quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Nesta quinta, haverá apresentação única do espetáculo "A morte de DJ em Paris"

Loading

Somente nesta quinta-feira, 25 de agosto, estará em cartaz o espetáculo teatral “A morte de DJ  em Paris”. Produção da Companhia de Teatro Adulto com texto de Roberto Drummond, direção de Walmir José e atuação de Luiz Arthur. Esta apresentação única terá bilheteria total revertida para a estreia de “Coisas Boas Acontecem De Repente” solo da atriz e diretora Cynthia Paulino, que é esposa de Luiz Arthur..

O monólogo, vencedor de seis prêmios nacionais, mostra, a partir dos depoimentos de várias personagens, a trajetória de D.J., um professor de francês que, depois de anos de passividade e anulação, oscila entre a realidade e a fantasia, ao criar no sótão do sobrado onde morava uma Paris imaginária. O texto, narrado em clima de delírio, é uma bela declaração de amor ao país e mostra, através de cartas e depoimentos tidos como subversivos, um retrato poético de um Brasil que viveu censuras e punições à época da ditadura militar.

“Continuo com o ‘DJ’ no bolso há 16 anos e é realmente especial fazê-lo para apoiar a estreia do solo dela, que, aliás, vai dar o que falar”, declara Luiz Arthur, casado Cynthia Paulino há quase 25 anos. “São bodas de prata na vida e na arte porque estamos realmente juntos o tempo todo”.

Serviço
Teatro – A morte de DJ em Paris
Data: 25 de agosto (quinta-feira)
Horário: 20h30
Local: Espaço Aberto Pierrot Lunar (rua Ipiranga, 137)