segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Sam Smith dedicou Oscar à comunidade LGBT, mas estava enganado… saiba por que!

Loading

E ontem aconteceu a maior premiação do cinema: o Oscar. O destaque para nós, sem dúvida, foi o discurso de agradecimento do cantor Sam Smith. Ele concorria à categoria de Melhor Canção Original por ““Writing’s On The Wall”, tema do filme “007 contra Spectre”. Para surpresa de alguns, já que ela concorria contra Lady Gaga e a balada “Till It Happens To You” (tema de um documentário sobre estupro nas faculdades  dos Estados Unidos e que teve uma campanha forte para ganhar a estatueta), Sam Smith foi o vencedor. 

Além de fazer uma performance na premiação, o destaque foi seu discurso de agradecimento, feito ao lado do também compositor da canção Jimmy Napes:

“Eu li um artigo há alguns meses no qual o Sir Ian McKellan (ator) dizia que nenhum  homem asssumidamente gay havia ganhado um Oscar. Se esse for o caso – mesmo que não seja – eu quero dedicar esse prêmio à comunidade LGBT ao redor do mundo”

Apesar do belo discurso, Sam Smith estava completamente equivocado, como esclareceu o Independent do Reino Unido. O que McKellen disse , em uma entrevista em janeiro, foi que nenhum ator assumidamente gay ganhou o prêmio de Melhor Ator.  

Para ser ter uma ideia, esses são alguns gays assumidos que já ganharam Oscar:

Dustin Lance Black (Melhor Roteiro – 2009)
Stephen Sondheim (Melhor Canção Original – 1990) – mesmo prêmio recebido por Sam Smith
Elton John (Melhor Canção Original – 1994) - mesmo prêmio recebido por Sam Smith
Howard Ashman (Melhor Canção Original – 1989) - mesmo prêmio recebido por Sam Smith
Howard Ashman (Honra Póstuma)

Ok.. mesmo com o equívoco foi lindo ver Sam Smith dedicar o prêmio  à Comunidade LGBT <3 nbsp="">

E o que Glória Pires tem a dizer sobre isso? :P