segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Ministério Público convoca palestrantes da "cura gay" para depor

Loading


Na última semana, o Núcleo de Enfrentamento à Discriminação do Ministério Público do Distrito Federal intimou para depor dois palestrantes que ministram um curso para líderes espirituais com ensinamentos sobre a “cura gay”. O curso dura uma semana e se se chama “Homossexualismo: ajudando, biblicamente, a prevenir e tratar aqueles que desejam voltar ao padrão de Deus para sua sexualidade”. Os autores da palestra intimados são Claudemiro Soares, especialista em políticas públicas, e o teólogo Airton Williams.

De acordo com o jornal O Globo, a intimação se deu na noite da última quinta-feira. Na ocasião, Claudemiro, que diz ter sido homossexual no passado,  contou que ele e seu colega ficaram surpresos com a notificação e atribuiu a denúncia aos militantes gays “sociopatas”. Para ele, existe uma “máfia LGBT”.

Sam Smith dedicou Oscar à comunidade LGBT, mas estava enganado… saiba por que!

Loading

E ontem aconteceu a maior premiação do cinema: o Oscar. O destaque para nós, sem dúvida, foi o discurso de agradecimento do cantor Sam Smith. Ele concorria à categoria de Melhor Canção Original por ““Writing’s On The Wall”, tema do filme “007 contra Spectre”. Para surpresa de alguns, já que ela concorria contra Lady Gaga e a balada “Till It Happens To You” (tema de um documentário sobre estupro nas faculdades  dos Estados Unidos e que teve uma campanha forte para ganhar a estatueta), Sam Smith foi o vencedor. 

Além de fazer uma performance na premiação, o destaque foi seu discurso de agradecimento, feito ao lado do também compositor da canção Jimmy Napes:

“Eu li um artigo há alguns meses no qual o Sir Ian McKellan (ator) dizia que nenhum  homem asssumidamente gay havia ganhado um Oscar. Se esse for o caso – mesmo que não seja – eu quero dedicar esse prêmio à comunidade LGBT ao redor do mundo”

Apesar do belo discurso, Sam Smith estava completamente equivocado, como esclareceu o Independent do Reino Unido. O que McKellen disse , em uma entrevista em janeiro, foi que nenhum ator assumidamente gay ganhou o prêmio de Melhor Ator.  

Para ser ter uma ideia, esses são alguns gays assumidos que já ganharam Oscar:

Dustin Lance Black (Melhor Roteiro – 2009)
Stephen Sondheim (Melhor Canção Original – 1990) – mesmo prêmio recebido por Sam Smith
Elton John (Melhor Canção Original – 1994) - mesmo prêmio recebido por Sam Smith
Howard Ashman (Melhor Canção Original – 1989) - mesmo prêmio recebido por Sam Smith
Howard Ashman (Honra Póstuma)

Ok.. mesmo com o equívoco foi lindo ver Sam Smith dedicar o prêmio  à Comunidade LGBT <3 nbsp="">

E o que Glória Pires tem a dizer sobre isso? :P 



sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Mostra em BH exibirá todos os filmes de Almodóvar gratuitamente

Loading

Durante os dias 1º de março e 17 de abril, o Sesc Palladium (Avenida Augusto de Lima, 420, Centro) irá exibir todos os filmes dirigidos pelo cineasta espanhol Pedro Almodóvar. 

O diretor é referência em assuntos relacionados à comunidade LGBT. Exemplo disso são os filmes “A lei do Desejo (1987)” e "Má Educação (2004)" que aborda de forma clara a homossexualidade. Seus filmes também são conhecido por terem personagens trasvestis e transexuais de destaque. No envolvente "A Pele Que Habito" o diretor põe em discussão a transexualidade compulsória e choca com o roteiro imprevisível. 

Confira abaixo a programação completa dos filmes:

1º/3 20h - Má educação

2/3 20h - Volver

3/3 20h - Fale com ela

4/3 18h - Ata-me!

20h - A flor do meu segredo

5/3 20h - A pele que habito

6/3 18h - Mulheres à beira de um ataque de nervos

20h - Carne Trêmula Mulheres à beira de um ataque de nervos  

8/3 20h - Maus hábitos

9/3 20h - Labirinto de paixões

10/3 20h - A lei do desejo

12/3 18h - Matador

20h - Mulheres à beira de um ataque de nervos

13/3 20h - Volver

15/3 20h - Pepi, Luci, Bom e outras garotas de montão

17/3 20h - O que eu fiz para merecer isto?

18/3 19h - Tudo sobre o desejo - O apaixonante cinema de Pedro Almodóvar

19/3 20h - Abraços partidos

20/3 17h30 - Tudo sobre minha mãe

22/3 20h - Amantes passageiros

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Disney tem seu primeiro casal homossexual em desenho

Loading


O Disney Channel acaba de dar mais um passo em direção à igualdade por meio da criação de seu primeiro casal gay em desenho animados. Na série, "Gravity Falls", os personagens Sheriff Blubs e Vice-Durland formam um casal. Ainda que de forma sutil, os espectadores podem perceber que eles se amam. 

Em 2015, o criador da série, Alex Hirsch, disse que estava louco pra incluir personagens LGBT no programa, mas que sentia medo de ser impedido. Mas neste ano, tudo mudou e Hirsch pôde incluir sem medo os dois personagens na história. Agora, os jovens que pertencem à comunidade LGBT podem se sentir representados nas produções da Disney ;) 

Abaixo, você pode ver alguns momentos fofos entre os dois <3 font="">

 

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Veja e saiba mais sobre “Bichas, O Documentário”

Loading

Foi disponibilizado no YouTube “Bichas, o documentário”, que trata sobre a questão do uso da palavra “bicha” para se referir aos homossexuais de uma maneira pejorativa, como xingamento, mas propondo que o mesmo termo seja algo para ser celebrado. Diz a descrição oficial:

“Esse filme fala, antes de tudo, de amor. Para ser mais exato: de amor próprio. A palavra BICHA vem sendo usado de forma errada, como xingamento. Quando na verdade, deveríamos tomar como elogio. 

Ser bicha é correr o risco de ser agredido pela ignorância. Resistimos para nos proteger, resistimos para vencer. 

Ser bicha é ser livre. 

Não vamos deixar que nos vençam. Não mesmo!”

O documentário traz depoimentos baseados em experiências vividas pelos próprios participantes, todos de Recife, Pernambuco: Bruno Delgado, Igor Ferreira, Italo Amorim, João Pedro Simões, Orlando Dantas e Peu Carneiro. 

“Bichas, o documentário” foi criado, dirigido e editado por Marlon Parente e disponibilizado no YouTube no último dia 20 e possui mais de 100 mil visualizações. Abaixo, você pode vê-lo na íntegra:


Saiba como foi a Reunião do Comitê de Saúde Integral LGBT em BH

Loading


Com o objetivo de implementar a Política Estadual de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Travestis, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) promoveu nesta sexta-feira (19/02), em Belo Horizonte, a 1ª Reunião do Comitê de Saúde Integral LGBT.

Este comitê é composto por 50 integrantes (titulares e suplentes) da SES-MG, de Secretaria de Estado de Direitos Humanos, participação Social e Cidadania, da Secretaria de Educação, do Colegiado de Secretários Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems-MG), das instituições de ensino e da sociedade civil.

Conforme a Superintendente de Atenção primária à Saúde, Maria Turci, a discussão foi iniciada no ano passado e hoje foi dado o pontapé inicial. “Sabemos que foi um caminho de muita aprendizagem e eu queria dizer que sem a presença de vocês aqui, todas e todos, tanto dos movimentos sociais, quanto as demais pessoas das secretarias, do COSEMS, nós não vamos conseguir fazer uma política que de fato avance nas questões necessárias para o atendimento integral à população LGBT. Não temos a pretensão de conseguir abarcar todas as demandas neste primeiro momento, mas vamos pensar aqui em ações de curto, médio e longo prazo”, ressaltou.

De acordo com Aniky Lima, uma das delegadas do comitê, a travesti tem que ser respeitada como um ser humano. De acordo com ela, “As pessoas LGBTs têm que ser encaradas como seres humanos que são, esse é o nosso maior desafio. A travesti precisa de hormônio, já que nossa identidade é feminina. Eu não sou um homem vestido de mulher. Por isso é um direito meu, assim acredito que a saúde é um direito meu e de todas e todos LGBTs”, afirmou.

Para o Subsecretário de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, Leonardo Soares Nader, o fato dos Direitos Humanos estar ajudando a encabeçar essa iniciativa é importante porque deixa claro que faz parte dessa visão de uma Minas diversa, que foca no respeito a todas as pessoas. “Quando você expande a pauta dos direitos humanos e chega à comunidade LGBT, você aumenta também todo o cenário de direitos humanos em nosso país”.

Para o coordenador de diversidade sexual da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Douglas Miranda, essa pauta é transversal e integral e faz parte do debate para construir uma política pública de qualidade. “É importante que a secretaria de direitos humanos esteja junto na condução desse debate dentro do âmbito dos gestores, por isso estamos trabalhando no sentido de empoderar os movimentos sociais dentro das diversas secretarias”, reforçou.

Já a Subsecretária de Políticas e Ações de Saúde da SES-MG Maria do Carmo, destacou que vivemos em uma sociedade ainda desigual e que é dever do estado promover a igualdade. “Estamos aqui para participar, vivenciar e aprender, porque nós vamos fazer juntas e juntos, e não é fácil”, disse.

A Diretora do Departamento de apoio à Gestão Participativa (DAGEP) da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Kátia Souto, a discriminação por orientação sexual e por identidade de gênero incide também na determinação do adoecimento. “Para alcançar a integralidade da política, temos que fazer a transversalidade das políticas públicas. Esse comitê é instrumento fundamental de diálogo entre governos e sociedade civil”, completou.

Análise de propostas

A segunda parte da reunião iniciou os trabalhos na parte da tarde e contou com a participação dos grupos de trabalho para analisar as propostas relacionadas à Saúde Integral LGBT. Essas ações foram construídas durante a Conferência de Saúde Estadual, Plenária de Entidades, Movimentos Sociais, sindicais e populares, Conferência Estadual de Direitos Humanos e população LGBT.

Foram divididos três grupos com o propósito de avaliar e definir propostas prioritárias que devem ser trabalhadas em imediato pelo Comitê Técnico de Saúde Integral LGBT. As ações foram separadas pelos Eixos da Política Nacional: Acesso da população LGBT à Atenção Integral à Saúde; Ações de Promoção e Vigilância em Saúde para a população LGBT; Educação Permanente e Educação Popular em saúde com foco na população LGBT e Monitoramento e avaliação das ações de saúde para a população LGBT.

“O objetivo é classificar as propostas em curto, médio e longo prazo, sendo que as que forem classificadas como curto prazo, terão o plano de ação descrito, de modo a definir quais atividades precisamos propor e fazer para que essas propostas aconteçam”, afirmou a Assessora da Superintendência de Atenção Primária à Saúde, Nerice Cristina Ventura Costa de Oliveira.

Por Vívian Campos e Paula Gargiulo, jornalistas da SES-MG

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

TransEnem ajuda travestis e transexuais ingressarem na Universidade

Loading


O TransENEM inicia seu segundo ano de atuação em Belo Horizonte e, neste ano,  oferece 20 vagas para o curso pré-vestibular para pessoas transexuais e travestis. 

Criado em 2015, a iniciativa nasceu a partir da necessidade tornar o acesso ao ensino superior mais fácil para essa minoria social. O Brasil é, atualmente, o país que mais mata transexuais e trasvestis. O preconceito contra essa classe começa muitas vezes na infância, o que acaba comprometendo a educação dessas pessoas. Diante disso,  o TransENEM surge como uma possibilidade para solucionar esse problema. 

Em seu primeiro ano de existência, o TransEnem já apresentou resultados ajudando no ingresso de transexuais e travestis na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), no CEFET e na PUC-MINAS. Para os interessados, a pré-inscrição pode ser feita online  até o dia 29 de fevereiro de 2016. As aulas terão início a partir do dia 1 de março, na Escola Estadual Pedro II (Av. Prof. Alfredo Balena, 523 - centro). O programa é totalmente gratuito e não possui incentivo do governo. 

Brasil: pornografia trans é mais procurada no país que mais mata transexuais

Loading

Uma pesquisa divulgada, recentemente, pelo RedTube, um dos mais populares sites de vídeos pornográficos do mundo mostrou que o Brasil só perde para os Estados Unidos em número de acesso, sendo que os brasileiros correspondem aos consumidores com acesso mais duradouro do mundo. A pesquisa também mostrou que os termos mais buscados pelos homens são, na ordem, filmes de sexo entre lésbicas, sexo anal, teen, maduras e transexuais.

De acordo com RedTube, o interesse na pornografia envolvendo transexuais - o quarto item mais popular no país - é 89% maior que a média mundial. Em contrapartida, o Brasil é o país que mais mata travesti e transexuais no mundo. De acordo com a ONG Transgender Europe, entre 2008 e 2014 foram registradas 604 mortes no país. Sem contar que, no Brasil, os transexuais e travestis possuem a menor expectativa de vida: 35 anos. 

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Exemplo: Adidas garante patrocínio aos atletas LGBT

Loading

Olha que legal! A Adidas, uma das principais marcas esprotivas do mundo, tomou uma atitude mega gay friendly e diga de aplausos:

A Adidas declarou publicamente que garante aos atletas patrocinados pela marca que os mesmos tem garantia de continuidade do patrocínio caso queiram declarar publicamente ou não sua orientação sexual (homo, trans, bi..). 

O site BuzzFeed News divulgou a boca nova, juntamente com a nova cláusula: “A Adidas reconhece e adere aos princípios da diversidade sendo esta uma parte central da filosofia do grupo. Assim, a Adidas garante que este acordo não será nem terminado nem modificado caso o atleta venha a público como um membro da comunidade LGBT".

EM TEMPO: recentemente no instagram a Adidas também demonstrou apoio aos LGBT. No instagram oficial da marca, postou uma imagem (acima e abaixo) que sugere um casal formado por duas mulheres com a legenda: “o amor que você dá é o mesmo que você recebe”. Um dos internautas questionou a postagem “Que porra é essa Adidas?! O dia de hoje  (Dia dos Namorados nos Estados Unidos, 12 de fevereiro) é para homem e mulher quando formam o casal. Não para lésbicas, Adidas burra!”. E a resposta foi...”Não.. hoje é o dia do amor. Feliz dia dos namorados!”.


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Indonésia proíbe emojis gays

Loading

Emojis que representam casais do mesmo sexo de mãos dadas e a bandeira do arco-íris, utilizada normalmente para simbolizar a comunidade LGBT, foram proibidos na Indonésia. De acordo com um dos representantes do governo, esses conteúdos não são autorizados no país, por irem de encontro à virtude dos princípios culturais e normas religiosas presentes na Indonésia. 

Para eles os conteúdos pró-LGBT são preocupantes por poderem atrair as crianças, pelas formas, cores e pictogramas. E que isso pode influenciar o comportamento delas. O absurdo não para:

Após as declarações, o ministério da Comunicação e Informação do país entrou em contato com todas as companhias que propõem estes conteúdos, especialmente Facebook e Twitter, para pedir sua retirada. Caso desrespeitem a diretriz, podem ser proibidas em seu território.

A homossexualidade não seja ilegal na Indonésia, entretanto é óbvio que essa medida implica em um retrocesso enorme para o país em termos de direitos humanos. 

Will Smith fala sobre o estilo de seu filho

Loading

Após seu filho Jaden Smith, 17 anos, estrelar uma campanha feminina da marca Louis Vuitton, Will Smith concedeu uma entrevista à rádio BBC, em que comentou sobre o assunto. Na ocasião, ele disse: "Você sabe, existe uma qualidade interior realmente forte num ator que encorajamos enquanto pais". 

O famoso ator de Hollywood completou afirmando que seu filho não tem medo de nada e que é capaz de enfrentar qualquer desafio. "Você tem que sair da risca, tem que tentar coisas, tem que estar confortável fazendo coisas que as pessoas não concordam e você tem que estar confortável enquanto faz coisas em que pode falhar. E Jaden não tem medo de nada, ele é capaz de fazer qualquer coisa, sabe? Então ver isso como pai é assustador, aterrorizante mesmo, mas ele está completamente disposto a viver e morrer por suas próprias decisões artísticas, sem se preocupar com o que as pessoas pensam", completou orgulhoso. 

Jaden e Willow, de 15 anos, têm despertado a atenção de muita gente pela quebra de estereótipos de gêneros tradicionais. 

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Programa "Rio Sem Homofobia" sofre com crise do estado e pode acabar

Loading



Depois de ser expulso de um táxi do Rio de Janeiro por estar acompanhado de um outro homem, um empresário decidiu prestar queixas no "Rio sem Homofobia". Entretanto, ao chegar na sede do órgão se deparou com algo sucateado e esquecido pelo poder público. 

Houve dificuldade para fazer a denúncia. De acordo com o empresário, em entrevista para jornal O Globo, ele tentou  tentei contato pelo 0800, mas ninguém atendeu. "Depois tentei pelo site do programa. Com a ajuda de uma equipe de TV, funcionários do Rio Sem Homofobia chegaram até mim. Fui atendido com muito profissionalismo e solidariedade. Mas, ao me deparar com as salas do centro trancadas, fiquei imaginando quantas pessoas poderiam não estar tendo a ajuda adequada", contou ao jornal. 

De acordo também com o jornal O Globo, o motivo desse esquecimento tem a ver com a crise econômica do estado. Segundo a publicação, dois meses depois de o pastor Ezequiel Teixeira, do Partido da Mulher Brasileira (PMB), assumir a Secretaria estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, o Rio Sem Homofobia, ligado à pasta, foi desmantelado. Mais de 60 funcionários do programa já tinham sido demitidos. Agora, os principais serviços foram suspensos. 

O coordenador do Rio Sem Homofobia, Claudio Nascimento, ressaltou que, embora essa situação, o Rio Sem Homofobia tem sua importância também por ter servido de inspiração para projetos parecidos em cidades de outros estados do país. Além de ter ganhado reconhecimento internacional.

Na internet, está sendo realizado uma campanha a favor da continuidade do programa por meio da imagem abaixo e da hastag #SOSRioSemHomofobia

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

No Brasil, pesquisa revela que 19% dos estudantes não gostariam de conviver com LGBT

Loading

Sim. É fato. As escolas podem ser um ambiente homofóbico. É o que aponta a pesquisa "Juventudes na Escola, Sentidos e Buscas: Por que frequentam?", realizada em vários estados do Brasil. Foram ouvidos 8.283 estudantes na faixa de 15 a 29 anos, em 2013. 

O resultado revelou que  19,3% de alunos das escolas públicas possuem rejeição em conviver na sala de aula com colegas que sejam travesti, homossexual, transexual ou transgênero. A pesquisa também mostrou que 52,5% dos jovens ouvidos são contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Segundo matéria do portal Educação do Uol,  entre os entrevistados, 7,1% não queria ter travestis como colegas de classe. Homossexuais (5,3%), transexuais (4,4%) e transgêneros (2,5%). O levantamento também mostra que os homens são mais preconceituosos que as mulheres. 

A pesquisa foi coordenada pela socióloga Miriam Abramovay e realizado com o apoio da Flacso-Brasil (Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais), OEI (Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura) e do MEC (Ministério da Educação).


terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Saiba como foi a segunda edição do evento-premiação “Gala Gay” em BH

Loading


No último sábado, 13 de fevereiro, aconteceu em Belo Horizonte, a segunda edição do evento "Gala Gay" promovido pela This Is Not, responsável por dentre outras coisas a badalada festa Dengue com Duelo de Vogue. O Objetio do evento-premiação é destacar o que de mais gay and babado aconteceu no Carnaval de Belo Horizonte. Abaixo, o Muza traz um relato excluZivo do evento, feito por um dos organizadores o querido Guilherme Morais:

O nosso Gala Gay, produzido pela plataforma artística cultural “ThisisnoT”, não tem nada haver com o GALA GAY Oficial do Rio de Janeiro, que ‘e uma festa gigantesca luxuosíssima de pura ostentação e glamour. Nossa versão “tupiquim” pega o nome emprestado para celebrar a diversidade dentro do contexto de carnaval de Belo Horizonte, de rua de militância e de resistência.

Nossa versão mineira, não se trata de um concurso da mais glamorosa, e sim uma homenagem aos blocos de rua da cidade e seus foliões, com muito amor, humor e reflexão, e menos pautada nessa historia de "melhor bloco", "pessoa mais importante". Eliminando o ar de competição entre blocos, “que as vezes pode se tornar uma fogueira de vaidades” (palavras do próprio júri). Valorizando as iniciativas que de alguma forma afirmaram questões das diversidades em geral, das iniciativas mais atrevidas, que abrem mais, inventam mais que reafirmam lugares de carnaval, seja nas fantasias, blocos, ou local...

Inspirados no “Premio Banana Rosa” da “Primeira Campainha” de teatro, onde se cria o premio para cada bloco ou folião sem ser melhor ou pior, se cria um premio que somente poderia se dar a essa pessoa ou bloco. A baixo segue a lista completa e enorme dos homenageados.

O júri contou com os carnavalescos e foliões : Guto Borges, Ed Marte, Maria Leite (Cuei), Jonnatha Horta Fortes (Paola Bracho), Marina Viana, Márcio Gabrich, Marcelo Veronez, Carol Macedo e Tiago Macedo.

A segunda versão do Gala Gay, contou com coletivos de iniciativas GLBTS de BH, como “Toda Deseo” com dj set e performance, “Coletivo Montarya” que além do djset, trouxeram o primeiro Drag Livery na rua, “Duelo de Egos” com dj set performático, com a incrível homenagem à Maria Bethânia e a Mangueira e o “Beijo no seu Preconceito” que parou a festa para um inesquecível e sensível performance de Libernina.

Teve muita alegria muito amor e muito discurso emocionado, a consagração da Musa, diva do carnaval e Miss  Dengue (outro evento produzido pela plataforma) CRISTAL LOPEZ, merecidississimo. 


Nossa muza nossa diva nossa Miss : Cristal López
Publicado por This is not em Segunda, 15 de fevereiro de 2016

Além da fantasia da noite, quem ganhou foi Caio Bretas, com sua encarnação de She-ha.


Ano que vem tem mais carnaval e tem mais diversidade em todos os sentidos e claro o gala gay tupiniquim das alterosas <3 font="" nbsp="">Em março a plataforma retoma o projeto “Dengue- Duelo de Vogue” e promete muita coisa para o ano de 2016.

Prêmios e premiados no Gala Gay BH 2016

- Prêmio "CapituCapitã Madonna Beyonça" para:
BlocoBrutaFlor e para a sapateada no caixão do Noel Rosa, aosom de ElzaSoares ("vouligarpara o 180"), no Bloco Ma Noel 

- Prêmio "Bate forte o tambor, soucomunist tic tictac" para: 
BlocoFilhos de TchaTcha 
- Prêmio "um beijo no seupreconceito" para:
Bloco da Diversidade 


- Prêmio "JumaMarruádessaáguanãobebereionde o ubernão tem vez" para:
BlocoTicoTico Serra Copo 


- Prêmio "tocou Raul (finalmente!)" para: BlocoToca, Toca Raul!!! O SHOW


- Prêmio "Varejão das Fábricas" para:
BlocoEntão, Brilha
- Prêmio "São Silvestre atrás do trio elétricosónãocorrequemjámorreu" para: Bloco Pena De Pavão De Krishna
- Prêmio "Yo soy rebeldeporque o Lamerdaquisassim" para:
Bloco da Bicicletinha
- Prêmio "Chovechuva, chovesemparar" para:
BlocoQueimaLargada


- Prêmio "Panteronas da Lagoinha" para:
BlocoCinturaFina


- Prêmio "Elesnãopassarão, eupassarinho!" para:
Bloco Angola Janga , Bloco da Bicicletinha, TchanzinhoZona Norte


- Prêmio "Eeta, eta, eta, eta, é a lua, é o sol, é a luz da buceta " para:
Cafetina de QuéQué
- Prêmio "Chiquinha Gonzaga" para: Lira Ribas, Gal do Vale, Nara Torres, IsabelaLeite e Chaya Vasquez

- Prêmio "Amaury Junior Nan Goldin da periferia" para: Pedro Pedro
- Prêmio "Cavaleiros de Jedi" para: Guto Borges


- Prêmio "Mestre dos Magos, assustoueleestá do seu" ladopara: Paulo Proença


- Prêmio "Bitch, I'm Madonna de melhor Maria Bethânia" para: Paola Bracho


- Prêmio "seiandar de salto, mas nãoseitocar o tamborim" para: 
Bloco Corte Devassa


- Prêmio "Eunãosou He-Man" para: CaioBretas


- Prêmio "Iphan" para: Bloco Mama Na Vaca e Bloco da Praia
- Prêmio "à noitetodogato é fumadogalodoidão da madrugada" para:
BlocoManjericão


- Prêmio "Single Ladyes" para : BlocoGarotasSolteiras
- Prêmio "Shade" para: PolíciaMilitar, Camarote BELÔ, BHTrans, MarcioLacerda e Fernando Pimentel 


- Prêmio "Ed Marte, seráqueele é, seráqueele é...de Marte!" para: Ed Marte


- Prêmio "ClóvisBornayparamelhor fantasia da noitepara": CaioBretas com She-ha

- Prêmio "Musa do Carnaval de Belo Horizonte (Globeleza é o caraleo!)" para: Cristal Lopez

- Prêmio "nãomexecomigoqueeunãoandosó" para: Carnaval de rua de BH

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Será? Rumores dizem que atriz Letícia Lima e cantora Ana Carolina são um casal

Loading



A cantora Ana Carolina e a atriz Letícia Lima, famosa pelo humorístico Portas do Fundo e atualmente na novela A Regra do Jogo, estão sendo apontadas como um novo casal. 

Tudo começou quando as duas foram fotografadas se beijando no Carnaval. Mas a própria Letícia beijou, tipo selinho, várias outras pesosas, como a atriz Grazi Massafera.

Mas o site Ego, que flagrou o beijo das duas no carnaval, fez todo um histórico do possível relacionamento entre as duas que teria começado em 2014 e desde então elas tem sido fotografadas em diversos eventos e situações juntas. Será? 

O site Ego divulgou que após o flagra do beijo, na Sapucaí: “o EGO procurou Ana Carolina para saber sobre os beijos. Questionada, ela respondeu: "Que Letícia? Não conheço!". Após a repórter explicar que se tratava de Letícia Lima, a cantora foi direta: "Eu não vou falar com você, amor. Sobre nada”. Letícia Lima também foi procurada pelo EGO e, por meio de sua assessoria de imprensa, falou: "Foi só um selinho, gente".

Se sim, o Muza deseja felicidades ao casal e torce para que elas assumam publicamente, porque o Brasil precisa de exemplos de casais famosos homossexuais para ajudar a combater o preconceito. Se não, tudo bem. Sabemos que a mídia pode ser sensacionalista também ;)

Daniela Mercury fará show “O Baile da Rainha Má” em BH

Loading


Boas novas para quem estava com saudades de Daniela Mercury. A cantora vai comandar o "Baile da Rainha Má”, no dia 5 de março, sábado, no Music Hall, depois de três anos sem se apresentar na capital mineira.

Com mais de 30 anos de carreira, Daniela Mercury traz no repertório do "Baile da Rainha Má" canções novas, como 'Alegria e Lamento' e 'Maria Casaria', sem deixar de fora grandes sucessos, como 'O Canto da Cidade', 'Maimbê Dandá' e 'Nobre Vagabundo', que se juntam ao hit do carnaval 2015, 'Rainha do Axé (Rainha Má)', música que deu origem ao projeto. A cantora está viajando pelo Brasil com o baile, que tem figurino assinado pelo estilista mineiro Eduardo Suppes, da grife Divina Pele. Daniela aposta em uma rainha antropofágica, indígena, negra, brasileira!

A festa contará ainda com apresentações de DJs convidados.

O evento será realizado através de uma parceria entre o produtor de eventos baiano Daniel Torres e a produtora mineira Sun Side.

SERVIÇO:
BAILE DA RAINHA MÁ
Quando: 05 de março - sábado - a partir das 23h
Onde: Music Hall (Av. do Contorno, 3239 - Santa Efigênia)
Atrações: Daniela Mercury e DJs convidados
Ingressos: R$ 80 (3° lote)
Pontos de Vendas :
Savassi | Loja Central dos Eventos (Rua Fernandes Tourinho 470, Loja 16)
Galeria C&A Centro | Loja Central dos Eventos
Big Shopping Contagem | Quiosque Central dos Eventos
Shopping Pampulha Via Brasil | Loja Central dos Eventos
Shopping Sete Lagoas | Quiosque Central dos Eventos
ES Collection BH (Rua Antonio de Albuquerque 749)
BH Shopping | Loja Chilli Beans
Pátio Savassi | Loja Chilli Beans
Minas Shopping | Loja Chilli Beans
Venda online: central de eventos
--> No Local, sujeito a disponibilidade e preço (Esgotando o lote, o valor dos ingressos serão alterados automaticamente)

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Aplicativo excluí taxista homofóbico no Rio de Janeiro

Loading

Após um atitude homofobia, um taxista do Rio de Janeiro foi banido do aplicativo 99Taxis. De acordo com o passageiro, um empresário de 36 anos que preferiu não se identificar, ele estava acompanhado de um homem quando pediu o táxi no aplicativo. Dentro do carro, ele abraçou o companheiro. O taxista, então, pediu para que eles se retirassem do veículo, pois "não aceitava esse tipo de comportamento”. 

O casal se retirou e pediu outro táxi pelo mesmo aplicativo e não teve outros problemas. O empresário denunciou o caso ao movimento Rio sem Homofobia e fez uma reclamação contra o motorista à 99Taxis. Em nota, a empresa lamentou a situação, por respeitar todas as formas de expressão de amor, e declarou: “Somos a favor do bem, do respeito e do carinho com o próximo”.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Alaska Thunderfuck, do RuPauls Drag Race, fará show em BH em março!

Loading

Uma das drag queens mais queridas do reallity show RuPaul´s Drag Race está à caminho de BH. Isso mesmo! No dia 26 de março, nada mais nada menos que Alaska Thunderfuck irá se apresentar em Belo Horizonte como atração principal da festa da @bsurda e da WIG.  

Top 3 da 5ª temporada de RPDR, Alaska faz sua segunda turnê no Brasil e primeira vez em BH. E vem com sua banda completa. Os ingressos já estão à venda. Se liga nas informações abaixo:

PISTA
1º lote: R$40,00
2º lote: R$55,00
Ingresso duplo (limitado): R$70,00
Na hora (se sobrar): R$70,00

CAMAROTE (limitadíssimo)
LOTE ÚNICO R$ 100,00

MEET & GREET (inclui uma entrada pista + camarote + poster)
1º Lote: R$ 180,00
2º Lote: R$ 200,00

O meet é um encontro com o Alaska, pra uma foto oficial, entregar alguma coisa e dizer um hieeeeee ♥ é o seu momento então aproveite. O poster será entregue na saída no meet.

*o pagamento pode ser realizado através de cartão de crédito, débito e boleto bancário. Pagamento por boleto será aceito até 5 dias úteis antes do evento.
* para pagamento na opção crédito, os ingressos podem ser parcelados em até 10x.
*todos os ingressos estão sujeitos a disponibilidade no momento da compra. 
** evento para maiores de 18 anos 

Para comprar os ingressos clique aqui.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Beyoncé e Lady Gaga são destaque no Super Bowl

Loading


Ontem, domingão, 7 de fevereiro, aconteceu mais uma edição do Super Bowl, campeonato de futebol americano. E para nós, o que importa é o show do intervalo. Dessa vez, o artista responsável por comandar o espetáculo foi o Coldplay, com direito a participação especial de Beyoncé e Bruno Mars. 

Acontece, que tanto o show do intervalo quanto o início do jogo duas mulheres foram o principal destaque: Lady Gaga e Beyoncé. Isso mesmo!

O Coldpaly fez um show dentro da média, bem colorido e alegre, mas nada demais,  e cantou hits como “Viva La Vida” e “Paradise”. Bruno Mars fez uma participação assim como Beyoncé. Ele foi mega caristmático e talentoso ao performar o mega hit “Uptown Funk” com Mark Ronson. Mas... 

Lady Gaga simplesmente ahazou ao cantar o hino nacional dos Estados Unidos e mostrando, mais um vez, seu talento como vocalista. O impacto foi bem semelhante a sua performance no Oscar do ano passado: recebeu elogios e elogios de todos. 

Beyoncé chegou causando e atraindo todos os holofotes para ela ao performar “Formation”, sua nova música de trabalho, que tem um vídeo foda com uma letra foda e uma mensagem foda sobre orgulho racial e contra o racismo e a segregação racial, sobretudo nos Estados Unidos. Ao apresentar a música na final de um jogo que tem atenção de quase todo o país e brancos que vivem lá, Beyoncé fez o momento ser mais especial ainda. E quer mais? Queen B já anunciou sua nova turnê mundial, que começa em abril em Miami e vai até setembro na Europa.  Abaixo, você pode ver o excelente e forte videoclipe de "Formation".

Abaixo, vocês podem ver os vídeos que falam por si só ;)



Lady Gaga canta o hino nacional dos Estados Unidos na 50º edição do Super Bowl e é ovacionada pelo público.
Publicado por RDT Lady Gaga em Domingo, 7 de fevereiro de 2016



Beyoncé & Bruno Mars live Super Bowl 50 HalftimeBeyoncé performou pela primeira vez sua nova música 'Formation' e de sobra se juntou ao cantor Bruno Mars para uma incrível competição de dança. Assista a performance completa em HD.
Publicado por Beyoncé Always em Segunda, 8 de fevereiro de 2016





sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Carnaval 2016: não esqueça a camisinha! ;)

Loading




Todos esses ótimos lembretes nessas artes bacanas são da Secretaria Estadual de Saúde. No blog deles, além de reforçar sexo seguro, também há ótimas dicas para o carnaval. Clique aqui para saber detalhes. As dicas são: 

Escolha roupas e sapatos confortáveis
Alimente-se bem!
Use filtro solar!
Beba com moderação e hidrate-se!
Use camisinha sempre!

Inédito no Brasil: Justiça autoriza criança a trocar de nome e gênero

Loading
Foto: Mário Rodrigues - revista Veja São Paulo

Leandro, 9 anos, que nasceu com o sexo diferente de sua identidade de gênero, poderá, finalmente, tornar-se mulher. Desde 2012, há uma ação na justiça e pela primeira vez na história do país, o juiz Anderson Candiotto concedeu a uma criança o direito de modificar seu nome e gênero em seus documentos. O caso aconteceu na cidade de Sorriso, no Mato Grosso. 

A partir de uma declaração, o juiz afirmou que a personalidade, comportamento e aparência da criança eram femininos. Laudos e avaliações psiquícas também foram emitidos pelo Ambulatório Transdisciplinar de Identidade de Gênero e Orientação Sexual, do Instituto de Psiquiatria, do Hospital das Clínicas de São Paulo. Hoje Luiza  pode  dar adeus a sua antiga documentação e começar uma nova fase de sua vida.

A revista Veja São Paulo fez uma matéria há um ano com a história de Luíza e outros adolescentes atendidos no Hospital das Clínicas, além de ter revelado que a procura por ambulatório que atende crianças e adolescentes transexuais cresceu 60%. Clique aqui para ler a matéria.

Foto: Mário Rodrigues - revista Veja São Paulo


quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Saiba mais sobre as participantes da nova temporada do RuPauls Drag Race

Loading


Depois de meses de suspense, RuPaul revelou, na madrugada de hoje, o nome das participantes da oitava temporada de RuPaul's Drag Race. Desde o ano passado, várias especulações e boatos sobre as participantes circulavam pela internet e, aparentemente, boa parte das previsões estavam certas. 

Entretanto, a polêmica da vez é: onde estão as big girls? Diferentemente das outras edições, a nova temporada não contará com a participação de nenhuma drag queen plus size. Uma pena... Outra diferença é que essa temporada terá apenas 12 queens disputando o título de America's Next Drag Superstar. Desde a quinta temporada, o programa contava com 14 queens participando da edição. 

Mas deixando as problematizações de lado, vamos as participantes!


Dax Exclamationpoint

Com 31 anos, Dax é conhecida por fazer cosplays inpirados em heróis dos quadrinhos. Ela também é "drag mother" da atual vencedora do drag race, Violet Chachki. 


Acid Betty

Seu estilo tem uma pegada psicodélica, com cores vivas e maquiagens extravagantes. A novaiorquina de 37 anos promete ser uma das queens mais polêmicas da edição. 


Kim Chi

Foi a primeira queen a ser anunciada e é, por muitos, a favorita para vencer a edição. Ela também é a primeira drag queen coreana a participar do programa. Aos 27 anos, chama atenção por sua habilidade em maquiagem. 


Thorgy Thor

A novaiorquina de 31 anos é conhecida por ser uma "palhaça elegante". Tem um estilo colorido e vibrante. 


Naomi Smalls

Com 21 anos, Naomi tem estilo inspirado nas modelos da década de 90. É  queen mais nova desta edição. 


Derrick Barry

Imitadora da Britney Spears nas noites de Las Vegas, a quem diga que a queen lembra bastante a Courtney Act (runner-up da sexta temporada). Há boatos de que a própria Britney ficou chocada com suas apresentações. 


Robbie Turner

Conterrânea da Jinkx Monsoon e BenDeLaCreme, se auto-intitula "Seattle Fashion Icon".


Cynthia Lee Fontaine

Porto-riquenha da edição. Com 34 anos, e moradora do Texas, ela diz ser "sexy e engraçada". 


Naysha Lopez

Uma das pageant queens da edição. Entre os fãs, vem sendo comparada com a cantora Demi Lovato. 


Laila McQueen

Aos 22 anos, ela foi uma surpresa, pois quase não aparecia nas especulações. Tem um estilo "gótico suave". 


Chi Chi DeVayne

Tem origem humilde e é famosa pelo suas habilidades de lip sync. 


Bob The Drag Queen

Também novaiorquina, a queen é amiga de uma das mais icônicas participantes do drag race, Bianca Del Rio (vencedora da sexta temporada). Ela é comediante e é também uma das favoritas para vencer a edição. 

E aí? Para quem vão suas apostas? Lembrando que a nova temporada do programa vai ao ar no dia 7 de março!