quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Saiba mais sobre o relacionamento da judoca Rafaela Silva e a namorada

Loading


O primeiro Ouro do Brasil nas Olimpíadas 2016 foi conquistado por uma mulher, negra, de origem pobre e.. lésbica. Isso mesmo! Cheio de significado, a conquista diz muito para o Brasil como um todo e para nós, LGBT do país, ainda mais.

Rafaela foi medalha de ouro no judô categoria peso-leve. Em entrevista à TV Globo após a conquista ela declarou: “O macaco que tinha que estar na jaula hoje é campeão", isso porque nas Olimpíadas de 2012, ao perder, recebeu diversos insultos racistas. 

A própria Globo, por meio do portal Globo Esporte, fez uma matéria sobre o relacionamento de 3 anos de Rafaela com Thamara Cezar. Segundo a matéria, Thamara é o “alicerce que ninguém vê” é a pessoa que “cuida para que a judoca precise se preocupar apenas em lutar e vencer”. 

As duas se conheceram no Reação, projeto social na qual ambas tomaram gosto pelo judô. Na matéria, clique aqui para ler completa, Rafaela declara:

"Ela foi fundamental, porque ficava responsável por marcar entrevistas. Às vezes ela sabia que eu ficava cansada no treino e tentava minimizar a situação. Ela estava ali no dia a dia e sabia o que eu passava, quando eu estava cansada, quando eu não estava. Tudo o que eu precisava ela estava ali à disposição para fazer, então ela também é muito importante nessa conquista".