada no Brasil. Weill, que compôs famosas peças musicais com o dramaturgo Bertolt Brecht, foi um dos primeiros compositores contemporâneos a abordar temática amorosa lésbica, como o faz na canção “Je ne t’aime pas”, da peça musical Marie Galante (1934).

Além dessas, “Non Monsieur Mon Mari” da ópera Les Mamelles de Tirésias, dos franceses Francis Poulenc e Jean Cocteau, também raramente executada no Brasil, será apresentada como parte do concerto. Com uma abordagem relativamente abrangente das experiências que, muitas vezes, ficam apenas ilustradas na “sopa de letrinhas” LGBT, Cancioneiro Queer circula por enredos amorosos e de descoberta homossexual, lésbica e transgênero.

Sobre Marcelo Kuna

Artista do corpo e cantor graduado em Comunicação das Artes do Corpo (PUC-SP). Foi agraciado com o Prêmio Jovem Músico BDMG, em 2010. Já participou de workshops no Graduate Musical Theatre Writing Program (Tisch-NYU), no Stella Adler Studio of Acting (Nova Iorque), na Royal Academy of Dramatic Art (RADA, Londres), com a V.O.I.C.Experience Foundation (Sherrill Milnes), com a DanceAbility International (Alito Alessi), e com o Núcleo Dança Aberta (São Paulo). Seus trabalhos em artes do corpo já foram apresentados no Centro Cultural São Paulo, no SESC Campinas, na São Carlos Videodance Festival e nos Estados Unidos. 

Ficha técnica  

Concepção: Marcelo Kuna
Arranjos: Fausto Borém, Fred Natalino
Versões em português: Marcelo Kuna
Iluminação: Tainá Rosa

Cantores: Marcelo Kuna, Sérgio Anders, Raissa Brant
Artistas convidados: Leonardo Mendonza, Clara Borém
Piano: Fred Natalino 
Contrabaixo: Fausto Borém 
Guitarra, Violão: Luísa Martins
Bateria: Matheus Rodrigues

Serviço
Espetáculo Cancioneiro Queer
Datas: 29 de setembro (quinta-feira)
Horário: 20h
Local: Conservatório da UFMG (Avenida Afonso Pena, 1534,Centro)
Ingresso: gratuito

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Veja trailer de filme, com James Franco, sobre crime na indústria pornô gay

Loading


Nosso querido and desejado ator James Franco está mais uma vez envolvido em uma produção cinematográfica sobre pornografia gay. 

Desta vez, o filme é “King Cobra”, baseado na história real de como o executivo do gênero de filmes adultos homossexuais, Bryan Kocis, foi assassinado de maneira violenta pleos atores pornôs Harlow Raymond Cuadra e Joseph Manuel Kerekes, em sua casa, na Pensilvânia, Estados Unidos, em 2007.

No elenco, além de James Franco temos Christian Slater, Keegan Allen (“Pretty Little Liars”), Garrett Clayton (“Teen Beach Movie”) e até a sumida e musa dos anos 90, Alicia Silverstone.A direção e roteiro é de Justin Kelly;

O filme ainda não tem data de lançamento no Brasil, mas nos Estados Unidos já foi exibido e elogiado no Tribeca Film Festival.

Sinopse do filme: A anscenção da estrela de pornô gay, Sean Paul Lockhart, conhecido como Brent Corrigan, e o fim do seu trabalho com o produtor que o tornou famoso. Quando Sean decide trabalhar por conta própria, um par de produtores concorrentes sem dinheiro visam lucrar por todos os meios possíveis.

Especial Eleições 2016: Paulo Medeiros - vereador

Loading

No próximo domingo, 1º de outubro acontecem as eleições municipais de Belo Horizonte e o Muza está atento e até esse importante momento democrático irá compartilhar com vocês os candidat@s em BH e região que tem em sua pauta questões LGBT. Desta vez, conheça Paulo Medeiros que candidata a vereador:

Quem: Paulo Medeiros
Concorre a: Vereador
Partido: PP 
Número: 11360
Página Facebook: Paulo Medeiros

 “..Dialógo democratico a cerca da Pauta LGBT como propostas de Políticas Públicas para a cidade de Belo Horizonte... Defender direitos LGBT, não é conceder privilégios, é garantir que não se tenham direitos á menos, ou seja, que não tenham seus direitos violados, independente de sua orientação sexual e sua identidade de gênero”.

"Garantir a igualdade e identidade de gênero e acesso integral à saúde da população LGBTT, principalmente na atenção à saúde dos Homens e mulheres Trans nas Unidades de Saúde Básica. A comissão Municipal de Defesa da cidadania LGBT, com as Secretarias Municipal de Educação, Saúde e Defesa Social, para desenvolver ações conjuntas “que rompam”com o preconceito e combater a LGBTFOBIA no município. Fomentar cursos de capacitação de agentes para os diversos segmentos( Saúde, Educação, Participação popular) para que possam atuar de forma Integral na promoção da igualdade de gênero".


Paulo Emilio Medeiros, nascido em Belo Horizonte, no dia 09/03/1988. Estudioso da Filosofia, ingressou no ano de 2009 na Educação Pública como Professor autorizado Regente de aulas nas disciplinas de Filosofia e Sociologia até o ano de 2014. 

Formou-se em Vigilância em saúde pelo Coltec/UFMG (2015) Diplomado no curso de qualificação profissional no curso de Política Nacional de saúde Integral LGBTT pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro(UERJ)/UNA-SUS No ano de 2015 concluiu o curso de Organização de Gabinete Parlamentar realizado pelo Instituto Legislativo Brasileiro em parceria com o Senado Federal. 

Capacitação na Lei de Acesso a Informação( Parceria Senado Federal/UFMG) -2015 Recentemente concluiu no modo de extensão profissional o curso de Zika: abordagem clínica na atenção básica pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul(UFMS)/UMA-SUS.

BH recebe curta temporada do espetáculo teatral “Coisas Boas Acontecem De Repente”

Loading


A peça de teatro “Coisas Boas Acontecem De Repente”, de Cynthia Paulino, estará em cartaz em Belo Horizonte durante curta temporada: estreia sexta, 30 de setembro, e acaba no domingo, dia 2 de outubro. 

O espetáculo tem texto de Cynthia Paulino com livre adaptação de manifestos, entrevistas, músicas e textos da anti-diva Karine Alexandrino, a Mulher Tombada Cynthia, também conhecida como Mama Cy também é responsável pela Dramaturgia, direção, cenário, trilha sonora e atuação.

SINOPSE:  MamaCy é a protagonista de COISAS BOAS ACONTECEM DE REPENTE, espetáculo sobre uma mulher moderna, pós-moderna, trans-moderna, que diz tudo o que lhe vem à cabeça: o poder do feminino, a passagem do tempo, a saudade do filho, as citações de seus poetas preferidos, suas músicas, falhas e manifestos. Uma mulher pronta para perdoar e ser perdoada, sem arrependimentos e sem rede de segurança.

“Queria falar sobre a mulher que eu sou hoje, como uma conversa na frente do espelho, e nada mais natural do que um monólogo para seguir o fluxo do meu desejo"

“Eu já conhecia as músicas dela, que me foram apresentadas por um amigo, mas quando descobri escritos seus, em blogs antigos, na internet, simplesmente enlouqueci. Era a motivação que precisava" 

“Essa coragem de dar a cara à tapa que a Karine Alexandrino propõe em tudo que faz me inspirou profundamente”

“É um espetáculo que fiz em homenagem a todas as mulheres da minha vida. Para almas femininas. Os homens têm de entender que o masculino precisa acolher. O mundo precisa de colo, não de palmada”.

“Coisas Boas Acontecem De Repente” é a 11ª produção da Teatro Adulto, a 7ª assinada pela diretora Cynthia Paulino, que aqui também sobe ao palco, quebrando um hiato de quase seis anos. Abaixo, você pode conferir a complementação da Ficha Técnica:

Ficha Técnica: 
Iluminação e Direção de produção: Luiz Arthur
Figurino: Ananda Sette Camara, Cynthia Paulino e Jonatha Horta Flores
Assistência de cenário: Carlos Ignácio
Maquiagem: Linda Paulino
Cabelo: Léo Cavallari
Fotografia: Catarina Paulino
Arte: Samara Martucheli
Assistência de Produção: Gu Freitas e Samara Martucheli

Serviço 
“Coisas Boas Acontecem De Repente”
Curta temporada: 30 de setembro, 1º e 2 de outubro. 
Horário: 21h (sexta e sábado) e 19h (domingo)
Local: Sala João Ceschiatti - Palácio Das Artes (Avenida Afonso Pena 1537, Centro, BH)
Ingresso: 20,00 inteira 10,00 meia

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Hoje, segunda, acontece debate com candidatos a vereadores pró-LGBT em BH

Loading

Como o Muza já havia alertado hoje mesmo, mais cedo, com as eleições de 2016 se aproximando, o debate acerca dos temas democracia e garantia de direitos à população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) não pode ficar de fora desse momento político. 

Assim, com o intuito de visibilizar tais questões, o Núcelo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT (NUH/UFMG) promoverá o Ciclo de Debates: "Democracia e direitos humanos em pauta: direitos LGBT e eleições municipais". 

Com isso, o ciclo contará com a participação de candidatxs a veradores de Belo Horizonte, com o objetivo de fomentar o debate político em torno das relações entre as expressões de gênero, sexualidade e democracia. 

Mediação: Carlos Magno (ABGLT) 
candidatxs da mesa: 

Cristal - PSOL 
Ed Marte - PSOL
Fred Buriti - PSOL
André Lasmar - PSOL
Gleyk Silveira - PCdoB
Paulo Medeiros - PP

Segundo informações do evento: “Apesar de o movimento social há anos lutar pela garantia de direitos, dignidade e cidadania a população LGBT, muitas são as barreiras políticas e pouco se conseguiu efetivamente. Se considerarmos o cenário brasileiro atual de instabilidade política e forte reação conservadora, pensar na pauta LGBT e se engajar nessa luta se faz urgente”

Serviço
Ciclo de Debates: Democracia e Direitos Humanos em Pauta
Data: 26 de setembro (segunda-feira)
Horário: 19h
Local: Auditório Prof. Baesse, Fafich – UFMG (Ave. Presidente Antônio Carlos, 6627, Belo Horizonte)

Eleições Municipais 2016: conheça Candidatos pró-LGBT de BH

Loading

Em menos de uma semana acontece as eleições municipais no Brasil. No próximo domingo, 1º de outubro, você irá votar para escolher o prefeito ou prefeita de sua cidade, além de votar também para escolher o vereador ou vereador.

Desde final de agosto o Muza vem mostrando para vocês alguns candidatos a vereador ou vereadora. Ao todo, já apresentamos aqui 7 candidatos que possui em suas propostas e perfis questões relacionadas a pauta LGBTe continuaremos mostrando mais ao longo dessa semana. 


Lembre-se: o voto é uma importante mecanismo democrático o qual podemos nos fazer devidamente representados. Assim, não desperdice seu voto. Vote em candidatos que compartilhe valores com você. No caso do Muza é importante que os candidatos sejam a favor da pauta LGBT para que, assim, ao exercerem seus mandatos questões relacionadas à cidadania LGBT tenham mais força política e assim, façam real diferença na vida de lésbicas, gays, transexuais, transgêneros e bissexuais!


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Escola no Brasil permite que alunos também usem saias como uniforme

Loading

O Colégio Pedro II, escola federal do Rio de Janeiro, aboliu os rótulos de masculino e feminino nos uniformes, permitindo que os alunos usem saias assim como as alunas. A permissão ocorreu após longa discussão, que resultou na publicação de uma portaria, extinguindo a distinção de peças de uso masculino ou feminino.

Segundo o reitor da escola, Oscar Halac, a portaria se trata apenas do cumprimento de uma resolução. "Não se trata de fazer ou não distinção de gênero. Trata-se de cumprir resolução do Conselho Nacional de Combate à Discriminação LGBT (órgão ligado ao Ministério da Justiça). Eu apenas descrevo as opções de uniforme; deixo propositalmente em aberto, para o uso de acordo com a identidade de gênero", disse.

Entre a comunidade escolar, teve quem gostou: "A quebra dessa distinção de uniforme para menino e para menina permite a inclusão das pessoas que não se identificam com esse ou aquele gênero", elogiaram as estudantes do 3.º ano Fabíola Lopes, de 19 anos, e Georgia Gusmão, de 17.

Mas teve quem reclamou também. "Saia? Pelo amor de Deus. Aí é demais", disse Afonso Marcelo, de 50 anos, pai de uma aluna de 12, no 6.º ano da unidade Centro. Ainda de acordo com o reitor, a mudança contribui para o respeito às diferenças. “A escola pública precisa sinalizar que é hora de parar de odiar por odiar”, afirmou.

A escola fundada em 1837, tem hoje 13 mil alunos e figura na lista das mais tradicionais do País.

Com informações do jornal Hoje Em Dia 

Neste sábado acontece tributo à Amy com show de Gaby Winehouse

Loading


Acontece neste sábado, 24, show tributo à cantora Amy Winehouse. Comandada pela vocalista Gaby Winehouse, a banda foi criada em 2015, e interpreta as músicas da cantora inglesa, falecida há 5 anos.

Gaby é uma personagem drag criada por Gabriel Freitas, também idealizador do projeto. No show, ela promete emocionar os fãs da musa do soul e R&B, que já se apresentou na Virada Cultural de BH deste ano.

No último dia 14, se tivesse viva, Amy completaria 33 anos de idade. A cantora Adele relembrou a data durante apresentação em Boston, quando interpretou a canção “Make me you feel my love”. Além da homenagem nas redes sociais, a artista britânica ainda declarou: “Por causa dela, peguei o violão e, por causa dela, compus minhas próprias músicas. As músicas com as quais assinei contrato são as músicas que compus completamente sozinha. Se não fosse por ela, isso nunca teria acontecido. Devo 90% da minha carreira a ela.”

Serviço:
Show Gaby Winehouse
Data: 24 de setembro (sábado)
Horário: 21h
Local: Teatro Marília - Avenida Alfredo Balena, 586, Funcionários
Ingressos: R$ 20 clique aqui para comprar

Exposição com fotos de pessoas transexuais é inaugurada em BH

Loading


Nesta sexta-feira, 23 de setembro, A exposição Veras chega no Espaço Sergio Salomão. O projeto do fotógrafo Rafael Sandim retrata o cotidiano de pessoas trans. A ideia do trabalho é um olhar sem estranhamento sobre os fotografados. A simplicidade do cotidiano de pessoas comuns como você. As imagens começaram a ser feitas em 2014 e o projeto tomou forma neste ano, a convite do atelier. 

“A escolha de não se fechar para o mundo. Sem interpretar papéis, não há silêncio em suas escolhas. A realidade é muito além do que se imagina. O cotidiano cheio de caretas e poucos sorrisos não parece te entender. O preço da liberdade e a beleza da essência. Imensurável”

Sobre o fotógrafo Rafael Sandim

O fotógrafo e jornalista diversifica entre projetos autorais e a fotografia de casamento. Uma das grandes vertentes no trabalho de Rafael é o cinema, arte que ele estuda e que já trabalhou. Pessoas reais viram personagens em um universo criado pelo artista, seja nas fotos comerciais ou trabalhos pessoais. 

Sobre o espaço Sérgio Salomão

O Espaço Sérgio Salomão reúne e comercializa produções de diversos artistas, estilistas e designers da cidade. Partindo de uma concepção plural do ambiente, com galeria, ateliê, café, coworking e loja.

Serviço: 
Exposição Veras – por Rafael Sandim
Inauguração: 23 de setembro (sexta-feira)
Período: 23/09 a 20/10
Hora: a partir das 19h 
Local: Espaço Sérgio Salomão (avenida Cristóvão Colombo, 550/ SL 18, Savassi. BH – MG)

Baile da Gina Indelicada acontece hoje em BH

Loading


Rola hoje no Studio Bar a festa que vem arrastando multidões em Viçosa, interior de Minas: o Baile da Gina, do web personagem Gina Indelicada.

O line-up será comandado por Gina Indelicada e por Ed (@absurda), que prometem uma noite lacradora ao som de Britney Spears, Valeska, Lady Gaga, Rihanna, Wesley Safadão, Anitta, Spice Girls, Banda Uó, entre outros.

“Então, se prepare porque o evento promete: Pode ir se preparando porque o lacre será forte e vamos lacrar até o salto virar rasteirinha!”, diz comunicado no evento oficial. 

Serviço:
Baile da Gina
Data: 23 de setembro (sexta-feira)
Horário: 21h
Local: Studio Bar – Rua Guajajaras, 842, Centro
Ingressos: R$ 20 clique aqui para comprar. 

23 de setembro – Dia da Visibilidade Bissexual

Loading



Hoje, 23 de setembro, é celebrado como o Dia da Celebração Bissexual ou Dia do Orgulho Bissexual ou ainda Dia da Visibilidade Bissexual. 

Pouco se sabe sobre a criação desse dia, a não ser que foi definido pelos ativistas bissexuais Wendy Curry, Michael Page e Gigi Raven Wilbur  em 199, nos Estados Unidos, como resposta ao preconceito e à marginalização das pessoas bissexuais na sociedade geral.

De qualquer forma, sabe-se que a sexualidade das pessoas bissexuais precisa ser também reconhecida e respeitada. O Muza achou algumas imagens na internet e compartilha com vocês, inclusive uma ilustração da Carol Rossetti. 


EM TEMPO: Hoje, em Belo Horizonte, acontece um piquenique e uma roda de conversa para celebrar o DIa da Visibilidade Bissexual. Clique aqui para saber mais e participe!




quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Nesta sexta acontece festa celebrando 3 anos do coletivo Toda Deseo

Loading


Nesta sexta-feira, 23 de setembro, acontece a festa Arrasa, que celebra os 3 anos do coletivo Toda Deseo, responsável por ótimos espetáculos “No Soy Um Maricón” e Nossa Senhora (do Horto).

Clique aqui para ler entrevista excluZiva com o Toda Deseo. 

Para celebrar os 3 anos no melhor estilo haverá pocket show da própria Toda Deseo e performance de Cristal Lopez.  Além dos DJs: Cunfusa e Prima e Duelo de Egos (Paola Bracho Bracho x Petra Van Kant). Sente a vibe do convite oficial:

“O coletivo mais babadeiro dessa cidade completou 3 anos em 2016! E pra comemorar mais uma primavera dessa bebê lokíssima que é a TODA DESEO vamos fazer fexxxta e quebrar tudo na grutinha!  

O objetivo é bater a bunda na nuca e se jogar como se não houvesse amanhã! Porque ainda há muito o que celebrar, sim!”

Serviço
Festa Arrasa – 3 anos coletivo Toda Deseo
Data: 23 de setembro
Horário: 23h
Local: Gruta (rua Pitangui 3613c,Horto, BH) 
Valor: R$ 15

Nesta sexta, 23 de setembro, acontece piquenique e roda de conversa para celebrar o Dia da Visibilidade Bissexual

Loading


Dia 23 de setembro é celebrado o dia da Visibilidade Bissexual. Para comemorar, nesta sexta-feira, será realizado em BH o “Bi-quinique Especial - Visibilidade Bissexual”.

Nesse primeiro encontro promovido pelo grupo Movimento Bi/Pan BH², iremos conversar sobre Bissexualidade, Pansexualidade, bifobia, bissexualidade masculina, termo unicórnio e vários outros assuntos ligados ao nosso mundo.

Segundo informações oficiais, esse evento foi criado para:
 “para todes bissexuais/pansexuais (e para todas as pessoas que se encaixam no guarda chuva bi¹) de BH no intuito de trocar experiências, tirar dúvidas, conhecer a galera bi daqui... 

Traga seu lençol, catuaba, dúvidas e coração aberto. Convide es amigues e vamos mostrar pra BH que nós (R)EXISTIMOS”

Também na mesma sexta-feira, às  15h, na PUC do Coração Eucarístico acontece Roda de Conversa sobre Bissexualidade: “na nossa próxima roda de conversa com outro assunto interessantíssimo. Que tal trocar uma ideia sobre bissexualidade? Amanhã, 15h. Na frente do 13”.

Serviço
Bi-quinique Especial - Visibilidade Bissexual
Data: 23 de setembro (sexta-feira)
Horário: 19h 
Local: Praça da Liberdade, em Belo Horizonte. 

Serviço
Roda de Conversa sobre Bissexualidade
Data: 23 de setembro (sexta-feira)
Horário: 15h 
Local: PUC do Coração Eucarístico, em frente ao 13. 

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Conheça documentário que mostra vidas dos fãs que acamparam para verem show da Beyoncé no Brasil

Loading


Que tal um documentário sobre os fãs da Beyoncé? Mas não qualquer fãs, mas os brasileiros. Mas não qualquer fã brasileiro, mas queles que chegaram a acampar dois meses antes na porta do estádio para ver o show da Beyoncé? Esse documentário existe e ele se chama “Waiting For B”, algo como “Esperando por B” em tradução livre

O documentário brasileiro de Abigail Spindel e Paulo Cesar Toleto, com duração de 71 minutos, possui duração de 71 minutos e vai além da questão de ser fã da Beyoncé, mas expõe questões LGBT e de preconceito, como racismo e homofobia, como diz uma das pessoas no vídeo:

“No mundo hétero eu sofro mais preconceito por ser gay e no mundo gay eu sofro mais por ser negro”

Ao todo, o documentário foca em 10 pessoas que acamparam para ver o show de Beyoncé em São Paulo, no Estádio do Morumbi, em setembro de 2013.  A vida dessas pessoas são filmadas e mostram um relato interessante sobre sexualidade, raça e classe econômica no Brasil. 

O filme estreou recentemente no Brasil no festival In-Edit Brasil, mas ainda não há previsão de circulação nacional. Entretanto, já rodou o mundo em festivais importantes como o Festival Internacional de Cinema de Roterdã, na Holanda, e o o Queer Lisboa, em
Portugal, além de ter sido exibido em festivas e mostras de países como Rússia, Tanzânia e Estados Unidos. 



Avon escolhe Lorelay Fox como exemplo de beleza

Loading

A  Avon escolheu nada mais nada menos que a youtuber e drag queen Lorelay Fox com uma das “beleza que a gente admira”. Isso mesmo! A empresa divulgou a imagem acima em suas redes sociais e escreveu sobre a comunicadora LGBT: 

“Rainha nos palcos e no discurso, Lorelay Fox é drag queen e uma figura importante no debate de diversos assuntos acerca do universo LGBTQI. Usando sua voz, talento e canal para esclarecer e dar muitos closes certíssimos, utiliza da maquiagem como ferramenta de sua arte e reforço da sua mensagem linda de empoderamento. Não é apenas uma beleza que a gente admira, mas uma beleza que lacra, ensina e desbanca todos os preconceitos”.

Lorelay ficou surpresa e emocionada com a escolha. Ela escreveu também em suas redes sociais: “A Avon me surpreendeu fazendo essa homenagem a diversidade, falando sobre meu trabalho <3 font="">

Na divulgação feita pela Avon, Lorelay ainda explicou sobre a importância da maquiagem em seu trabalho:

“A maquiagem é a ferramenta fundamental para me transformar em meus personagens, a maquiagem é a minha arte, é onde transbordo o meu imaginário. Minha maquiagem é a expressão das minhas contestações políticas, das angústias com o preconceito e dos meus delírios de glamour e beleza. 

Estamos acima de qualquer estereótipo imposto e devemos ser e usar aquilo que nos torna felizes. Maquiagem está além de gêneros e rótulos, é uma diversão, um quadro que se pinta para abstrair e alcançar uma visão maior de beleza que está ao alcance de todos.”.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Saiba quais foram os destaques LGBT do Emmy Awards (o Oscar da TV)

Loading


Neste último domingo, 18 de setembro, aconteceu mais uma edição da premiação Emmy, considerada o Oscar da TV. A badalada série Game of Thrones” foi a grande premiada, assim como  “The People v. O.J. Simpson: American Crime Story”. A relação completa você pode conhecer clicando aqui, mas  o que queremos destacar são os momentos LGBT. Isso mesmo!

A atriz Sarah Paulson, da série “The People v. O.J. Simpson: American Crime Story” recebeu o prêmio de Melhor Atriz em Série Limitada. Ao final do discurso feito ao receber o prêmio ela disse  “Holland, eu te amo”, disse para sua namorada, a também atriz Holland Taylor. Aliás, já falamos do casal aqui

Já Jeffrey Tambor, recebeu pela segunda vez consecutiva o prémio de Melhor Ator de Comédia por interpretar uma mulher transexual na série “Transparent”. Em seu discurso, declarou: “eu não ficaria infeliz se eu fosse o último homem cisgênero interpretando uma mulher transexual na televisão”

Por falar na série “Transparente”, a criadora Jill Soloway, que é bissexual, também foi premiada pela segunda vez consecutiva na categoria Melhor Direção em Série Cômica. 

Para fechar os momentos LGBT da noite, Kate McKinnon, que é lésbica, recebeu o prêmio de  Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia , por sua participação no programa Saturday Night Live.

Não é demais lembrar, que uma semana antes, RuPaul foi premiado como Melhor Apresentador de reality show por nosso querido programa RuPaul´s Drag Race



Sábado acontece edição especial da festa Money, que completa 3 anos

Loading


Neste sábado, 24 de setembro, acontece mais uma edição da festa Money, com produção da @bsurda – responsável por várias festas legais na cidade – que comemora 3 anos celebrando o rap, hip hop, twerk, funk e trap. 

“Livremente inspirada no gueto e em batidas quebradas, a @bsurda faz a festa de 3 anos da MONEY. Todo mundo dançando muito com as blacks divas, hip-hop, rap, funk, kuduro, R&B, trap, twerk, dancehall. É para se divertir muito e quebrar até o chão”. 

Para animar a festa, haverá a presença de Lu Escarbe e Pedro HBS. Ainda como atrações: 
Spray de Chantily na boca. Cápsulas com muito amor, A volta do KILLER SHOT com tequila, Carimbos e adesivos e Cabine MONEY

Serviço
Festa Money – 3 anos
Data: 24 de setembro (sábado)
Horário: 23h
Local: Soleá Tablao Flamenco (rua Sergipe, 1199b, BH) 
Ingressos:  R$ 18,00 – clique aqui para comprar

Comemore seu aniversário com a gente.
(para aniversariantes do mês de setembro)
Se quiser fazer despedida de solteiro ou qualquer outra comemoração converse com a gente por inbox ou por e-mail (contato@festaabsurda.com).

EVENTO PARA MAIORES DE 18 ANOS
(documento original com foto: RG, Carteira de Motorista, Carteira de Trabalho e Passaporte)
**o pagamento pode ser realizado através de cartão de crédito, débito e boleto bancário. Pagamento por boleto será aceito até 5 dias úteis antes do dia da festa. 
** para pagamento na opção crédito, os ingressos podem ser parcelados em até 10x.
**todos os ingressos estão sujeitos a disponibilidade no momento da compra.
** evento para maiores de 18 anos