sábado, 9 de abril de 2016

Valesca e Anitta são inspirações do "Projeto Carão", sobre gays no meio funk

Loading



A  cantora Valesca foi, recentemente, inspiração para o projeto artístico de um fotógrafo carioca. Rodolfo Viana, mestrando, na UFRJ,  está desenvolvendo o “Projeto Carão”, motivado pela presença do público LGBT em shows de funk, em especial o funk pop. Outros nomes como Anitta e Ludmilla também fazem parte do projeto que pretende mostrar, também, o papel que as “divas” desempenham nessa comunidade. 

De acordo com o fotógrafo, existe uma presença LGBT muito grande no chamado "funk pop", com a presença da figura feminina forte. Segundo ele, as divas atraem o público LGBT de alguma forma, seja pela estrutura dos shows, coreografia, elementos da cultura pop incorporados às suas músicas, entre outros fatores. Viana também defende que não há nenhum outro estilo musical brasileiro  incorporar elementos do linguajar LGBT tão bem quanto o funk.

O projeto surgiu do trabalho feito por Rodolfo Viana durante 2015/1025 quando trabalhou como repórter fotográfico de uma rádio popular do Rio de Janeiro, e cobriu shows das divas cariocas. O material produzido nesse período deu origem à série “Behind the Funk: Um Funk Carioca”. A partir dessa vivência, ele chegou a uma conclusão: existe uma falta de representatividade do LGBT no país. Por isso, ele decidiu produzir retratos que são performances do funk, com uma encenação debochada do ambiente do funk. "O mais curioso é que não há ainda um trabalho artístico que fale sobre a presença do LGBT no funk. Não há. Tenho descoberto trabalhos fabulosos de fotógrafos que se debruçam a conhecer o funk, mas há uma invisibilidade do LGBT, seja como for. Na arte, esses retratos, essa produção se faz necessária, uma vez que essas pessoas existem. Então, esse meu trabalho tem um papel ético também, comenta Viana em entrevista para o portal Pop Line