domingo, 14 de fevereiro de 2016

Aplicativo excluí taxista homofóbico no Rio de Janeiro

Loading

Após um atitude homofobia, um taxista do Rio de Janeiro foi banido do aplicativo 99Taxis. De acordo com o passageiro, um empresário de 36 anos que preferiu não se identificar, ele estava acompanhado de um homem quando pediu o táxi no aplicativo. Dentro do carro, ele abraçou o companheiro. O taxista, então, pediu para que eles se retirassem do veículo, pois "não aceitava esse tipo de comportamento”. 

O casal se retirou e pediu outro táxi pelo mesmo aplicativo e não teve outros problemas. O empresário denunciou o caso ao movimento Rio sem Homofobia e fez uma reclamação contra o motorista à 99Taxis. Em nota, a empresa lamentou a situação, por respeitar todas as formas de expressão de amor, e declarou: “Somos a favor do bem, do respeito e do carinho com o próximo”.