domingo, 14 de agosto de 2016

Veja relato de pai brasileiro que perdeu filho vítima de LGBTfobia feito pela ONU Brasil

Loading



Hoje, 14 de agosto, é celebrado o Dia dos Pais. Em meio a alegria de muitos que celebram a alegria na relação entre pais e filhos, sabemos que essa relação pode ser mais delicada ao envolver filhos LGBT.

Para mostrar as nuances dessa relação, a  ONU Brasil fez um vídeo intitulado "Avelino, o pai de um milhão" no qual traz o relato de Avelino Mendes, que após perder o filho vítima de homofobia ele se tornou militante da causa LGBT. Na descrição oficial, consta:

“Pessoas LGBT não são as únicas vítimas da homofobia e da transfobia. Avelino Mendes é um pai que perdeu o filho, Lucas Fortuna, para a violência homofóbica em 2012 (na época com 28 anos). Ainda assim, ele se recusou a deixar a memória do filho desaparecer em meio às estatísticas.

Desde a morte de Lucas, Avelino tornou-se um ativista no Brasil, ajudando famílias a aprenderem a aceitar e amar seus filhos e filhas LGBT. Avelino diz que perdeu Lucas, mas que a militância o fez ganhar milhões de filhos e filhas em todo o Brasil. Ele gostaria que todos os pais conseguissem entender que ter um filho ou filha LGBT não é algo triste: “pode ser a maior alegria do mundo”.