quarta-feira, 20 de abril de 2016

Espetáculo teatral “Two Ladies” entra em cartaz esta semana em BH

Loading


Entra em cartaz, esta semana, em BH, o espetáculo teatral “Two Ladies” do coletivo Oh Ladies!Group”. A peça, segundo a organização, não é um espetáculo somente sobre mulheres, mas também sobre outros “seres femininos”: o donzelesco, o demoníaco e o fetichista.

Sobre Two Ladies

A proposta de montagem do espetáculo “Two Ladies” é um universo feminino contemporâneo traduzido em 3 atos: “Two Ladies Golfers: Oh drink, oh eat”, “Academia de Malvadas: Matrículas Abertas” e “Vacas Bondage: Donas das Divinas Tetas”.

“Two Ladies” não é um espetáculo somente sobre mulheres, mas também sobre outros “seres femininos”: o donzelesco, o demoníaco e o fetichista.

Propõem-se, com esta pesquisa, apresentar uma mulher que evoque o rompimento com os clichês de “sexo frágil” versus “feministas radicais”.

Propõe-se uma mulher do século XXI que possui formas de expressão no aumentativo com certa identificação com o transformismo das Drag Queens.

Para este tipo de mulher, dá-se o nome de Faux Queens, termo que indica o comportamento de uma mulher que se traveste. A conduta Drag servirá como base de estudo para evidenciar a natureza performática desse feminino.

A construção deste espetáculo contará com referências literárias, sonoras e visuais contrastantes: da música erudita ao dubstep; de Hilda Hilst à Clarice Lispector, do enquadramento sutil de Sofia Coppola aos filmes pornôs da sueca Erika Lust.


Na obra literária Contos d´Escárnio de Hilda Hilst, encontramos uma união favorável entre o grotesco e o sublime; Nos contos de Clarice Lispector, a ferocidade veloz e a brandura calma de suas palavras; Na dança de rua Waacking e Vogue, a sensualidade e o deboche dos movimentos. No filme de Coppola, o hedonismo e a ingenuidade identificados nas referências visuais da figura de Marie Antoinette.

A surpresa de elementos que surgirão em cena – a relação entrelaçada com o universo pop e desenho dramatúrgico literário, permitirá a identificação do público com o trabalho, proporcionando uma verdadeira experiência estética. Buscamos finalmente desvendar a alma desta mulher híbrida, através de um espetáculo dinâmico, bem-humorado e ao mesmo tempo sensível ao olhar, representando os aspectos físicos e espirituais do corpo feminino em mutação, suas ordens e seus desejos.

Sobre  o coletivo “Oh Ladies!Group”

O Coletivo “Oh Ladies!Group” surgiu quando os artistas, Fábbio Guimarães, Gabriela Dominguez e Lira Ribas se juntaram para a criação das cenas “Two Ladies Golfers: Oh drink, oh eat” e “Academia de Malvadas: Matriculas Abertas”, que participaram do Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine Horto de 2012 e 2013.

Os artistas envolvidos têm em comum o interesse pela arte contemporânea e seu hibridismo, além da pesquisa pela performance estética. As atrizes Gabriela Dominguez e Lira Ribas, além da atuação, trabalham com figurino e maquiagem, trazendo então para a cena o trabalho a partir da ideia plástica do espetáculo juntamente com o diretor Fábbio Guimarães.


Serviço: 
Espetáculo "Two Ladies"
Data: 22, 23 e 24 de abril
22/04 e 23/04 as 20 h e 24/04 as 19 h
Local: FUNARTE MG
Ingressos à venda no local
Mais informações pelo tel 994228477

Fotos : Guto Muniz 

Ficha técnica
Direção
Fábbio Guimarães
Concepção e Atuação
Gabriela Dominguez, Fábbio Guimarães, Lira Ribas, Maju Moreira, Will Soares
Participação especial
Isadora Cuccolo e Fábio Schimidt
Voz em off
Ravier Galindo e Rejane Faria
Texto em off
Francisco Cesar e Marina Viana
Direção de arte
Ácida Queen (Gabriela Dominguez e Lira Ribas)
Costureira
ThayresScatolin e Penha Hermisdorf
Perucaria
Samuel Luca
Iluminação
JésusLataliza e Pedro Amparo
Operador de luz 
Regelles Queiroz
Cenário e Cenotécnica
Lucio Honorato
Trilha Sonora
Francisco Cesar e Henrique Vertchenko
Coreografia
Chriss Portes e Manu Angel
Vídeo
Marco Vieira
Participação em vídeo
Cristal Lopes, Dulce Beltrão, Fábio Schimidt, Gislaine Reis, Henrique Vertchenko, Morgana Marla
Arte Gráfica
Pedro Igor
Produção executiva
Fábio Schmidt
Agradecimentos
Associação dos Surdos Caiçara, Espaço Aberto Pierrot Lunar, Cris Ventura, Daniel Ducato, Galpão Cine Horto, Rafael Teixeira, Malonna, Carlos Gabriel, Coletivo Montarya, Fabiana Bergamini, Fernando Barcellos, Rafael Ventura, Eraldo Fontiny, Sueli Guimarães, Tathiana Guimarães, Família Ribas, Família Bastos, Apoiadores do financiamento coletivo, Variável 5, Titia Lucia Elena, Henry Vargas, Cia dos Aflitos, Funarte MG e todos aqueles que tornaram possível este espetáculo.