quarta-feira, 20 de abril de 2016

Pearl Jam cancela show nos Estados Unidos em apoio à comunidade LGBT

Loading

Depois de o ex-baterista dos Beatles, Ringo Starr, dos cantores Bruce Springsteen e Brian Adams e até mesmo o Cirque du Soleil cancelarem espetáculos na Carolina do Norte, agora é a vez da banda Pearl Jam se negar a fazer show no estado norte-americano em protesto contra uma nova lei estadual que restringe os direitos de transexuais.

A apresentação do grupo grunge aconteceria em 20 de abril, em Raleigh, capital do Estado. Em seu site oficial, ao justificar a decisão, o Pearl Jam classificou a lei como "desprezível, com um impacto profundo sobre os direitos humanos" Eles também disseram: "Sabemos que isso [o cancelamento do show] será arrasador para quem tem ingressos, mas podem ter certeza de que estamos igualmente frustrados com a situação."

A Carolina do Norte se tornou no mês passado o primeiro Estado norte-americano a colocar em vigor a medida, que requer que pessoas transgênero usem banheiros e vestiários em escolas e outras instalações públicas que correspondam ao seu gênero de nascimento, e não ao gênero com o qual se identificam. Além disso, a norma também proíbe governos locais de adotarem proteções contra discriminações com base em orientação sexual e identidade de gênero.