sábado, 6 de agosto de 2016

Primeiro Museu do Sexo no Brasil é inaugurado esse final de semana em BH

Loading


Nesse final de semana, dias 6 e 7 de agosto, está acontecendo em BH o lançamento do Museu do Sexo Hilda Furacão. Isso mesmo! 

O Museu é o primeiro no Brasil e conta com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. A proposta é ser um ponto de convergência e difusão de ações culturais em torno da sexualidade humana, tendo Hilda Furacão como matrona. Também como diz as informações oficiais:

“Museu vivo, museu de percurso: Museuzona. Hilda furacão é matrona da viagem pelo do centro das Minas, onde está amalgamada a Guaicurus, maior complexo de prostituição do Brasil”.

Segundo informações do portal Sou BH, que é parceiro do Muza, O museu não terá um espaço fixo e pretende explorar diversos espaços do Centro de BH, como a zona boêmia próxima à Rodoviária. A ideia é integrar locais da cidade que são culturalmente ligados à sexualidade.

Abaixo, você pode conhecer a programação das atividades de lançamento que já estão acontecendo pela cidade:

Dia 06/08/2016, sábado 

15h - Abertura da exposição “Atentado ao Pudor ou top less” com curadoria Maria Eugenia Cordero e Santigo Rueda – Shopping UAI

17h - Início do Cortejo que atravessará a zona do Museu do SEXO Hilda Furacão, percorrendo pontos nos hotéis Ruby, Stylus, Requinte, Nova América, Magnífico, Montanhês, Privê, Gmatos, passando pela FUNARTE, Casa do Conde, IPHAN

19h - Chegada a sede do Museu acoplada ao CR Moda – ativação da exposição 
GOZEMOS 

21h - O cortejo seguirá seu caminho noturno pela zona do museu

Dia 07/08, domingo – 10h – Toplessaço - traje de banho - terraço do Hotel Montanhês, vulgo Castelinho, Rua dos Guaicurus, entre São Paulo e Rio de janeiro.

Participação de inumeráveis artistas, entre eles:

Alam Lima, Alexandre Guzanshe, André Araújo, Ale Ruaro, Alexandre Lopes, Bárbara, Beatriz Mom, João Castilho, João Borges, Sarug Dagir, Nice, Francilins, Simone Carvalho e Patrick Arley, Rodrigo Araújo Baiano, Rodrigo Marques.

Mostra Atentado ao Pudor – Curadoria: Maria Eugenia Cordero e Santigo Rueda. Artistas participantes:
Marina Cisneros ( Argentina ) / Maria Eugenia Cordero ( Argentina) / Danielle Spadotto ( Brasil ) / Roderick Steel, Adriana Tabalipa (Brasil ) / Natali Tubenchlak (Brasil) / Colectivo Mamilos Livres ( Brasil ) / Ivanna Haag (Colombia)/ Laerte (Brasil) / Fabio Tremonte (Brasil) / Kippel Branding (Colombia) / Paula Acosta(Colombia) / Santiago Rueda (Colombia) / Manú Mojito (Colombia) / Sara Solarte ( Colombia) / Sofía Reyes (Colombia) / William Aparicio (Colombia) / Andrea Barragán (Colombia) / Jaqueline Tovar (Colombia) / Oscar Salamanca (Colombia) /Jose Ignacio Cadena (Colombia)

MUSEU DO SEXO HILDA FURACÃO

Idealização e curadoria: Francilins 

Co-idealizadora: Sarug Dagir
Equipe: Bia Mom, João Borges, Henrique Detomi, Rodrigo Marques, Rodrigo Araújo Baiano, Izadora Fernandes.

Apoio: Shopping Uai, hotéis Stylus, Ruby, Requinte, Nova América, Gmatos, Magnífico, Montanhês e Privê.

Patrocínio: Prefeitura de Belo Horizonte, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, BDMG Cultural e UNA.