segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Ministério Público convoca palestrantes da "cura gay" para depor

Loading


Na última semana, o Núcleo de Enfrentamento à Discriminação do Ministério Público do Distrito Federal intimou para depor dois palestrantes que ministram um curso para líderes espirituais com ensinamentos sobre a “cura gay”. O curso dura uma semana e se se chama “Homossexualismo: ajudando, biblicamente, a prevenir e tratar aqueles que desejam voltar ao padrão de Deus para sua sexualidade”. Os autores da palestra intimados são Claudemiro Soares, especialista em políticas públicas, e o teólogo Airton Williams.

De acordo com o jornal O Globo, a intimação se deu na noite da última quinta-feira. Na ocasião, Claudemiro, que diz ter sido homossexual no passado,  contou que ele e seu colega ficaram surpresos com a notificação e atribuiu a denúncia aos militantes gays “sociopatas”. Para ele, existe uma “máfia LGBT”.